30 resultados encontrados para . (0.006 segundos)

43344 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

A inclusão da Assistência Social na Constituição Federal Brasileira de 1988 significou a ampliação no campo dos direitos humanos e sociais e, como consequência, introduziu a exigência de
  • a)
    atendimento a determinadas necessidades de proteção social, efetivando, portanto, a seguridade social contributiva.
  • b)
    responsabilidade mútua entre Estado e Sociedade Civil, caracterizando-se como nova ação, com atividades e atendimentos eventuais.
  • c)
    naturalização do princípio da subsidiariedade, pelo qual a ação da família e da sociedade deve anteceder a do Estado.
  • d)
    concepção hegemônica de que é uma política de atenção aos pobres, aos necessitados sociais, aos frágeis e carentes.
  • e)
    seguridade social, que está sendo tratada como bem público e social do estatuto de uma sociedade para alcançar todos os seus membros.

43345 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

Na abordagem clássica, a ideia é a de que os movimentos sociais existem quando há:
I. Um princípio de identidade construído coletivamente ou de identificação em torno de interesses e valores comuns no campo da cidadania.
II. Definição coletiva de um campo de conflitos e dos adversários centrais nesse campo.
III. A construção de projeto de transformação ou de utopias de mudança social nos campos societário, cultural ou sistêmico.
Está correto o que se afirma em
  • a)
    I, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    III, apenas.
  • d)
    I e II, apenas.
  • e)
    I, II e III.

43346 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

Atualmente no Brasil, a violência contra mulheres é reconhecida como violação dos direitos humanos e, para tanto, estabeleceu- se a prevenção como um dos eixos fundamentais para
  • a)
    a promoção de programas educacionais que disseminem valores éticos familiares que valorizem a sua composição com pai, mãe e filhos.
  • b)
    a inserção nos currículos escolares em todos os níveis de ensino, para os conteúdos relativos ao papel da mulher na sociedade, no cuidado com o espaço doméstico.
  • c)
    o fortalecimento de práticas sociais voltadas às virtudes femininas de diálogo, subalternidade e mediação, por meio de realização de campanhas.
  • d)
    a transformação dos valores discriminatórios ainda praticados pela sociedade brasileira, especialmente no que se refere aos estereótipos dos papéis masculino e feminino.
  • e)
    a afirmação do caráter restrito ao âmbito privado para a resolução de violência ocorrida do homem sobre a mulher.

43347 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

A partir da Carta Constitucional de 1988 instituiu-se o arcabouço jurídico que permitiu a consolidação do regime democrático no Brasil. Os Conselhos se institucionalizaram em praticamente todo o conjunto de políticas sociais do país, representando
  • a)
    a forma de conseguir mais recursos para as entidades da sociedade civil responsáveis pela execução de determinada política pública.
  • b)
    a expressão das propostas governamentais absorvidas pela sociedade civil organizada.
  • c)
    a nova forma de expressão de interesses e de representação das demandas e atores junto ao Estado.
  • d)
    a legitimação da presença do Estado na definição de políticas e no exercício do controle social.
  • e)
    o espaço público com a presença da sociedade civil voltada ao ativismo social e à solidariedade social com a responsabilidade pela efetivação de serviços.

43348 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

A avaliação de programas sociais é uma categoria de estudo que focaliza diferentes aspectos, com o objetivo de melhorar a qualidade dos processos de implementação ou de verificar seus resultados. Para tanto, pode ser compreendida como
  • a)
    auditoria anual que visa corrigir desperdícios, improbidade, negligência e omissão, tendo como foco a legalidade dos atos da administração pública.
  • b)
    estudos que tenham como objeto as dimensões de processos e resultados que englobem desempenho, impactos e efeitos.
  • c)
    processo no qual deve ser excluída a participação de instituições externas com realização de pesquisas com perguntas genéricas.
  • d)
    expressão de fenômenos que indiquem validade, confiabilidade, sensibilidade, desagregação e periodicidade.
  • e)
    coleta regular e processamento de dados, produção, acompanhamento e análise dos indicadores priorizando os quantitativos.

