30 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

49192 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

A taxa de ocupação do eletroduto, dada pelo quociente entre a soma das áreas das seções transversais dos condutores previstos, calculadas com base no diâmetro externo, e a área útil da seção transversal do eletroduto, não deve ser superior a



I. 52% no caso de um condutor.

II. 31% no caso de dois condutores.

III. 45% no caso de três ou mais condutores.

IV. 33% no caso de dois condutores.

V. 40% no caso de três ou mais condutores.

Estão CORRETAS as afirmações presentes nas alternativas

  • a)

    II e IV, apenas.

  • b)

    I e III, apenas.

  • c)

    III e IV, apenas.

  • d)

    I e II, apenas.

  • e)

    II e V, apenas.

49421 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Analise os procedimentos listados a seguir, os quais referem-se à reenergização da instalação,

segundo a NR-10

I. Retirada da zona controlada de todos os trabalhadores envolvidos no processo de

reenergização;

II. Remoção da sinalização de impedimento de reenergização;

III. Destravamento, se houver, e religação dos dispositivos seccionamento.

IV. Retirada das ferramentas, utensílios e equipamentos;

V. Remoção do aterramento temporário, da equipotencialização e das proteções adicionais.

Assinale a alternativa que contêm a sequência CORRETA destes procedimentos.

  • a)

    II, I, V, IV e III.

  • b)

    IV, I, V, II e III.

  • c)

    IV, II, V, I e III.

  • d)

    I, II, III, IV e V.

  • e)

    II, III, I, V e IV.

icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

50693 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Em uma subestação, o transformador é o principal e mais caro componente. De acordo com a

NBR 5440, todo transformador possui uma placa de identificação com suas características.

Entre as alternativas abaixo, apenas uma NÃO é um dado de placa de transformador, assinale a

alternativa que a identifica.

  • a)

    Diagrama Fasorial.

  • b)

    Espaço reservado para eventuais marcações do cliente.

  • c)

    Impedância de curto-circuito, em porcentagem.

  • d)

    Tensão de fase nominal de alta tensão.

  • e)

    Massa total do transformador, em quilogramas.

50694 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Os medidores destinados a consumidores livres devem obedecer certas características. Qual das

características abaixo não se aplica a medidores destinados a esse tipo de consumidor?

  • a)

    Os cabos utilizados devem ser multicondutores com blindagem de cobre, e os condutores não utilizados devem ser aterrados juntamente com a blindagem, próximos ao painel ou quadro de medição.

  • b)

    O sistema de comunicação, aquisição de dados e sincronismo deve possibilitar a leitura contínua dos registros de memória de massa dos medidores em tempo integral.

  • c)

    Os condutores que interligam os transformadores (TPs e TCs) aos medidores devem ser especificados de modo que a carga total imposta aos secundários dos transformadores não seja superior às cargas padronizadas desses equipamentos.

  • d)

    Devem atender a todos os requisitos metrológicos pertinentes à classe 0,3 prescritos na norma ABNT NBR 14519 ou à classe 0,3S da norma IEC-60687 e suas revisões, para todos os sentidos de fluxo de energia, além de possuírem parâmetros relacionáveis à qualidade dessa energia, conforme especificações da Distribuidora.

  • e)

    São formados por três elementos, quatro fios, compatíveis com a frequência nominal do sistema, corrente nominal de acordo com o secundário do TC, tensão nominal de acordo com o secundário do TP, devem possuir certificados de calibração que garantam mesmo desempenho em ensaio monofásico ou trifásico.

50695 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Um determinado consumidor de energia elétrica instalou no secundário do seu transformador

um analisador de qualidade de energia durante um ciclo de medição. Foi levantado o espectro

harmônico da fundamental ao 51º harmônico. Com esse espectro notou-se uma forte presença

de componentes homopolares. Com base nestes dados pode-se concluir que

  • a)

    não existe componente do 27º harmônico.

  • b)

    há indícios de forte presença da componente de quinto harmônico.

  • c)

    circula uma elevada corrente no neutro do transformador.

  • d)

    há predominância de corrente de sequência positiva na instalação.

  • e)

    há predominância de corrente de sequência negativa na instalação.

51389 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Mostrar/Esconder texto associado

Considere um circuito que alimenta uma carga trifásica de 75 kW-380V, com condutores

isolados em eletroduto de seção circular embutido em parede termicamente isolante. Qual deve

ser o condutor desse circuito dimensionado pelo critério de capacidade de condução de

corrente?

