13 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

16904 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Português

Segredo
Há muitas coisas que a psicologia não nos explica.
Suponhamos que você esteja em um 12o andar, em companhia de amigos, e, debruçando-se à janela, distinga lá embaixo, inesperada naquele momento, a figura de seu pai, procurando atravessar a rua ou descansando em um banco diante do mar. Só isso. Por que, então, todo esse alvoroço que visita a sua alma de repente, essa animação provocada pela presença distante de uma pessoa de sua intimidade? Você chamará os amigos para mostrar-lhe o vulto de traços fisionômicos invisíveis: "Aquele ali é papai". E os amigos também hão de sorrir, quase enternecidos, participando um pouco de sua glória, pois é inexplicavelmente tocante ser amigo de alguém cujo pai se encontra longe, fora do alcance de seu chamado.
Outro exemplo: você ama e sofre por causa de uma pessoa e com ela se encontra todos os dias. Por que, então, quando essa pessoa aparece à distância, em hora desconhecida aos seus encontros, em uma praça, em uma praia, voando na janela de um carro, por que essa ternura dentro de você, e essa admirável compaixão?
Por que motivo reconhecer uma pessoa ao longe sempre nos induz a um movimento interior de doçura e piedade? (...)
Até para com os nossos inimigos, para com as pessoas que nos são antipáticas, a distância em relação ao desafeto atua sempre em sentido inverso. Ver um inimigo ao longe é perdoá-lo bastante.
(Paulo Mendes Campos - Crônicas escolhidas. S.Paulo: Ática, 1981, p.p. 49-50)

A expressão de que preenche corretamente a lacuna da frase:
  • a)
    A compaixão humana é um sentimento ...... o cronista deseja dividir com o leitor.
  • b)
    A compaixão humana é um sentimento ...... o cronista recusa a se distanciar.
  • c)
    O sentimento da compaixão é uma virtude humana ...... o cronista não se furta a valorizar.
  • d)
    A compaixão humana é um sentimento ...... o cronista não se esquiva de enaltecer.
  • e)
    O sentimento da compaixão é uma virtude humana ...... o cronista sabe reconhecer e valorizar.

16905 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Português

Segredo
Há muitas coisas que a psicologia não nos explica.
Suponhamos que você esteja em um 12o andar, em companhia de amigos, e, debruçando-se à janela, distinga lá embaixo, inesperada naquele momento, a figura de seu pai, procurando atravessar a rua ou descansando em um banco diante do mar. Só isso. Por que, então, todo esse alvoroço que visita a sua alma de repente, essa animação provocada pela presença distante de uma pessoa de sua intimidade? Você chamará os amigos para mostrar-lhe o vulto de traços fisionômicos invisíveis: "Aquele ali é papai". E os amigos também hão de sorrir, quase enternecidos, participando um pouco de sua glória, pois é inexplicavelmente tocante ser amigo de alguém cujo pai se encontra longe, fora do alcance de seu chamado.
Outro exemplo: você ama e sofre por causa de uma pessoa e com ela se encontra todos os dias. Por que, então, quando essa pessoa aparece à distância, em hora desconhecida aos seus encontros, em uma praça, em uma praia, voando na janela de um carro, por que essa ternura dentro de você, e essa admirável compaixão?
Por que motivo reconhecer uma pessoa ao longe sempre nos induz a um movimento interior de doçura e piedade? (...)
Até para com os nossos inimigos, para com as pessoas que nos são antipáticas, a distância em relação ao desafeto atua sempre em sentido inverso. Ver um inimigo ao longe é perdoá-lo bastante.
(Paulo Mendes Campos - Crônicas escolhidas. S.Paulo: Ática, 1981, p.p. 49-50)

É adequado o emprego e correta a grafia de todas as palavras da frase:
  • a)
    Os poetas românticos eram obsecados por imagens que, figurando a distância, expressavam com ela a gososa inatingibilidade de um ideal.
  • b)
    É prazeroso o reconhecimento de uma pessoa que, surgindo longínqua, parece então mais próxima que nunca - paradoxo pleno de poesia.
  • c)
    A abstensão da proximidade de alguém não impede, segundo o cronista, que nossa afetividade aflore e haja para promover uma aproximação.
  • d)
    Nenhuma distância dilui o afeto, pelo contrário: o reconhecimento da amada longeva avisinha-a de nós, fá-la mais próxima que nunca.
  • e)
    O cronista ratifica o que diz um velho provérbio: a distância que os olhos acusam não exclue a proximidade que o nosso coração promove.