43349 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

No Brasil, no século XXI, a instituição família é referência a mudanças e padrões difusos de relacionamentos. A partir dessa afirmação, ao realizar trabalho com famílias, o assistente social deve considerar que
  • a)
    os acontecimentos a ela ligados vão além de respostas biológicas universais às necessidades humanas, configuram-se diferentes respostas sociais e culturais, disponíveis a homens e mulheres em contextos históricos específicos.
  • b)
    o Estatuto da Criança e do Adolescente trouxe profunda alteração no que se refere à família com o estabelecimento da chefia conjugal sob a responsabilidade do homem que possui direitos e deveres.
  • c)
    o Estatuto da Criança e do Adolescente cristalizou a sacralização da família a ponto de introduzir a ideia da necessidade de protegê-la legalmente, independentemente de seus atos em relação à criança.
  • d)
    a doutrina da proteção integral aos direitos da criança e do adolescente, promulgada em 1990, garantiu a equidade na atenção às crianças e adolescentes e estabeleceu a diferenciação entre filhos legítimos e ilegítimos.
  • e)
    as referências para o atendimento à família constituiu-se, a partir dos modelos que historicamente foram delineando a composição familiar, como uma unidade biológica composta segundo leis da natureza, poderosa força simbólica.

43350 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

Considere:
Vi ontem um bicho
Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.
O bicho, meu Deus, era um homem.
Manuel Bandeira
Representa o texto acima:
  • a)
    nas franjas da sociedade capitalista, apesar de serem inseridas em programas sociais, as pessoas apresentam situações crônicas, e continuarão sempre desajustadas.
  • b)
    é a expressão da questão social na atualidade, onde há igualdade de oportunidades que não são utilizadas por todos os indivíduos.
  • c)
    na base da estrutura social em vigor, em que prevalece a competição, é natural que, existam as elites e a massa de miseráveis.
  • d)
    cabe ao mercado a regulamentação e a intervenção para que a situação acima descrita possa ser enfrentada e resolvida.
  • e)
    o cerne da questão social está no conflito entre capital e trabalho.

43351 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

O profissional de Serviço Social possui instrumentos técnico-operativos cujo uso adequado possibilita o conhecimento dos sujeitos atendidos e das relações que estabelecem no meio em que vivem. Pode ser identificado como instrumento utilizado
  • a)
    na entrevista, com predomínio das individuais, com casais, famílias e colaterais.
  • b)
    na observação lúdica e contatos lúdicos com a criança.
  • c)
    na aplicação de testes com a família.
  • d)
    no preenchimento de formulários no atendimento inicial para pedido de guarda, tutela e adoção.
  • e)
    no estudo social para concessão do benefício da prestação continuada.

43352 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

O projeto ético-político do Serviço Social, quanto aos seus compromissos, compreende
  • a)
    o espaço democrático de construção coletiva que indica a coexistência de uma única concepção de pensamento crítico, que não permite o pluralismo de ideias no seu interior.
  • b)
    a vinculação a um projeto de transformação da sociedade, tendo em seu núcleo o reconhecimento da liberdade como valor ético central.
  • c)
    a produção de conhecimentos ligados aos pressupostos filosóficos cujo horizonte é a manutenção da ordem.
  • d)
    a direção social às ações profissionais que favorecem as posturas teóricas conservadoras.
  • e)
    o voluntarismo político-profissional para o qual basta a boa vontade e um ideal para se transformar a realidade.

43353 FCC (2012) - TJ-PE - Analista Judiciário - Assistência Social / Serviço Social

Segundo o Código de Ética do Assistente Social, constitui-se dever do profissional
  • a)
    contribuir para a alteração da correlação de forças institucionais, apoiando as legítimas demandas de interesse da população usuária.
  • b)
    não denunciar falhas nos regulamentos e programas da instituição em que trabalha, mesmo quando estiverem ferindo os princípios do Código, pois o profissional deve respeitar as regras institucionais.
  • c)
    contribuir para a viabilização da participação da população usuária, considerando apenas os espaços disponibilizados pela instituição.
  • d)
    substituir profissional que tenha sido exonerado por defender os princípios da ética profissional, enquanto perdurar o motivo da exoneração, demissão ou transferência.
  • e)
    não proceder a devolução das informações colhidas nos estudos e pesquisas a usuários, devido ao fato de que estas são sigilosas.