40 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

76320 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

Sobre Modelos Digitais de Elevação, assinale a opção incorreta.

  • a)
    O MDT – Modelo Digital de Terreno – é utilizado para modelagem do relevo e outros tipos de informações que variam de acordo com ele. Os dados topográficos de alta resolução da Shuttle Radar Topography Mission (SRTM) formam um MDT e estão disponíveis globalmente, com resolução de 3” de arco, ou seja, aproximadamente 90m e exclusivamente para os Estados Unidos da América com resolução de um segundo de arco, ou aproximadamente 30m.
  • b)
    O MNT – Modelo Numérico de Terreno – é uma representação matemática computacional da distribuição de um fenômeno espacial em uma região da superfície terrestre. Assim, é possível utilizar esta representação matemática para armazenamento de dados de altimetria para gerar mapas topográficos, elaboração de mapas de declividade, entre outros.
  • c)
    O modelo TIN (Triangular Irregular Network) é construído através de um conjunto de faces triangulares interconectadas. Para cada um dos três vértices, os valores das coordenadas (x,y), que representam a localização, e da coordenada z, que representa a altimetria, são codificados formando uma triangulação dos pontos, sendo, portanto, uma representação vetorial do terreno.
  • d)
    Uma grade regular (GRID) pode ser gerada a partir de outra grade regular ou de uma irregular. Para a geração de uma nova grade regular a partir de outra grade regular, podem ser utilizados os interpoladores linear e bicúbico. Para a geração de grade retangular a partir de um TIN (Triangular Irregular Network), pode-se ajustar uma superfície plana ou uma superfície de quinto grau, que garante suavidade ao modelo.
  • e)
    O uso de dados de sensores remotos orbitais para a geração de DEM (Digital Elevation Model) é uma alternativa para suprir a ausência de informações sobre a altimetria. Podem ser gerados DEMs a partir de sensores remotos ópticos (ASTER) e radar (RADARSAT-1, SRTM – Shuttle Radar Topography Mission), tanto por estereoscopia quanto por interferometria.

76321 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

Assinale a opção incorreta.

  • a)
    As coordenadas nos Sistemas de Referência Geodésicos são normalmente apresentadas em três formas: cartesianas, geodésicas (ou elipsoidais) e planas. O atual Sistema Geodésico Brasileiro adota o Sistema de Referência Geocêntrico para as Américas, o SIRGAS, que tem como Elipsoide o Geodetic Reference System 1980 (GRS80).
  • b)
    A aceleração gravitacional é sempre perpendicular à superfície geoidal. O ângulo entre a linha de prumo que é perpendicular ao geoide (“vertical”) e a perpendicular ao elipsoide (“normal”) é definido como o desvio da vertical. Através das componentes do desvio da vertical, pode-se estabelecer, de forma simplificada, a relação entre as coordenadas astronômicas (φ, λ) e as coordenadas geodésicas (φ, λ).
  • c)
    O geoide coincide com a superfície que os oceanos descreveriam se fossem livres para se ajustar ao efeito combinado da atração gravitacional causada pela distribuição de massa da Terra e pela força centrífuga resultante de sua rotação. Para converter a altitude elipsoidal (h), obtida através de receptores GNSS, em altitude ortométrica (H ), é necessário utilizar o valor da altura geoidal (N ), H=h+N, sendo: altitude elipsoidal (h), altitude ortométrica (H ) e altura geoidal (N ).
  • d)
    Os referenciais geodésicos Córrego Alegre (CA ), SAD 69 e o SIRGAS2000 são sistemas de concepção diferente. Enquanto a definição/ orientação do CA/SAD69 é topocêntrica, a definição/orientação do SIRGAS2000 é geocêntrica. Enquanto o SAD-69 adotava o elipsoide Internacional de 1967 (UGGI67) como superfície de referência, a realização SIRGAS adotou a estrutura de referência internacional mais precisa na ocasião, o ITRF94, época 1995 .4 .
  • e)
    Um sistema coordenado cartesiano no espaço 3-D é caracterizado por um conjunto de três retas (x,y e z), denominados de eixos coordenados, mutuamente perpendiculares e, quando associado a um Sistema de Referência Geodésico, recebe a denominação de Sistema Cartesiano Geodésico(CG).

76322 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

O azimute plano do alinhamento A-B vale 75°30’20” e foi calculado com base nas coordenadas no sistema UTM – Datum SAD 69. A convergência meridiana no ponto A e a redução angular da direção A-B são, respectivamente, iguais a - 0°20’10” e 0°00’01”. Os pontos A e B estão situados no Hemisfério Sul e a leste do meridiano central do fuso UTM. O azimute geodésico da direção A-B é igual a:

  • a)
    75°50’31”.
  • b)
    75°10’11”.
  • c)
    75°10’09”.
  • d)
    75°50’29”.
  • e)
    75°10’10”.

