47 resultados encontrados para . (0.012 segundos)

00083 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Direito Administrativo

Correlacione os termos da Coluna I com as definições da Coluna II.
Ao final, escolha a opção que contenha a sequência correta para a coluna II.

  • a)
    2 / 3 / 1
  • b)
    1 / 2 / 3
  • c)
    3 / 2 / 1
  • d)
    2 / 1 / 3
  • e)
    1 / 3 / 2

00084 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Direito Administrativo

O Ministério da Integração Nacional promoveu licitação na modalidade de concorrência a fim de por em execução a primeira etapa do projeto de Integração do Rio São Francisco.
O objeto da licitação consistia na construção de um aqueduto em concreto.
Em cláusula do edital do certame que disciplinava a comprovação de capacidade técnica pelos licitantes, exigia-se a comprovação de experiência na construção de aqueduto em concreto com 160 metros de extensão.
O diâmetro do aqueduto, as alturas dos pilares que o sustentam e demais detalhamentos da obra constavam do Anexo II do edital, denominado projeto básico e das fichas técnicas dos lotes de obras.
Determinado consórcio licitante logrou comprovar a capacidade técnica para a construção de aqueduto em concreto de 160 metros de extensão, porém não comprovou aptidão através de certidões e atestados de obras similares de complexidade tecnológica e operacional equivalente ou superior para a realização do objeto do certame tal como descrito no Anexo II do edital.
Em razão da inexistência da comprovação de capacidade técnica para a realização da obra a licitante, foi inabilitada pela comissão especial de licitação que conduzia o certame.
Tendo em mente o caso concreto acima narrado e as fontes do direito administrativo, analise as assertivas a seguir classificando-as como Verdadeiras(V) ou Falsas(F).
Ao final, assinale a opção que contenha a sequência correta.
( ) Não há qualquer previsão editalícia quanto ao diâmetro do aqueduto ou as alturas dos pilares que o sustentam, o que impede a comissão de licitação de inabilitar o licitante por suposto não atendimento de tais requisitos.
( ) A Administração feriu o disposto no art. 41 da Lei n. 8.666/93 (princípio da vinculação ao edital).
( ) O edital licitatório não pode ser analisado sem os anexos e, muito importante, sem o projeto básico que prevê expressa e detalhadamente as medidas da obra.
( ) As obras e serviços somente poderão ser licitados quando houver projeto básico, aprovado pela autoridade competente, disponível para exame dos interessados em participar do processo licitatório, cumpridas as demais exigências legais.
  • a)
    V, V, F, F
  • b)
    F, V, V, V
  • c)
    F, F, V, V
  • d)
    V, F, V, V
  • e)
    V, F, V, F

00300 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Direito Administrativo

Correlacione os bens constantes da Coluna I às nomenclaturas da Coluna II.
Ao final, assinale a sequência correta para a Coluna I.

  • a)
    2 / 3 / 2 / 2 / 1
  • b)
    2 / 3 / 2 / 2 / 3
  • c)
    2 / 2 / 1 / 1 / 3
  • d)
    3 / 2 / 1 / 1 / 2
  • e)
    2 / 3 / 1 / 1 / 3

08751 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Administração Financeira e...

Segundo a Constituição Federal, os orçamentos que têm entre suas funções a de reduzir as desigualdades regionais são:
  • a)
    Orçamento de investimentos e orçamento da seguridade social.
  • b)
    Orçamento monetário e orçamento de investimentos.
  • c)
    Orçamento das estatais e orçamento da seguridade social.
  • d)
    Orçamento monetário e orçamento da seguridade social.
  • e)
    Orçamento fiscal e orçamento de investimentos.

11412 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Engenharia Civil

Os materiais impermeabilizantes são utilizados para impedir a passagem de água ou demais fluidos, sejam na fase líquida ou gasosa. A escolha do material mais adequado dependerá das exigências e das condições específicas do local a ser impermeabilizado. De uma forma geral, pode-se dividir os sistemas de impermeabilização em rígidos e flexíveis. Assinale a opção que exemplifica uma impermeabilização rígida.
  • a)
    Manta de PVC.
  • b)
    Cristalizantes.
  • c)
    Membrana de polímero modificada com cimento.
  • d)
    Membrana asfáltica.
  • e)
    Cimento asfáltico de petróleo (CAP).
icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

11413 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Engenharia Civil

Deseja-se dosar experimentalmente um concreto com resistência característica, aos 28 dias de idade, de 20 MPa. Sabe-se que na obra o cimento será dosado em massa e a água e os agregados em volume, com correção de umidade e inchamento da areia. Nessas condições a resistência de dosagem que deve ser adotada (arredondada para uma casa decimal) é:
  • a)
    26,6 MPa.
  • b)
    31,6 MPa.
  • c)
    24,90 MPa.
  • d)
    29,1 MPa.
  • e)
    28,9 MPa.

