33 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

152154 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Português

Leia a charge, a seguir:

O assunto em foco é:

  • a)
    O aumento do preço dos ovos.
  • b)
    O relacionamento de pais e filhos.
  • c)
    O estresse na população jovem.
  • d)
    O calor excessivo que tem feito nesta época do ano em todo o país.
  • e)
    As alternativas que o brasileiro tem encontrado para “driblar” o calor intenso.

152155 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Raciocínio Lógico

Lucas, Amanda e Nayara são três estudantes de

Matemática, mas cada um estuda uma área diferente.

Um estuda álgebra, outro estuda geometria e o outro

análise. Sabe-se que:

ambas.

ambos.

análise, mas não ocorrem as duas opções

juntas.

ambas.

Com base nessas informações, é possível afirmar que

Lucas, Amanda e Nayara estudam, respectivamente:

  • a)
    Geometria, análise e álgebra.
  • b)
    Geometria, álgebra e análise.
  • c)
    Análise, geometria e álgebra.
  • d)
    Álgebra, geometria e análise.
  • e)
    Álgebra, análise e geometria.

152156 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Informática

Acerca do navegador Google Chrome, para RECARREGAR a página, basta pressionar a tecla F5, ou clicar no botão:

  • a)

  • b)



  • c)

  • d)

  • e)

152157 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Serviço Social

Leia as assertivas, a seguir, sobre o projeto ético

político do serviço social hegemônico atual e, em

seguida, assinale a alternativa CORRETA:

I.O projeto ético político do serviço social

hoje representa a homogeneidade

existente na profissão, no que se refere à

vinculação no campo teórico à matriz

crítica.

II.O projeto ético político do serviço social

hegemônico hoje se declara radicalmente

democrático.

III.O projeto ético político do serviço social

hegemônico hoje tem como valor central

a liberdade – liberdade concebida

historicamente como possibilidade de

escolha entre alternativas concretas.

IV.A luta pela democracia na sociedade

brasileira, encontrando eco no corpo

profissional, criou o quadro necessário

para romper com o quase monopólio do

conservadorismo no Serviço Social: no

processo da derrota da ditadura se

inscreveu a primeira condição – a

condição política – para a constituição

de um novo projeto profissional

  • a)

    A alternativa I está correta.

  • b)

    As alternativas II, III e IV estão corretas.

  • c)

    A alternativa II está correta.

  • d)

    As alternativas I, III e IV estão corretas.

  • e)

    Todas estão corretas.

152158 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Serviço Social

Segundo Fávero (2009), o serviço social como

profissão alcançou inúmeros avanços, sendo hoje

fundamental avançarmos na construção e

concretização do projeto profissional crítico e ético, no

dia a dia do trabalho direto com a população – em que

a grande maioria dos profissionais está inserida. Para

tanto, faz-se necessário cada vez mais um diálogo

teórico-prático, em um processo contínuo de

investigação, de planejamento da ação e de execução

da prática privilegiando sua dimensão coletiva. Este

processo requer:

  • a)

    A constante valorização das práticas empíricas, sem a preocupação com as discussões teóricas que em determinados momentos limitam a intervenção prática

  • b)

    Estudo, discussões técnicas, valorização das dimensões teórica, ética e política da ação cotidiana.

  • c)

    A problematização da veracidade do objeto profissional e constante aperfeiçoamento na construção de instrumentos mais eficazes para a intervenção individual.

  • d)

    Capacidade interventiva, manuseio dos instrumentos profissionais de forma a aplicá-los neutramente para não comprometer os objetivos do projeto ético político da profissão.

  • e)

    Constante aprimoramento teórico, sem a preocupação com a prática profissional em si, pois ela está mergulhada no cotidiano e somente se apresenta em sua superficialidade.

152159 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Serviço Social

Manuell Castells (1999), ao discutir sobre a

reconfiguração da soberania dos Estados nacionais,

analisa a ideia de rede como forma de restabelecer a

capacidade interventiva do Estado. Assim, as

intervenções mais eficazes se produzem em rede, em

diferentes níveis de governo que se convertem em

diferentes tipos de nós dessa rede. A partir do

pensamento do autor, é possível afirmar que

  • a)

    A capacidade interventiva do Estado está instalada na rede, mais do que em um nó – ou seja, em diversas instâncias de governo, em âmbito local, regional ou global. A ideia fundamental, segundo o autor, é a transição do poder de centros do Estado para o centro do poder dos municípios.

  • b)

    A criação de redes em nível comunitário tem como objetivo promover identidade, solidariedade e novas formas de cooperação e interação em conformidade com as particularidades da sociedade local. A ideia fundamental, segundo o autor,é a substituição do poder de Estado nacional, pelo poder local das comunidades.

  • c)

    A capacidade interventiva do Estado está instalada na rede, mais do que em um nó – ou seja, em diversas instâncias de governo, em âmbito local, regional ou global. A ideia fundamental, segundo o autor, é uma difusão do poder de centros para o poder das redes.

  • d)

    A criação de redes em nível comunitário tem por objetivo promover identidade, solidariedade e novas formas de cooperação e interação em conformidade com as particularidades da sociedade local. A ideia fundamental, segundo o autor, é a substituição do poder de Estado nacional pela noção de descentralização territorial, como norte para articulação intersetorial das políticas locais.