16906 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Português

O segredo anunciado no título da crônica ganha especificidade como tema central do texto na seguinte formulação:
  • a)
    Ver um inimigo ao longe é perdoá-lo bastante.
  • b)
    Há muitas coisas que a psicologia não nos explica.
  • c)
    (...) você ama e sofre por causa de uma pessoa e com ela se encontra todos os dias.
  • d)
    E os amigos também hão de sorrir, quase enternecidos, participando um pouco de sua glória (...)
  • e)
    Por que motivo reconhecer uma pessoa ao longe sempre nos induz a um movimento interior de doçura e piedade?

18287 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

Quanto ao procedimento licitatório é correto afirmar:
  • a)
    A revogação por interesse público exige a ocorrência de fato superveniente e de motivação.
  • b)
    A anulação do procedimento licitatório sempre gera obrigação de indenizar.
  • c)
    A licitação não pode ser anulada parcialmente.
  • d)
    A anulação por ilegalidade do procedimento depende de determinação judicial.
  • e)
    Sempre que existir ilegalidade, o procedimento deve ser revogado.

18288 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

No processo administrativo é permitida, em caráter excepcional e por motivos relevantes devidamente justificados, a
  • a)
    avocação temporária de competência exclusiva do órgão ou autoridade superior.
  • b)
    avocação definitiva de competência atribuída a órgão da mesma hierarquia.
  • c)
    delegação de competência para a edição de atos de caráter normativo.
  • d)
    avocação temporária de competência atribuída a órgão hierarquicamente inferior.
  • e)
    delegação de competência para a decisão de recursos administrativos.

18289 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

Aos Procuradores do Estado do Rio de Janeiro são assegurados direitos, garantias e prerrogativas concedidos aos
  • a)
    ministros do Tribunal de Contas.
  • b)
    juízes do Poder Jucidiário.
  • c)
    advogados em geral.
  • d)
    integrantes do Ministério Público.
  • e)
    servidores do Poder Legislativo.

18290 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

Quando se afirma que o bem público não admite a possibilidade de aquisição de seu domínio por via de usucapião está-se referindo à hipótese de
  • a)
    titularidade.
  • b)
    inalienabilidade.
  • c)
    impenhorabilidade.
  • d)
    identificação como de uso comum.
  • e)
    imprescritibilidade.

18291 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

Quanto à previdência dos servidores, é correto afirmar:
  • a)
    A pensão por morte será devida a partir do mês em que ocorrer o falecimento do segurado.
  • b)
    No caso de aposentadoria compulsória por idade, o segurado afastar-se-á do exercício de seu cargo no dia imediatamente anterior à data em que completar setenta anos.
  • c)
    A pensão por morte será devida a partir do mês em que for requerida pelo beneficiário.
  • d)
    O direito à pensão por morte prescreverá em cinco anos contados da data em que forem devidas as prestações.
  • e)
    Para fins de receber o auxílio-reclusão consideram- se segurados de baixa renda aqueles que recebem remuneração ou subsídio mensal igual ou inferior a R$ 1.500,00 (hum mil e quinhentos reais).

18292 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

Quando a rescisão do contrato administrativo se verifica independentemente da vontade de qualquer das partes, diante da só ocorrência de fato extintivo do contrato previsto em lei, no regulamento ou no próprio corpo do ajuste, está-se diante da rescisão
  • a)
    amigável.
  • b)
    por cumprimento irregular de cláusula contratual.
  • c)
    unilateral.
  • d)
    de pleno direito.
  • e)
    por supressão de obras ou serviços.

18293 FCC (2009) - PGE-RJ - Técnico Superior Administrador / Direito Administrativo

Considere os itens abaixo:

I. A licitação é inexigível quando houver inviabilidade de competição. É o caso, por exemplo, da existência de um único fornecedor.
II. Os casos de licitação dispensável estabelecidos em lei são taxativos e não exemplificativos.
III. A licitação destina-se a selecionar a proposta mais vantajosa para a Administração Pública, mesmo contrariando o princípio da isonomia.
IV. A licitação é obrigatória quando o vínculo jurídico com o terceiro configurar cargo ou emprego público.

Está correto o que se afirma APENAS em
  • a)
    III e IV.
  • b)
    I e II.
  • c)
    I e III.
  • d)
    II e III.
  • e)
    II e IV.