11414 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Engenharia Civil

Com relação ao aço para concreto, é correto afirmar que:
  • a)
    as barras são produtos com diâmetro nominal de 6,3mm ou superior, obtidos exclusivamente por laminação a frio.
  • b)
    as barras de categoria CA-60 são obrigatoriamente providas de nervuras transversais oblíquas.
  • c)
    o aço CA-25 deve ter a superfície obrigatoriamente lisa, desprovidas de quaisquer tipos de nervuras ou entalhes.
  • d)
    para o cálculo da massa linear da barra ou do fio faz-se o produto da área da seção nominal, em m^2 , por 2400 kg/m^3 .
  • e)
    o comprimento das barras e fios retos deve ser de 10m, com tolerância de ± 1%.

11415 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Engenharia Civil

De acordo com a NBR 12655/2006, quando os concretos são preparados na obra, devem ser realizados ensaios de consistência sempre que ocorrerem alterações na umidade dos agregados. Quanto à realização do ensaio de consistência, é incorreto afirmar que:
  • a)
    cada vez que forem moldados corpos de prova, deve ser repetido o ensaio de consistência.
  • b)
    o ensaio consiste na medida do abatimento determinando pela diferença entre a altura do molde e a altura média do corpo de prova desmoldado, aproximando aos 5mm mais próximos.
  • c)
    na betoneira a amostra para o ensaio deve ser coletada após a retirada dos primeiros 15% e antes de completar a descarga dos 85% do volume total da betonada.
  • d)
    quando ocorre desmoronamento do cone, diz-se que ocorreu um abatimento por desagregação, caracterizando uma mistura magra.
  • e)
    a operação completa, desde o início de preenchimento do molde até sua retirada, deve ser realizada sem interrupções e completar-se em um intervalo de 15 minutos.
icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

11416 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Engenharia Civil

As principais literaturas nacionais especializadas e a norma NBR 7225/1993 da Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT) afirmam, em relação ao tema classificação de agregado, que:
  • a)
    a forma e a dimensão das partículas sólidas dos agregados não são parâmetros utilizados para se realizar a classificação destes materiais, que são amplamente empregados em serviços de pavimentação.
  • b)
    agregados naturais, utilizados em pavimentação, são aqueles obtidos através de processo industrializado e/ou por operações de fragmentação e britagem da matéria-prima.
  • c)
    agregado é definido como sendo materiais com propriedades adequadas, naturais ou obtidos por fragmentação artificial de pedra, de dimensão nominal máxima inferior a 100mm e de dimensão nominal mínima igual ou superior a 0,075mm; podendo ser classificados quanto a sua granulometria em agregado graúdo e miúdo.
  • d)
    agregado miúdo é aquele cuja dimensão nominal possui diâmetro de partículas entre 9,5mm a 0,075mm, sendo muito utilizados na produção de lama asfáltica.
  • e)
    agregado graúdo, obtido industrialmente através do processo de desmonte e britagem de uma rocha, é classificado como sendo natural.

11417 ESAF (2013) - DNIT - Técnico de Suporte em Infraestrutura de Transportes - Laboratório / Engenharia Civil

Em relação ao tema amostragem de agregados para pavimentação, o procedimento DNER – Pro 120/1997 do atual Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (DNIT) estabelece, em seu item 4, os procedimentos a serem adotados na coleta de amostras de agregados, bem como seus respectivos quantitativos, visando à realização de ensaios tecnológicos na área de pavimentação. Segundo este item, é correto afirmar que:
  • a)
    a amostra de agregado graúdo, coletada para a realização do ensaio de durabilidade à ação de sulfato de sódio (DNER – 089/1994), deverá ter massa mínima de 1 Kg.
  • b)
    a amostra de agregado miúdo, coletada para a realização de dosagem experimental de misturas betuminosas, deverá ter massa máxima de 5 Kg.
  • c)
    a amostra de agregado miúdo, coletada dentro da caçamba de veículo, deverá ser submetida a um processo de umedecimento, procedimento este que visa evitar a segregação da amostra durante o seu transporte para o laboratório.
  • d)
    as amostras de agregados espalhadas na pista deverão ser coletadas após serem submetidas a qualquer operação de mistura, compressão e ajuste, procedimento este que permitirá caracterizar com maior fidelidade as condições reais de campo.
  • e)
    as amostras de agregados, obtidas em pilhas de estocagem, deverão ser coletadas em pontos distintos, dispostos alternadamente, desde a crista até a base da pilha e em todos os lados dela, perfazendo um volume total de 400 litros.