  • e)

    A partir da concepção de Estado-rede, defendida por Castells, ao Estado, caberia acatar decisões globais e concretizá-las de acordo com interesses das redes do terceiro setor e empresas privadas em detrimento das demandas e interesses das comunidades locais.

152160 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Direito da Criança e do Adolescente

O Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA), Lei nº

8.069/1990, constitui importante avanço nas

normativas de proteção à criança e ao adolescente no

Brasil, país que até então tinha como principal

parâmetro legal legislações punitivas como foi o

Código de Menores de 1927. A partir deste contexto, é

CORRETO afirmar:

  • a)

    O ECA inaugura no país a doutrina da proteção integral a crianças e adolescentes, contrapondose a medidas punitivas, de modo a zelar pela prevenção e punição à violação de direitos de crianças e adolescentes

  • b)

    O ECA reafirma inscrições da Constituição Federal de 1988, contrapondo-se aos preceitos da “situação irregular", reafirmando e ampliando pressupostos da doutrina da proteção integral a crianças e adolescentes.

  • c)

    O ECA inaugura no país pressupostos da doutrina da proteção integral a crianças e adolescentes, contrapondo-se aos preceitos da “situação irregular", reafirmando e ampliando pressupostos da Constituição Federal de 1988.

  • d)

    O ECA inaugura no país pressupostos da doutrina da proteção integral a crianças e adolescentes, contrapondo-se aos preceitos da “situação irregular". Apesar dos avanços, a lei sofreu recente alteração, expressa pela redução da maioridade penal para 16 anos.

  • e)

    O ECA reafirma inscrições da Constituição Federal de 1988, contrapondo-se aos preceitos da “situação irregular", reafirmando e ampliando pressupostos da doutrina da proteção integral a crianças e adolescentes. Apesar dos avanços, a lei sofreu recente alteração, expressa pela redução da maioria penal para 16 anos.

153875 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Saúde Pública

De acordo com a Organização Mundial de Saúde

(OMS), cerca de 10% das populações dos centros

urbanos de todo o mundo consomem abusivamente

substâncias psicoativas, independentemente da idade,

sexo, nível de instrução e poder aquisitivo. Salvo

variações sem repercussão epidemiológica

significativa, tal realidade encontra equivalência em

território brasileiro (Política de Atenção Integral aos

Usuários de Álcool e Outras Drogas/Ministério da

Saúde). Sobre a dimensão que assume o uso de

drogas na sociedade contemporânea, é INCORRETO

afirmar:

  • a)

    A difusão da droga na sociedade ocidental e também no Brasil toma como marco os anos 1960, momento de grande expressão do “movimento hippie". Entendido a partir de uma reação contracultural, o movimento, fomentado pelas transações financeiras do tráfico de drogas, opunha-se aos estilos de vida padronizados, às pressões familiares, escolares, religiosas e aos apelos consumistas de bens materiais.

  • b)

    Com as mudanças provocadas pela crise econômica nos anos de 1970 e pela introdução de novos valores consumistas nas sociedades ocidentais, o consumo de drogas que significava um protesto do “movimento hippie" contra as formas de organização capitalista, passa a ser feito como forma de apaziguar os sentimentos de solidão, vazio, angústia e sofrimento diante das frustrações na vida, na família e no trabalho.

  • c)

    O consumo de drogas na sociedade contemporânea ganha um ritmo mais acelerado, configurando-se por múltiplas misturas com álcool e medicamentos; a delinqüência e a prostituição se alastram para garantir o abastecimento com substâncias que cada vez menos realizam o que prometem: o sonho de uma vida prazerosa, sem dor e sem limites.

  • d)

    A sociedade contemporânea depara-se com o aumento contínuo do consumo de entorpecentes relacionado à expansão mercadológica do narcotráfico, que se organiza de acordo com avançadas formas de gerência,política financeira e comercialização.

  • e)

    No Brasil, o acesso facilitado a armas de fogo e a existência de policiais coniventes com a criminalidade contribuem para o aumento da violência, uma vez que as próprias instituições encarregadas de manter a lei tornam-se implicadas com o crime organizado.

162528 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Raciocínio Lógico

Assinale a alternativa em que a figura NÃO pertence ao grupo:

  • a)

  • b)

  • c)

  • d)

  • e)



162529 FAFIPA (2014) - UFFS - Assistente Social / Informática

Acerca do motor de busca Google

(www.google.com.br), assinale a alternativa que

apresenta de forma CORRETA a funcionalidade do

botão "Estou com sorte":

  • a)
    Traz as considerações do horóscopo do dia.
  • b)
    Você é redirecionado para um site que contém no ENDEREÇO as palavras que digitou no campo de busca.
  • c)
    O Google automaticamente redireciona sua pesquisa para o último site acessado com um assunto correspondente.
  • d)
    É verificado o site que contém a maior quantidade das palavras procuradas e que contenham imagens correlatas, em seguida redireciona sua pesquisa.
  • e)
    Você é automaticamente conduzido à primeira página Web que o Google devolveu para a sua pesquisa.