30 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

50704 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Com relação à NOBRADE, assinale V para a alternativa Verdadeira e F para a Falsa. ( ) A Nobrade é a tradução das normas ISAD (G ) e ISAAR (CPF );

( ) Embora voltada preferencialmente para a descrição de documentos em fase permanente, pode também ser aplicada à descrição nas fases corrente e intermediária;

( ) Esta norma estabelece diretivas para a descrição no Brasil de documentos arquivísticos,

porém, não é compatível com as normas internacionais em vigor ISAD(G ) e ISAAR(CPF );

( ) A Nobrade prevê a existência de oito áreas, compreendendo 26 elementos de descrição;

( ) A Nobrade é preferencialmente usada para a descrição de documentos no suporte papel.

  • a)
    F-V-F-F-F
  • b)
    F- V-V-F-F
  • c)
    V-V-F-V-F
  • d)
    V-F-V-F-V
  • e)
    F-F-F-V-V

50705 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Com relação ao método de desinfestação por anóxia, é CORRETO afirmar:

  • a)
    É um tratamento que consiste em uma alteração brusca da temperatura com a introdução do objeto em um freezer com a temperatura a -20ºC.
  • b)
    É um tratamento combinado com nitrogênio e congelamento. Deve ser utilizado quando a infestação for bastante intensa.
  • c)
    É um tratamento, especialmente desenvolvido, para eliminação de traças. Consiste no uso de um gás, não tóxico, que pode ser lançado no acervo a cada seis meses.
  • d)
    É um tratamento atóxico, que consiste na retirada do oxigênio, resultando na morte, por desidratação e asfixia dos microorganismos e insetos.
  • e)
    É um tratamento que consiste no uso de pentaclorofenol, tetracloreto de carbono, paradiclorobenzeno e nitrogênio. Causa morte instantânea da colônia de microorganismos e insetos.

50706 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Podemos afirmar que o objetivo da descrição arquivística é

  • a)
    analisar os documentos desde a fase corrente e utilizar instrumentos que controlem a passagem para as fases posteriores.
  • b)
    identificar e explicar o contexto e o conteúdo de documentos de arquivo, com a finalidade de promover o acesso aos mesmos.
  • c)
    compor instrumentos que orientem quanto ao tempo de manutenção dos documentos no arquivo permanente.
  • d)
    coletar informações necessárias à definição de políticas de preservação e conservação de documentos históricos.
  • e)
    elaborar instrumentos que descrevam o trâmite dos documentos dentro da instituição e sua destinação final.

50707 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Acerca das linguagens documentárias, utilizadas na organização da informação arquivística, é INCORRETO afirmar que:

  • a)
    São conjuntos controlados de termos que proporcionam uma representação padronizada do conteúdo informacional.
  • b)
    Têm por objetivo promover a comunicação entre usuário e conteúdo dos documentos.
  • c)
    São instrumentos de avaliação e classificação dos documentos nas fases do arquivo.
  • d)
    Permitem a transformação das informações dos textos em linguagem natural para uma linguagem controlada.
  • e)
    Auxiliam no processo de indexação, descrição, classificação e recuperação de documentos.

50708 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

De acordo com os princípios da descrição de documentos de arquivo, considerando a área de identificação, o elemento que se refere ao registro do local de produção de um documento, diz respeito à:

  • a)
    Data tópica
  • b)
    Procedência
  • c)
    História arquivística
  • d)
    Data crônica
  • e)
    Data-assunto

50709 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Relatório de Atividades, Ata, Minuta e Papel são respectivamente:

  • a)
    Gênero, Forma, Espécie e Formato.
  • b)
    Tipo documental, Espécie, Formato e Suporte.
  • c)
    Tipo documental, Espécie, Forma e Suporte.
  • d)
    Espécie, Tipo documental, Forma e Suporte.
  • e)
    Espécie, Gênero, Tipo documental e Formato.

53735 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Na identificação diplomática do documento deve-se estabelecer e/ou reconhecer, sequencialmente:

  • a)
    Autenticidade, datação, proveniência, transmissão documental e fixação do texto.
  • b)
    Proveniência, conteúdo, datação, autenticidade e estrutura do texto.
  • c)
    Proveniência, datação, conteúdo, validade jurídica e estrutura formal do texto.
  • d)
    Conteúdo, datação, validade jurídica, autenticidade e fixação do texto.
  • e)
    Proveniência, Autenticidade, datação e elementos extrínsecos/intrínsecos.

53827 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Ao considerar o percurso epistemológico da Arquivologia como campo científico, as ações que constituíram as atividades desenvolvidas no paradigma custodial, patrimonialista e tecnicista, tinham como características:

I. A sobrevalorização da guarda, conservação e restauro do suporte, como função basilar da atividade profissional dos arquivistas.

II. A prioridade máxima dada ao acesso à informação por todos, em condições bem definidas e transparentes, uma vez que só o acesso público justifica e legitima a custódia e a preservação dos documentos.

III. Alteração do quadro teórico-funcional da atividade disciplinar e profissional por uma postura diferente, sintonizada com o universo dinâmico das Ciências Sociais empenhada na compreensão dos fenômenos sociais e culturais que envolvem a produção de documentos.

IV. A importância crescente do acesso ao conteúdo, através de instrumentos de pesquisa (guias, inventários, catálogos e índices) e do aprofundamento dos modelos de classificação e indexação de documentos

V. A eficiência e eficácia administrativa, pelo uso da informação de alta qualidade como instrumento de apoio à tomada de decisões na instituição.

Está INCORRETO o que se afirma em:

  • a)
    I e V, apenas.
  • b)
    II e IV, apenas.
  • c)
    I, II e IV apenas.
  • d)
    II, III e V, apenas.
  • e)
    II e III, apenas.

53828 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Acerca da Tabela de Temporalidade, analise as proposições a seguir.

I. A tabela de temporalidade é um instrumento arquivístico resultante de classificação, que tem por objetivos definir prazos de guarda e destinação de documentos, com vista a garantir o acesso à informação a quantos dela necessitem.

II. A metodologia de elaboração da tabela de temporalidade fundamenta-se nas funções e atividades desempenhadas pelos órgãos públicos, tomando-se por base o conteúdo da informação contida nos documentos.

III. Os órgãos, ao adotar a tabela, devem designar uma Comissão Provisória de Avaliação que terá a responsabilidade de proceder às adaptações, orientar sua aplicação, orientar o processo de seleção dos documentos e proceder à revisão periódica no que se refere aos documentos relativos às atividades-meio.

Está CORRETO o que se afirma em

  • a)
    I, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    III, apenas.
  • d)
    I e II, apenas.
  • e)
    II e III, apenas.

53829 CVEST (2017) - IFPE - Arquivista / Arquivologia

Com relação à gestão de documentos, assinale a afirmativa CORRETA.

  • a)
    A gestão de documentos visa à reprodução dos documentos em cópias para garantia de preservação de conteúdo em casos inesperados.
  • b)
    O principal objetivo da gestão de documentos é a eliminação de documentos de valor secundário.
  • c)
    A classificação pode ser considerada a espinha dorsal da gestão de documentos, que consiste em estabelecer um modelo hierárquico, por assunto, nos documentos secundários.
  • d)
    A avaliação de documentos de arquivo é uma etapa decisiva no processo de implantação de políticas de gestão de documentos, pois possibilita a eliminação criteriosa de documentos.
  • e)
    A gestão de documentos possibilita a descrição dos acervos documentais.