Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 30 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 30 questões gratuitas para resolução." />
30 resultados encontrados para . (0.015 segundos)

49280 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

A construção de espaços que tragam condições de conforto ao homem em sua vida cotidiana,

num ambiente fechado, é um assunto que cabe à Arquitetura encontrar as melhores soluções

para minimizarem as diferenças de sensações térmicas existentes nestes locais. No nordeste

brasileiro, o calor e luz intensos são fatores que se evidenciam no ambiente tropical. Analise as

proposições a seguir.

I. Pés direitos baixos e paredes compactas prejudicam o isolamento térmico do ambiente.

II. Pés direitos altos e paredes vazadas não favorecem a circulação de ar no ambiente interno.

III. Elementos vazados e paredes recuadas amenizam a temperatura do local.

IV. Áreas sombreadas com uso de varandas criam agradáveis espaços de permanência.

V. Pinturas em cores escuras, em ambientes externos, absorvem menos calor.

Assim, num projeto arquitetônico, para uma realidade nordestina, devem ser considerados os

seguintes fatores:

  • a)

    I, II, III, IV e V.

  • b)

    II, III e IV, apenas

  • c)

    I, II e III, apenas

  • d)

    II e IV, apenas

  • e)

    I, III e IV, apenas.

49433 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

O Desenho Universal tem sido decisivo na conquista de uma Arquitetura inclusiva. Com a Lei

brasileira Nº 13.146/15, que dispõe sobre a inclusão da Pessoa com Deficiência (Estatuto da

Pessoa com Deficiência), o planejamento arquitetônico tem sido mudado e vem incorporando

novas ideias com base nas normas no desenho universal. A NBR 9050/15 define aspectos

relacionados às condições de acessibilidade no meio urbano. Analise as afirmativas a seguir e

assinale a resposta CORRETA.

  • a)

    É opcional o uso de proteções laterais ao longo de rotas acessíveis.

  • b)

    As áreas técnicas de serviço ou de acesso restrito, como casas de máquinas, barriletes, passagem de uso técnico etc., necessitam ser acessíveis.

  • c)

    Considera-se o módulo de referência a projeção de 0,80 m por 1,20 m no piso, ocupada por uma pessoa utilizando cadeira de rodas motorizadas ou não.

  • d)

    Quando rotas acessíveis, rampas, terraços, caminhos elevados ou plataformas sem vedações laterais forem delimitados em um ou ambos os lados por superfície que se incline para baixo com desnível, que seja superior a 0,60 m, pode ser prevista a instalação de proteção lateral com, no mínimo, as características de guarda-corpo.

  • e)

    Mobiliários com altura entre 0,60 m e 2,10 m do piso podem representar riscos para pessoas com deficiências visuais, caso tenham saliências com menos de 0,10 m de profundidade.

49665 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

De acordo com a norma ISO 7730, sobre o conforto térmico:

I. O calor produzido no corpo é determinado pelo nível de atividade da pessoa, sendo

variável com a idade e sexo.

II. Este calor é trocado com o ambiente exterior por condução, convecção, radiação e

vaporação.

III. A convecção não depende da temperatura do ar exterior.

IV. A radiação depende da temperatura média radiante.

V. A evaporação depende da umidade do ar e de sua velocidade.

Assinale a alternativa CORRETA.

  • a)

    Apenas II, III e IV estão certas.

  • b)

    Apenas I, II, IV e V estão certas.

  • c)

    Apenas III, IV e V estão certas.

  • d)

    Apenas I, II e III estão certas.

  • e)

    Todas estão certas.

50702 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

Associe a segunda coluna com a primeira, considerando o que é pertinente e adequado na

prática do desenvolvimento das etapas de estudo de projetos de arquitetura, ainda recomendada

nas salas de aula e ainda praticada por muitos profissionais mesmo que estes também usem os

recursos de desenho digitalizados



A sequência CORRETA, de cima para baixo, é

  • a)
    2-3-4-1-5.
  • b)
    1-2-5-4-3.
  • c)
    4-5-2-1-3.
  • d)
    3-4-1-5-2.
  • e)
    4-5-1-3-2.

50703 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

Em um ambiente qualquer de pequenas dimensões, como o de um quarto ou de uma sala de escritório, no qual vai ser instalado um aparelho de ar-condicionado, este, para melhor rendimento e distribuição confortável da refrigeração, deve ser projetado e instalado

  • a)
    no canto superior lateral da parede externa do edifício.
  • b)
    na parte superior central da parede externa do edifício.
  • c)
    na parede que separa o ambiente da circulação comum.
  • d)
    na parte inferior da parede externa sob a janela.
  • e)
    na parede divisória entre os ambientes existentes no edifício.

53733 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

A topografia é um recurso “base” de qualquer projeto ou qualquer obra realizada por engenheiros ou arquitetos. Segundo Domingues (1979), “obras viárias, núcleos habitacionais, edifícios, aeroportos, hidrografia, usinas hidrelétricas, telecomunicações, sistemas de água e esgoto, planejamento, urbanismo, paisagismo, irrigação, drenagem, cultura, reflorestamento” se desenvolvem em função do terreno sobre o qual se assentam. Considerando, agora, um assentamento de unidades habitacionais em terreno com declividade acentuada, quais medidas seriam mais indicadas para viabilizar um traçado viário adequado e otimizar a locação de habitações e equipamentos de uso comum de forma mais econômica?

