5 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

37515 FCC (2012) - TCE-AP - Analista de Controle Externo - Orçamento e Finanças / Contabilidade Geral

Analise a tabela abaixo.

Com base nos dados da tabela, fornecidos pelo advogado da empresa Avante S.A. e considerando as condições es- tabelecidas nas normas contábeis vigentes para constituição das provisões contingenciais, a empresa deve provisionar:
  • a)
    R$ 1.300.000,00.
  • b)
    R$ 1.850.000,00.
  • c)
    R$ 800.000,00.
  • d)
    R$ 1.050.000,00.
  • e)
    R$ 300.000,00.

37516 FCC (2012) - TCE-AP - Analista de Controle Externo - Orçamento e Finanças / Contabilidade Geral

A empresa Desatualizada S.A., de capital fechado, tem seu Patrimônio composto da seguinte forma:

Fundamentado na lei 11.638/07, esta empresa
  • a)
    está com seu Patrimônio Líquido adequado.
  • b)
    deve destinar a totalidade de seus lucros acumula- dos.
  • c)
    deve destinar o valor de R$ 350.000,00 que ultrapassa o capital social.
  • d)
    deve destinar o valor de R$ 150.000,00, pois os lucros acumulados ultrapassam o capital social mais as reservas de lucros para Contingências.
  • e)
    deve destinar o valor de R$ 200.000,00, pois os lucros acumulados ultrapassam o capital social.

42034 FCC (2012) - TCE-AP - Analista de Controle Externo - Orçamento e Finanças / Contabilidade Pública

Segundo o manual de contabilidade aplicada ao setor público das demonstrações contábeis, válido para 2011, portaria STN no 664/10, na análise do balanço orçamen- tário, o quociente será resultante da relação entre a Receita Realizada Corrente e a Despesa Empenhada Corrente, cuja interpretação indica se a receita corrente suportou as despesas correntes ou se foi necessário utilizar receitas de capital para financiar despesas correntes, denomina-se quociente
  • a)
    do Resultado Orçamentário.
  • b)
    Financeiro Real da Execução Orçamentária.
  • c)
    de Execução da Despesa.
  • d)
    de Execução da Receita.
  • e)
    da Execução Orçamentária Corrente.

42035 FCC (2012) - TCE-AP - Analista de Controle Externo - Orçamento e Finanças / Contabilidade Pública

Disciplinadas nos artigos 83 a 100 da Lei 4.320/64, a denominação de sistemas de contas, utilizada na Contabilidade Aplicada ao Setor Público até 2008, e atualmente como subsistemas de contas, de acordo com a Resolução CFC 1.129/08 e alterada pela Resolução 1.268/09, bem como com o Manual de Contabilidade Aplicada ao Setor Público da Portaria STN 467/09, o subsistema que registra, processa e evidencia os fatos relacionados aos ingressos e aos desembolsos financeiros, que subsi- dia a administração com informações como: Fluxo de caixa, Resultado primário e Receita corrente líquida, corresponde ao subsistema de
  • a)
    Informações Orçamentárias.
  • b)
    Informações Financeiras.
  • c)
    Informações Patrimoniais.
  • d)
    Custos.
  • e)
    Compensação.

42036 FCC (2012) - TCE-AP - Analista de Controle Externo - Orçamento e Finanças / Contabilidade Pública

O demonstrativo auxiliar de caráter não obrigatório, que relaciona os saldos das contas remanescentes no diário e razão, imprescindível para testar se o método de partidas dobradas foi obedecido pela escrituração contábil, método pelo qual os débitos devem corresponder à créditos de mesmo valor, cabendo verificar se a soma dos saldos de- vedores é igual a soma dos saldos credores, e ser levantado mensalmente segundo a NBC T 2.7, unicamente para fins operacionais, não tendo obrigatoriedade fiscal, com suas informações extraídas dos registros contábeis mais atualizados, deve demonstrar o seguinte: saldo inicial, valor creditado mensal, valor creditado acumulado, valor debitado mensal, valor debitado acumulado e saldo final. Caso o demonstrativo seja destinado a usuários externos, o documento deverá ser assinado por contador habilitado pelo conselho regional de contabilidade (CRC). Este documento contábil é o
  • a)
    Livro Diário.
  • b)
    Livro Razão.
  • c)
    Balanço Orçamentário.
  • d)
    Balancete de Verificação.
  • e)
    Balanço Patrimonial.