50 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

208456 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Considerando que a movimentação contábil sempre ocorre em forma de equação, para que as origens de recursos sejam iguais à sua aplicação, organize os seguintes elementos segundo os critérios de débito e crédito.



Considerando que todo o movimento contábil dessa entidade está expresso na relação acima, pode–se dizer que o item que a completará será

  • a)
    débito no valor de R$ 100,00.
  • b)
    crédito no valor de R$ 100,00.
  • c)
    débito no valor de R$ 50,00.
  • d)
    crédito no valor de R$ 50,00.
  • e)
    redução de caixa no valor de R$ 50,00.

208457 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Na data de encerramento do exercício social, a empresa ABN S.A. apresentou a seguinte relação de contas e saldos constantes do seu livro Razão:



Ao mandar elaborar um balancete geral de verifi cação a partir dos saldos acima, a empresa encontrará saldos devedores no valor de

  • a)
    R$ 83.300,00.
  • b)
    R$ 81.500,00.
  • c)
    R$ 80.400,00.
  • d)
    R$ 79.300,00.
  • e)
    R$ 77.500,00.

208458 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Na elaboração da Demonstração do Resultado do Exercício, surgiu um lucro líquido antes do Imposto de Renda e da contribuição sobre o lucro líquido no valor de R$ 6.000,00. A proposta da administração para distribuir o resultado era de 50% para dividendos, 30% para IR e CSLL, 10% para participação de empregados e 5% para reserva legal, ficando o restante em uma reserva de lucros.

Ao ser feita a contabilização segundo essa proposta, o saldo final do resultado a ser transportado para a mencionada reserva de lucros será de

  • a)
    R$ 1.795,50.
  • b)
    R$ 1.785,00.
  • c)
    R$ 1.710,00.
  • d)
    R$ 1.701,00.
  • e)
    R$ 1.512,00.

208459 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Assinale a opção que não se enquadra nas evidenciações a serem proporcionadas pelo Sistema de Contabilidade Federal.

  • a)
    A receita e a despesa pública e seu comprometimento em relação ao resultado primário do governo federal.
  • b)
    A renúncia de receitas de órgãos e entidades federais.
  • c)
    Os recursos do orçamento vigente, as receitas previstas e arrecadadas, bem como a despesa empenhada, liquidada e paga.
  • d)
    O custo dos programas e das unidades da Administração Pública Federal.
  • e)
    A aplicação dos recursos da União por unidade da federação beneficiada.

208460 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Segundo a Resolução n. 1.121/2008, do Conselho Federal de Contabilidade – CFC, a despesa pode ser definida como

  • a)
    decréscimos nos benefícios econômicos durante o período contábil sob a forma de saída de recursos ou redução de ativos ou incremento do passivo que acarretam redução do patrimônio líquido e não seja decorrente de distribuição aos proprietários.
  • b)
    dispêndios das entidades públicas durante o exercício contábil sob a forma de saída de recursos ou redução de ativos ou aumento de passivos não decorrentes de transações ou distribuição aos proprietários.
  • c)
    decréscimos dos benefícios econômicos e do ativo ou aumentos do passivo decorrentes dos dispêndios para o desenvolvimento das políticas públicas.
  • d)
    gastos autorizados no Orçamento Geral da União e consignados à entidade em determinado exercício contábil e que reduzem o ativo ou aumentam o passivo.
  • e)
    gastos de uma entidade pública em determinado período para a consecução de seus objetivos acarretando a redução do ativo ou aumento do passivo sem a interveniência dos proprietários.

208461 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Assinale a opção que indica uma das razões do desequilíbrio da previsão da receita e fixação da despesa eventualmente verificada no balanço orçamentário.

  • a)
    A abertura de créditos suplementares por excesso de arrecadação no exercício fi nanceiro.
  • b)
    A utilização do superávit financeiro apurado no balanço patrimonial para a abertura de créditos adicionais.
  • c)
    A frustração de receitas correntes concomitantemente ao aumento das despesas ou ainda a abertura de créditos especiais no exercício fi nanceiro.
  • d)
    O contingenciamento orçamentário que atinge as receitas e despesas de capital.
  • e)
    O reconhecimento de despesas de exercícios anteriores e a sua respectiva liquidação.

208462 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

No processo de auditoria da empresa Distribui S.A., responsável pela compra de medicamentos para o Estado, foi identificado, pelo auditor público, que os medicamentos adquiridos na última licitação estavam acima do preço de medicamentos de mesma qualidade, comercializados por empresa fornecedora concorrente que foi desqualificada na licitação. Apurou–se que o processo de desqualificação não tinha procedência. Assim sendo, de forma primária, pode–se afi rmar que não foi cumprido o princípio da:

  • a)
    eficiência.
  • b)
    economicidade.
  • c)
    eficácia.
  • d)
    ilegitimidade.
  • e)
    tempestividade

208463 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Não é um fator que interfere no valor realizável líquido dos estoques

  • a)
    a obsolescência.
  • b)
    o abalroamento.
  • c)
    a queda permanente de preço de venda.
  • d)
    o perecimento.
  • e)
    a redução do custo fixo de energia.

208464 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Com base nas recentes alterações introduzidas na Lei das Sociedades por Ações, e tomando por base as contas componentes do patrimônio líquido, assinale a opção incorreta.

  • a)
    Não há mais a previsão da conta “Lucros ou Prejuízos Acumulados” como conta componente do Patrimônio Líquido, mas somente a conta de “Prejuízos Acumulados”.
  • b)
    A nova legislação societária vedou a todas as sociedades, independentemente de sua forma, apresentarem saldo de lucros sem destinação, não sendo mais permitido a elas apresentar nas suas demonstrações contábeis, a partir da data de 31/12/08, saldo positivo na conta de Lucros ou Prejuízos Acumulados.
  • c)
    A conta “Lucros ou Prejuízos Acumulados” porventura existente deve permanecer no Plano de Contas de todas as entidades, haja vista que o seu uso continuará sendo feito para receber o registro do resultado do exercício, bem com as suas várias formas de destinações.
  • d)
    A constituição de reservas e a distribuição de lucros ou dividendos são exemplos de destinações do lucro do exercício.
  • e)
    Outra inovação da legislação que alterou a Lei das Sociedades por Ações foi proibir o registro direto em contas de reservas do Patrimônio Líquido das subvenções para investimentos, inclusive mediante isenção ou redução de impostos, concedidas como estímulo à implantação ou expansão de empreendimentos econômicos, e das doações recebidas do Poder Público.

208465 ESAF (2013) - MF - Contador / Contabilidade Geral

Um título de valor nominal igual a R$ 15.000,00 foi descontado 6 meses antes do seu vencimento. O desconto pela antecipação do título foi de acordo com o sistema de desconto comercial simples a uma taxa de 10% ao trimestre. O valor ao qual o título foi descontado é igual a:

  • a)
    R$ 6.000,00.
  • b)
    R$ 13.000,00.
  • c)
    R$ 10.000,00.
  • d)
    R$ 9.000,00.
  • e)
    R$ 12.000,00.