Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 35 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 35 questões gratuitas para resolução." />
35 resultados encontrados para . (0.014 segundos)

00141 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Programação

Considere o excerto a seguir:
Em uma aplicação que utiliza Hibernate, uma I representa uma determinada configuração de repositório de dados (data-store) lógicos. A I I tem o mesmo papel em uma aplicação JPA, e configura-se uma II I com arquivos de configuração ou em código da aplicação assim como se configuraria uma V I . A configuração de uma V , junto com um conjunto de metadados de mapeamento (normalmente classes anotadas), é chamada de VI .
As lacunas I, II, III, IV, V e VI devem ser preenchidas, correta e respectivamente, por:
  • a)
    Java Transaction API - EntityManager - EntityManagerFactory - EntityTransaction - Java Transaction API - persistence unit.
  • b)
    EntityManager - EntityManager - EntityManagerFactory - EntityTransaction - SessionFactory - driver.
  • c)
    Connection - DriverManager - DriverManager - Connection - Connection - statement.
  • d)
    EntityTransaction - Connection - Connection - SessionFactory - Java Transaction API - persistence unit.
  • e)
    SessionFactory - EntityManagerFactory - EntityManagerFactory - SessionFactory - EntityManagerFactory - unidade de persistência.

00176 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Programação

Considere o código Java a seguir:

Se o valor digitado e armazenado na variável n for 10, será exibido na tela o valor
  • a)
    8
  • b)
    3
  • c)
    12
  • d)
    -5
  • e)
    6

00384 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

Em ferramentas OLAP, a estrutura de dados que agrega as medidas por níveis e hierarquias de cada uma das dimensões a serem analisadas, combinando várias dimensões, tais como tempo, geografia e linhas de produtos, com dados resumidos, tais como números de vendas ou de inventário, é visualizada na forma de
  • a)
    um gráfico multidimensional.
  • b)
    uma esfera.
  • c)
    uma planilha.
  • d)
    um cubo.
  • e)
    uma pirâmide tridimensional.

00502 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Governança de TI

Um nível de maturidade consiste em práticas específicas e genéricas para uma área de processo, que podem levar a melhorias nos processos organizacionais. Na representação do CMMI por estágios, existem diversos níveis de maturidade. Em um desses níveis os processos são continuamente melhorados com base em um entendimento quantitativo das causas comuns de alterações de desempenho. A melhoria contínua é obtida com inovações e melhor uso de tecnologias. Objetivos quantitativos de melhoria de processos são estabelecidos, continuamente revisados de acordo com os negócios da organização e usados como critério no gerenciamento. Os efeitos da implantação da melhoria de processos são medidos e avaliados. A melhoria de processos é uma tarefa de todos, não apenas uma ordem específica dos níveis hierárquicos mais altos. Desta forma, é possível que seja criado um ciclo de melhoria contínua dos processos, evitando-se acomodação.

O nível de processo descrito acima é o
  • a)
    6 (de alta performance).
  • b)
    4 (gerenciado quantitativamente).
  • c)
    3 (definido).
  • d)
    5 (otimizado).
  • e)
    2 (gerenciado).

12030 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

Em um modelo de entidade relacionamento, uma entidade é dita fraca quando é verificada, entre uma entidade A e uma entidade B, a
  • a)
    presença de relacionamento de objetos do mesmo tipo.
  • b)
    existência de grupo de atributos nominativos que englobam os atributos de ambas as entidades.
  • c)
    ausência de representação das características intrínsecas dos objetos por elas representados.
  • d)
    existência de atributos referenciais no modelo conceitual.
  • e)
    dependência da existência entre elas ou a dependência de um identificador.

12031 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

Em modelos de entidade e relacionamentos (ER), os relacionamentos independentes são
  • a)
    uma forma de representação em que não existe nenhum tipo de opcionalidade quanto à participação de elementos nas associações.
  • b)
    uma forma de representação gráfica, em que um ou outro elemento permite a ausência de associações.
  • c)
    caracterizados por agrupar todo e qualquer relacionamento que possa vir a ser estabelecido sem que haja necessidade de avaliação simultânea de outro relacionamento.
  • d)
    aqueles que, tendo dependências uns com os outros, impõem o estabelecimento simultâneo de associações entre os vários elementos envolvidos.
  • e)
    caracterizados por serem mutuamente exclusivos, portanto, se a associação for estabelecida através de um dos relacionamentos, não poderá ser estabelecida pelos demais.

12032 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

Considere o seguinte fragmento de linguagem SQL:

CREATE TABLE Carros (INT Código PRIMARY KEY, TEXT Modelo);
INSERT INTO Carros VALUES (NULL, "Alfa Romeo");

Após a execução da primeira linha do código acima, ao ser executado o código presente na segunda linha, será
  • a)
    inserida uma nova linha na coluna Modelo
  • b)
    inserida uma nova linha na tabela Carros.
  • c)
    inserida uma nova coluna na linha Carros.
  • d)
    inserida uma nova coluna na linha Modelo.
  • e)
    exibida uma mensagem de erro, pois a coluna Código não pode conter um valor indeterminado (NULL).

12033 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

Após a execução dos seguintes comandos em linguagem SQL:

CREATE TABLE Carros (INT Código PRIMARY KEY, TEXT Modelo);
INSERT INTO Carros VALUES (NULL, "Alfa Romeo");
INSERT INTO Carros VALUES (5000, "Mazda");
SELECT COUNT(*) FROM Carros;

Será retornado o valor
  • a)
    NULL.
  • b)
    1.
  • c)
    0.
  • d)
    2.
  • e)
    5000.

12034 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

Em PostgreSQL, a função que converte a primeira letra da string informada em letra maiúscula, alterando todas as letras subsequentes dessa string para minúsculas se chama
  • a)
    chgstr.
  • b)
    altertext.
  • c)
    initcap.
  • d)
    upper.
  • e)
    toupper.

12035 FCC (2012) - TCE-AM - Analista de Controle Externo - Tecnologia da Informação / Banco de Dados

No Microsoft SQL Server, a função que retorna, em caso de sucesso, a posição da primeira ocorrência de uma substring em uma determinada string, se chama
  • a)
    PATINDEX.
  • b)
    POSITION.
  • c)
    SUBSTR.
  • d)
    INDEXOF.
  • e)
    STRPOS.