45 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

209857 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Não classificada

O modelo de dados entidade–relacionamento (E–R) tem por base a percepção do mundo real, consistindo em um conjunto de objetos básicos chamados entidades e em relacionamentos entre estas entidades.

Uma tarefa importante na modelagem de um banco de dados é especificar como as entidades e os relacionamentos são diferenciados. Conceitualmente, entidades e relacionamentos individuais são distintos na perspectiva do banco de dados. Entretanto, essas diferenças precisam ser expressas em termos de seus atributos. Um conjunto de entidades que não possui atributos suficientes para formar uma chave primária é chamado de conjunto de ___________

Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

  • a)
    relacionamentos recursivos.
  • b)
    relacionamentos encapsulados.
  • c)
    relacionamentos de especialização.
  • d)
    relacionamentos de generalização.
  • e)
    entidades fracas.

209858 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Não classificada

Uma consequência muito importante das definições da estrutura relacional de dados é que toda relação tem uma chave primária. Posto que o corpo da relação é um conjunto, e os conjuntos, por definição, não contêm elementos em duplicata, segue–se que duas tuplas de uma relação não poderão (em nenhum momento) ser duplicatas uma da outra. Seja R uma relação com os atributos A1, A2, ..., An. Diz–se que o conjunto de atributos K = (Ai, Aj, ... , Ak) de R é uma chave ___________ de R, se e somente se satisfizer as seguintes propriedades tempo–dependentes, assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

• Exclusidade — Em momento algum duas tuplas diferentes de R terão o mesmo valor da Ai, o mesmo valor de Aj, ..., e o mesmo valor de Ak.

• Minimalidade — Nenhum Ai, Aj, ... , Ak poderá ser descartado de K, sem destruir a propriedade de exclusividade.

  • a)
    estrangeira
  • b)
    nula
  • c)
    privada
  • d)
    normalizada
  • e)
    candidata

209859 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Não classificada

Ao se efetuar uma consulta em um programa com a linguagem PL/SQL, o conjunto de linhas resultantes dependerá de quantas linhas atingem o critério de pesquisa. Assim, quando a consulta resultar em múltiplas linhas, é necessário declarar–se explicitamente um ___________ para processar as linhas.

Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

  • a)
    control interval
  • b)
    heap
  • c)
    dataqueue
  • d)
    cursor
  • e)
    pipe

209860 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Banco de Dados (TI)

Atualmente, os sistemas gerenciadores de bancos de

dados (SGBDs) têm a capacidade de executar ações

através do uso de regras ativas baseadas no paradigma

Evento–Condição–Ação (ECA). O componente "Evento"

indica o momento do disparo da regra, a "Condição"

indica um predicado a ser avaliado e a "Ação" o que

tem de ser feito, caso a condição seja válida. Estes

mecanismos ativos, denominados ___________

em bancos de dados, proporcionam uma funcionalidade

aos SGBDs, cuja principal aplicação tem sido a

manutenção de integridade e restrições de acesso aos

bancos de dados. Desde que devidamente especificadas

no esquema conceituai, regras de negócio podem ser

implementadas com o paradigma ECA, ampliando a

sua aplicação a problemas do mundo real.

Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

  • a)

    targets

  • b)

    reaches

  • c)

    goals

  • d)

    grips

  • e)

    triggers

209861 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Não classificada

Na linguagem SQL, as operações em strings mais usadas são as que efetuam checagens para verificação de coincidências de pares, por meio do operador like.

Esses pares são identificados por meio do uso de dois caracteres especiais. Um desses caracteres especiais efetua a comparação com qualquer substring. Por exemplo, para definirmos a consulta que corresponde a qualquer substring que inicie com "ABC", devemos escrever:

  • a)
    ABC*
  • b)
    ABC%
  • c)
    ABC@
  • d)
    ABC#
  • e)
    ABC$

209887 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Banco de Dados (TI)

Em um banco de dados Oracle, deve–se conceder

explicitamente um privilégio de acesso para que

se possa executar qualquer atividade, incluindo–

se a conexão com um banco de dados, o acesso ou

modificação de dados em tabelas, etc. No sistema

gerenciador de banco de dados Oracle, os principais

privilégios de sistema são:

  • a)

    SYSDB, SYSUSER e SYSCONT.

  • b)

    SYSDBA , SYSOPER e SYSASM.

  • c)

    CTRLSYS, CRTLUSER e CRTLDATA.

  • d)

    DEFUSER, DEFSYS e DEFDATA.

  • e)

    GRANTSYS, GRANTUSER e GRANTDATA.

209888 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Banco de Dados (TI)

Como abrangem um grande volume de dados, os

data warehouses geralmente são de maior ordem de

magnitude que os bancos de dados de origem. Os

data warehouses voltados para um subconjunto da

organização, como um departamento, são conhecidos

por:

  • a)

    data marts.

  • b)

    data sectors.

  • c)

    data virtuais.

  • d)

    data segments.

  • e)

    data sections.

214531 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Banco de Dados (TI)

Uma parte integrante de um sistema de banco de dados é o esquema de recuperação que é responsável pela restauração do banco de dados para um estado consistente que havia antes da ocorrência de uma falha. Oracle suporta diferentes procedimentos de backup e recovery. Para se efetuar uma operação de export no banco de dados Oracle, pode–se utilizar o comando:

  • a)
    exp.
  • b)
    cpy.
  • c)
    dmpf.
  • d)
    dtexp.
  • e)
    exdump.

214651 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Banco de Dados (TI)

O crescente poder de processamento e a sofisticação das ferramentas e técnicas analíticas resultaram no desenvolvimento de data warehouses. O processamento analítico on–line (OLAP) é usado para descrever a análise de dados complexos de um data warehouse. As aplicações OLAP são usadas pelos gestores em qualquer nível da organização para lhes permitir análises comparativas que facilitem a sua tomada de decisões diárias. Dentre as ferramentas e técnicas utilizadas na arquitetura OLAP, podemos citar as funções especiais:

  • a)
    DATAW e ROLLW.
  • b)
    SLICEW e VIEWD.
  • c)
    ROLAP e MOLAP.
  • d)
    ORDERW e SELW.
  • e)
    ROTW e DATAV.

216134 ESPP (2013) - MPE-PR - Administrador de Banco de Dados / Não classificada

Quando o projeto de um banco de dados é finalizado e um sistema gerenciador de banco de dados é escolhido para implementá–lo, o primeiro passo é especificar esquemas conceituais e internos para o banco de dados e quaisquer mapeamentos entre os dois. Em muitos sistemas gerenciadores de bancos de dados, onde não é mantida nenhuma separação estrita de níveis, uma linguagem, chamada ___________ é usada pelo DBA e pelos projetistas de bancos de dados para definir os dois esquemas. O sistema gerenciador de banco de dados terá um compilador dessa linguagem cuja função é processar instruções da mesma, a fim de identificar as descrições dos construtores de esquema e armazená–los no catálogo do sistema. Assinale a alternativa que completa corretamente a lacuna.

  • a)
    DML — Data Mapping Language
  • b)
    CDL — Construction Definition Language
  • c)
    SDL — Scheme Definition Language
  • d)
    DDL — Data Definition Language
  • e)
    MDL — Mapping Definition Language