  • a)
    Trabalhos de terraplanagem geral, compensando a porção de terreno mais baixa com o movimento de terras da porção de terreno mais alta.
  • b)
    Cortes sistemáticos no terreno no sentido perpendicular às curvas de nível, com movimentos de terra para compensar declividades, buscando o nivelamento das bases de assentamento das obras.
  • c)
    O traçado para aberturas de vias, acompanhando as curvas de nível lançadas pelos estudos planimétricos e altimétricos e o terraceamento intercalado de terreno, formando bases para o assentamento das construções.
  • d)
    A previsão simplificada de aterramento das partes mais baixas do terreno, buscando facilitar a obtenção de platôs nos quais seja viável implantar as habitações e os equipamentos.
  • e)
    A criação de muros de arrimo para sustentação dos pontos de terreno em declive afetados pelos cortes de terreno transversal às curvas de nível.

53734 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

Na fase de estudos de um projeto arquitetônico, a previsão de passagem de dutos de arcondicionado deve, preferencialmente, ser compatibilizada com os estudos da estrutura do edifício em questão, para evitar

  • a)
    o acesso para manutenção dos equipamentos de refrigeração.
  • b)
    a passagem de dutos entre forros e lajes de pisos dos pavimentos.
  • c)
    a colocação de unidades condensadoras no exterior dos pavimentos.
  • d)
    a furação de vigas durante a obra para passagem de dutos.
  • e)
    a alteração da potência dos equipamentos.

53736 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

Não será computado, no coeficiente de utilização de cada zona, o índice resultante da área destinada às vagas de estacionamento de veículos, desde que se atenda aos seguintes critérios: I. Na hipótese de a área resultante do índice acrescido não ser totalmente utilizada para o estacionamento, a área remanescente não poderá ser destinada ao uso condominial.

II As vagas deverão ser numeradas e atender às dimensões mínimas constantes na tabela do inciso III, do artigo 76, da LUOS, sendo permitidas vagas duplas enfileiradas desde que vinculadas a uma mesma unidade.

III. O sistema de circulação adotado deverá ser dimensionado de forma a permitir as manobras necessárias, garantindo o acesso à vaga.

IV. Será estimada uma área de 25m2 (vinte e cinco metros quadrados), destinada à guarda do veículo, circulação e manobra.

V. No caso de imóveis reformados ou com mudança de uso sem reforma, cuja área resultante seja menor ou igual a 60m2 (sessenta metros quadrados), não será mantido o número de vagas existentes antes da reforma ou da mudança do uso sem reforma.

Assinale a alternativa que contem apenas os itens CORRETOS.

  • a)
    II e V.
  • b)
    I, II e III.
  • c)
    I, III e V.
  • d)
    II, III e IV.
  • e)
    III, IV e V

53737 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

Para aprovação de projetos de legalização, analise os itens abaixo. I. No ato de expedição do Alvará de construção, permanecerá arquivado, na Regional, um jogo completo do projeto aprovado e licenciado pelo Setor de Análise de Processos, contendo os carimbos comprobatórios das aprovações em todos os órgãos necessários.

II. Deve-se anexar comprovante de propriedade do imóvel.

III. A Tramitação dos processos poderá ser iniciada antes da apropriação do pagamento da taxa pelo sistema de arrecadação da SEFIN (Secretaria de Finanças) ou da apresentação na Gerência Regional pertinente, do DAM (Documento de Arrecadação Municipal) pago.

IV. O número da Inscrição Imobiliária atualizada do imóvel deve ser apresentado.

V. Nem todos os documentos necessitam ser apresentados em cópias autenticadas ou acompanhadas dos originais.

Assinale a alternativa que contém os itens CORRETOS.

  • a)
    apenas III,IV e V.
  • b)
    apenas I, III e IV.
  • c)
    apenas I, II e IV
  • d)
    apenas II, III e IV.
  • e)
    apenas I, III e V.

53738 CVEST (2017) - IFPE - Arquiteto e Urbanista / Arquitetura

A sinalização tátil e visual de alerta em pisos prevista na Norma Brasileira de Acessibilidade a edificações, mobiliário, espaços e equipamentos urbanos deve ser utilizada para I. informar à pessoa com deficiência visual sobre a existência de desníveis ou situações de risco permanente, como objetos suspensos não detectáveis pela bengala longa.

II. orientar o posicionamento adequado da pessoa com deficiência visual para o uso de equipamentos como elevadores, equipamentos de autoatendimento ou serviços.

III. informar as mudanças de direção ou opções de percursos.

IV. indicar o início e o término de degraus, escadas e rampas.

V. indicar a existência de patamares nas escadas e rampas bem como as travessias de pedestres.

Está(ão) CORRETA(S ) a(s ) afirmativa(s )

  • a)
    I e II, apenas.
  • b)
    I, II, III, IV e V.
  • c)
    II, IV e V, apenas.
  • d)
    III e V, apenas.
  • e)
    I, III e V, apenas.