35 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

16586 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Nas discussões relativas às prisões e instituições totais destacam-se dois autores que por sua obra, tornaram-se referência para os estudiosos da Psicologia Criminal. São eles:
  • a)
    Jean Piaget e Humbert Maturana.
  • b)
    Sigmund Freud e Carl Gustav Jung.
  • c)
    Michel Foucault e Erving Goffman.
  • d)
    Jürgen Habermas e José Bleger.
  • e)
    Donald Woods Winnicott e Edgar Morin.

16676 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

O Sistema Nacional de Atendimento Socioeducativo ? SINASE prevê normas para
  • a)
    fiscalizar a política do desarmamento e de combate à violência doméstica infringida a jovens.
  • b)
    apurar a efetivação da Lei de Diretrizes e Bases.
  • c)
    organizar o Cadastro Nacional de escolas do ensino Infantil.
  • d)
    padronizar material didático-escolar distribuídos para o ensino fundamental e médio.
  • e)
    padronizar os procedimentos jurídicos envolvendo menores de idade que vão desde a apuração do ato infracional até as medidas socioeducativas.

16683 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Michel Foucault ensinou que não apenas se punem as agressões mas por meio delas as agressividades. Importa agora não apenas estabelecer que lei sanciona esta infração, mas verificar, também, até que ponto a vontade do réu determinou o crime. Assim, a medicina mental será chamada ao tribunal para decidir sobre a
  • a)
    culpa e condições físicas.
  • b)
    materialidade do delito.
  • c)
    escolaridade e quociente de inteligência do indivíduo.
  • d)
    prova médico-legal a ser realizada.
  • e)
    periculosidade e responsabilidade do indivíduo.

16684 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

A psicóloga Hebe Signorini que escreve, dentre outras coisas, sobre Psicologia Jurídica e Violência contra a criança e o adolescente, menciona que embora seja difícil precisarmos o impacto que a violência vai gerar sobre uma criança, algumas circunstâncias globais são valorizadas como aquelas que devem ser analisadas para o entendimento desse impacto mencionado. São elas:
  • a)
    O índice de mortalidade de crianças naquela região do Brasil; as características individuais do agressor e da criança; o grau de escolaridade dos membros da família; a velocidade da denúncia criminal da situação.
  • b)
    O índice das estatísticas de violência do local onde reside a criança; a história de vida do agressor; o grau de escolaridade da vítima e do agressor; a minimização da notícia pelo grupo familiar.
  • c)
    O local escolhido pelo agressor para levar sua vítima; os antecedentes de saúde mental da vítima; a resposta social à violência sofrida; a punição imediata da família em face dessa relação entre vítima e agressor.
  • d)
    A natureza da violência; as características individuais da criança; a natureza da relação agressor/vítima; a resposta social à violência sofrida; a reação percebida pelo núcleo familiar.
  • e)
    A natureza da violência; o quociente de inteligência da criança; o grau de escolaridade dos familiares; os antecedentes físicos dos irmãos da criança.

16685 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Uma aprendizagem normal supõe uma modalidade de aprendizagem na qual se produza um equilíbrio entre os movimentos assimilativos e os acomodativos. Na hipoacomodação observa-se
  • a)
    pobreza de contato com a subjetividade, superestimulação da imitação, falta de iniciativa, obediência acrítica às normas, submissão.
  • b)
    predomínio da subjetivação, desrealização do pensamento, dificuldade para resignar-se.
  • c)
    pobreza de contato com o objeto, dificuldade na internalização de imagens e que a criança sofreu a falta de estimulação ou o abandono.
  • d)
    pobreza de contato com o objeto que redunda em esquemas de objeto empobrecidos, déficit lúdico e criativo.
  • e)
    movimento do processo de adaptação pelo qual os elementos do ambiente alteram-se para serem incorporados à estrutura do organismo.

16686 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

A Terapia Cognitiva tem por foco de atenção a atividade mental consciente ou pré-consciente, ou seja, os pensamentos
  • a)
    marcantes, excessivamente condicionados pelas experiências na família de origem ou figuras significativas.
  • b)
    inconscientes, as idealizações recorrentes e as manifestações de humores favoráveis ou desfavoráveis às experiências concretas no mundo.
  • c)
    realistas, constituídos por meio das experiências do indivíduo no mundo, buscando a compreensão de atitudes sentimentais.
  • d)
    automáticos, as crenças subjacentes e suas consequências: emoções, comportamentos ou reações físicas.
  • e)
    negativos, que obstruem a livre aprendizagem, mantendo o indivíduo aprisionado em seus próprios pensamentos e visão de mundo.

16868 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Nos casos envolvendo violência doméstica contra a mulher, há inúmeros estudos mostrando os efeitos nocivos sobre a saúde física e psicológica da vítima. Um dos efeitos mais estudados na atualidade e que vem dando maior legitimidade às reivindicações levadas ao judiciário quanto ao possível ressarcimento por danos relacionam-se ao transtorno
  • a)
    do estresse pós-traumático.
  • b)
    do déficit de atenção e hiperatividade.
  • c)
    da obssessão e compulsividade.
  • d)
    da esfera neurofuncional.
  • e)
    da mania e da depressão.

16869 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

As Comissões Técnicas de Classificação estão previstas na Lei de Execução Penal e devem existir em cada estabelecimento penal. Elas são presididas por um Diretor e no mínimo mais
  • a)
    um chefe de serviço, um psiquiatra, um psicólogo e um assistente social.
  • b)
    dois chefes de serviço, um psiquiatra, um psicólogo e um assistentes social.
  • c)
    dois psiquiatras, dois psicólogos e dois assistentes sociais.
  • d)
    dois chefes de serviço, dois psiquiatras, dois psicólogos e dois assistentes sociais.
  • e)
    cinco profissionais da área da saúde mental que serão designados pelo Diretor.

16870 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

O exame criminológico, nos termos da nossa legislação penal, tem por finalidade:
  • a)
    o conhecimento da personalidade do agente criminal, o planejamento de medidas reeducativo-penais e o prognóstico da reincidência criminal.
  • b)
    o conhecimento da família do réu, visando a reinserção social após sua liberação.
  • c)
    a apresentação do sistema prisional ao réu, sua família e demais pessoas que ele venha a apresentar como importantes em sua vida.
  • d)
    a realização de perícia médico-forense que será arquivada no presídio como elemento para que o diretor saiba lidar com o réu em caso de agitações emocionais ou participação em rebeliões.
  • e)
    o exercício do trabalho multiprofissional que é desenvolvido na fase policial e que servirá como base para que o juiz encaminhe o caso para medida de segurança.

16871 FCC (2009) - TJ-SE - Analista Judiciário - Psicologia / Psicologia

Segundo Malvina Muskat, estudiosa da mediação de conflitos, os índices de violência urbana e doméstica evidenciam que
  • a)
    a punição oferece oportunidade para o agressor reparar seu ato evitando assim a reincidência.
  • b)
    as medidas coercitivas são eficazes, pois intimidam e tornam o agressor mais consciente de seu papel social.
  • c)
    as medidas coercitivas conduzem a mudanças adaptativas que se mantém enquanto a coação persistir.
  • d)
    não se deve tipificar a violência como crime já que ela é parte de uma conjuntura social doente e sem alternativas.
  • e)
    as medidas coercitivas quando bem utilizadas eliminam a estrutura de poder.