76323 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

O Sistema Geodésico de Referência (WGS84) tem passado por refinamentos com intuito de melhorar a precisão das coordenadas das estações monitoras do sistema GPS. Esse refinamento é designado de WGS84 (GXXX) ou WGS84 (GXXXX), em que G representa o emprego de observações GPS e XXX ou XXXX, as semanas GPS em que ocorreram as realizações. O último refinamento do WGS84 é denominado de:

  • a)
    WGS84 (G873).
  • b)
    WGS84 (G1674).
  • c)
    WGS84 (G1773).
  • d)
    WGS84 (G1150).
  • e)
    WGS84 (G1762)

76324 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

Uma carta topográfica de nomenclatura SH.22-ZA-I-3-NW foi obtida a partir de desdobramentos sucessivos da Carta Internacional do Mundo, ao Milionésimo (CIM). A escala, o fuso UTM e o meridiano central dessa carta topográfica são iguais a:

  • a)
    1:50.000; 23; 45°E.
  • b)
    1:25.000; 22; 51°E.
  • c)
    1:25.000; 22; 51°W.
  • d)
    1:10.000; 22; 45°E.
  • e)
    1:25.000; 23; 45°W.

76325 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

A transformação das coordenadas entre os sistemas geodésicos Córrego Alegre e o SAD 69, de acordo com a resolução do IBGE R-PR 22, de 21 de julho de 1983, utiliza as equações diferenciais simplificadas de Molodeskii. Assinale a opção que indica o que são levadas em consideração nessas equações.

  • a)
    Um fator de escala e duas rotações.
  • b)
    Um fator de escala e três translações.
  • c)
    Três rotações e três translações.
  • d)
    Três translações.
  • e)
    Três rotações.

76326 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

Na teoria do esferopotencial, um dos coeficientes J é muito importante, sendo cerca de mil vezes maior que os demais. Tal coeficiente é denominado de fator dinâmico de forma e é representado por

  • a)
    J0.
  • b)
    J2.
  • c)
    J4.
  • d)
    J6.
  • e)
    J8.

76327 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

Sabe-se que altitudes determinadas por GPS (Sistema de Posicionamento Global) têm um significado muito mais geométrico do que físico em si. Sabe-se que o número geopotencial é comum a várias altitudes científicas. Assinale a opção que determina a diferença entre a altitude geométrica num ponto obtida por GPS e o número geopotencial desse ponto, dividido pela gravidade média entre o ponto e o geoide.

  • a)
    A anomalia de Bouguer.
  • b)
    A anomalia free-air.
  • c)
    O distúrbio da gravidade.
  • d)
    A ondulação geoidal.
  • e)
    O desvio da vertical.

79763 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

Julgue as assertivas abaixo e assinale a opção correta.

I. O campo elétrico e o campo magnético são perpendiculares entre si e ambos oscilam perpendicularmente à direção de propagação da onda. A faixa de comprimentos de onda ou frequências em que se pode encontrar a radiação eletromagnética é ilimitada, sendo que o espectro visível está posicionado entre as faixas de ultravioleta e de infravermelho, com comprimento de onda no intervalo aproximado de 380nm e 750nm.

II. Os sensores TM e ETM dos satélites LANDSAT 5 e 7 possuem sete bandas, numeradas de 1 a 7, sendo que a resolução espacial da banda 6 é de 120x120 e das demais 30x30m; já os Satélites Sino-brasileiro CBERS 1 e 2 e 2B possuem, além de outros sensores, uma Câmera Imageadora de Alta Resolução (CCD), com 5 bandas e resolução espacial de 20x20m.

III. Toda matéria a uma temperatura superior a zero absoluto (0º K ou -273º (C ) emite radiação eletromagnética, como resultado de suas oscilações atômicas e moleculares.

  • a)
    Somente a assertiva I está correta.
  • b)
    Somente as assertivas I e II estão corretas.
  • c)
    Somente as assertivas I e III estão corretas.
  • d)
    As assertivas I, II e III estão corretas.
  • e)
    Somente a assertiva III está correta.

79764 ESAF (2016) - FUNAI - Engenheiro Agrimensor / Agrimensura

A fotointerpretação é a técnica de examinar as imagens dos objetos na fotografia e deduzir sua significação.

São elementos básicos de leitura de uma fotografia ou imagem, exceto:

  • a)
    tonalidade e cor.
  • b)
    altura.
  • c)
    sombra.
  • d)
    padrão.
  • e)
    textura.