Tome como temperatura ambiente:38ºC, e considere √3 = 1,73.

  • a)

    95 mm2.

  • b)

    70 mm2.

  • c)

    50 mm2.

  • d)

    35 mm2.

  • e)

    25 mm2.

54263 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Segundo a norma CELPE, nas subestações simplificadas o dimensionamento dos medidores e

transformadores de corrente deve ser feito a partir da potência dos transformadores dos

modelos padronizados. Analise as afirmações abaixo para trafos com secundários em

380/220V.

I. Trafo de 45 kVA – medição direta sem o uso de TC's.

II. Trafo de 75 kVA – medição direta sem o uso de TC's.

III. Trafo de 112,5 kVA – medição indireta com TC's de 200/5ª.

IV. Trafo de 150 kVA – medição indireta com o uso de TC's de 200/5ª.

V. Trafo de 225 kVA – medição indireta com o uso de TC's de 300/5ª.

Estão CORRETAS as afirmações presentes nas alternativas

  • a)

    I, II, III e V, apenas.

  • b)

    I, II, III e IV, apenas.

  • c)

    I, III e IV, apenas.

  • d)

    II, III e IV, apenas.

  • e)

    II, III e V, apenas.

55009 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

Os cabos de par trançados utilizados devem possuir desempenho conforme definido na ABNT

NBR 14565. Para o cabeamento de par trançado balanceado, blindado ou não, categoria 6A, é

definido o seguinte desempenho para seus componentes (cabos e conectores):

  • a)

    banda passante de até 16 MHz.

  • b)

    banda passante de até 600 MHz.

  • c)

    banda passante de até 250 MHz.

  • d)

    banda passante de até 500 MHz.

  • e)

    banda passante de até 100 MHz.

55201 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

A respeito da ameaça de descarga atmosférica na NBR 5419, a ZPR2 é definida como

  • a)

    zona protegida contra queda direta, mas onde a ameaça é o campo eletromagnético total da descarga atmosférica. Os sistemas internos podem estar sujeitos à corrente parcial da descarga atmosférica.

  • b)

    zona onde a ameaça é devido à queda direta e ao campo eletromagnético total da descarga atmosférica. Os sistemas internos podem estar sujeitos à corrente total ou parcial da descarga atmosférica.

  • c)

    zona onde a corrente de surto pode ser ainda mais limitada por uma divisão da corrente da descarga atmosférica e pela aplicação de interfaces isolantes e/ou de DPS adicionais na fronteira. Uma blindagem espacial adicional pode ser usada para atenuar ainda mais o campo eletromagnético da descarga atmosférica.

  • d)

    zona onde a corrente de surto é limitada por uma divisão da corrente da descarga atmosférica e pela aplicação de interfaces isolantes e/ou DPS na fronteira. Uma blindagem espacial pode atenuar o campo eletromagnético da descarga atmosférica.

  • e)

    zona protegida contra queda direta onde a corrente de surto pode ser ainda mais limitada por uma divisão da corrente da descarga atmosférica e pela aplicação de interfaces isolantes e/ou de DPS adicionais na fronteira. Uma blindagem espacial adicional pode ser usada para dividir o campo eletromagnético da descarga atmosférica.

55202 CVEST (2017) - IFPE - Engenheiro Elétrico / Engenharia Elétrica

O fator de potência de referência “fR", indutivo ou capacitivo, tem como limite mínimo

permitido, para as unidades consumidoras do grupo A, o valor de 0,92. Caso o fator de potência

medido seja inferior ao “fR", será cobrado o excedente de energia reativa como tarifas de

fornecimento de energia ativa. Porém, a unidade consumidora que não possua equipamento

que possibilite a medição por posto horário, tem seu fator de potência calculado por avaliação

mensal (fator de potência médio). Portanto, se uma determinada unidade consumidora, que tem

seu fator de potência calculado pela média, tem os consumos ativo e reativo medidos dentro de

um ciclo de faturamento iguais a 85.800 kWh e 64.350 kvarh respectivamente. Qual das

alternativas abaixo representa a energia reativa excedente?

  • a)

    18.892 kWh.

  • b)

    21.350 kWh.

  • c)

    34.220 kWh.

  • d)

    27.785 kWh.

  • e)

    12.870 kWh.