27 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

209443 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Com relação aos registros oclusais e montagem de modelos em articuladores semi-ajustáveis (ASA), é INCORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) Quando se vai trabalhar em MIH não se faz necessário o uso do arco facial para a montagem do modelo superior.
  • b)
    ( ) Na confecção de próteses fixas ou elementos unitários e na presença de estabilidade oclusal, opta-se pela manutenção da MIH do paciente para o registro e consequente confecção de trabalho protético.
  • c)
    ( ) Quando se opta pela realização do trabalho protético em MIH, não existe a necessidade de se fazer o registro de mordida, basta se relacionar diretamente um modelo contra o outro após a remoção de eventuais bolhas existentes nas superfícies oclusais.
  • d)
    ( ) Após a confecção de uma prótese em MIH, deve-se verificar durante o ajuste em boca se não foram introduzidos contatos prematuros em relação cêntrica, para que estes possam ser eliminados.

209444 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Em relação aos contatos oclusais prematuros, marque a alternativa INCORRETA:

  • a)
    ( ) Contatos prematuros podem surgir de causas disfuncionais como patologias musculares e da ATM.
  • b)
    ( ) A grande maioria da população que não apresenta sinal ou sintoma de trauma oclusal, apresenta contatos prematuros na posição de relação cêntrica.
  • c)
    ( ) Os ajustes oclusais por desgaste seletivo são contraindicados como tratamento oclusal profilático.
  • d)
    ( ) A presença de contatos oclusais prematuros pode levar a alterações ósseas e dentárias, mas não levam a alterações pulpares.

209445 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Marque a alternativa CORRETA:

  • a)
    ( ) A localização do parafuso não é fator relevante quando se pensa em afrouxamento dos parafusos dos abutments.
  • b)
    ( ) O afrouxamento dos parafusos dos abutments são mais comuns nas próteses múltiplas devido à falta de passividade das mesmas do que em próteses unitárias.
  • c)
    ( ) A mobilidade dos dentes adjacentes aos implantes não interfere no aumento do índice de afrouxamento dos parafusos dos abutments.
  • d)
    ( ) O afrouxamento do abutment aparafusado pode ser esperado em pacientes com bruxismo, carga oclusal excessiva e com aumento da altura das coroas protéticas.

209446 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Das alternativas abaixo descritas qual NÃO é considerada uma vantagem das próteses totais imediatas convencionais?

  • a)
    ( ) Permite o espraiamento lingual e impede o colapso labial e o afundamento das bochechas.
  • b)
    ( ) Impede a perda imediata da DVO e minimiza as alterações na ATM.
  • c)
    ( ) Permite aos músculos afetados seguirem funcionando em suas posições normais e reduz a maioria dos transtornos e reajustes fonéticos com a perda dos dentes.
  • d)
    ( ) Facilita a mastigação, reduzindo os reajustes dietéticos e digestivos.

214593 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Odontologia

Acerca de uma oclusão ideal em próteses totais, é CORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) A relação cúspide/fossa dos dentes artificiais não é fator determinante para prevenir traumatismo da base da prótese sobre a mucosa que reveste o rebordo ósseo remanescente.
  • b)
    ( ) Dentes com maior inclinação das cúspides apresentam melhora na eficiência mastigatória, mas tendem a instabilizar a prótese inferior devido ao fato de aumentar a possibilidade de gerar forças oblíquas.
  • c)
    ( ) A estética das próteses totais é fator determinante para escolha das inclinações das cúspides dos dentes artificiais.
  • d)
    ( ) Os dentes inferiores podem ser montados em uma curvatura mais lingualizada em relação à curvatura do rebordo remanescente.

218181 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Em relação aos núcleos metálicos fundidos, é INCORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) Quando não houver estrutura coronária suficiente, uma pequena caixa de cerca de 2mm de profundidade deve ser preparada no interior da raiz, visando direcionar as forças predominantimente no sentido vertical.
  • b)
    ( ) O pino intrarradicular deve ter o comprimento equivalente a 2/3 do suporte ósseo da raiz envolvida.
  • c)
    ( ) Para aumentar a retenção dos núcleos metálicos fundidos, pode-se criar irregularidades ou rugozidades em sua superfície antes da cimentação, usando brocas ou jato com óxido de alumínio.
  • d)
    ( ) Dentes como os pré-molares superiores, que podem apresentar divergências das raízes, devem ter seu conduto mais volumoso preparado na extenção convencional e o outro preparado apenas parcialmente.

218182 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Em relação ao carregamento ósseo progressivo dos implantes osseointegrados, é INCORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) Após a exposição dos implantes (cirurgia de segundo estágio) o paciente é orientado a ter uma dieta macia, porém desde a instalação inicial da prótese provisória até a instalação da prótese definitiva, a dieta já poderá estar normalizada.
  • b)
    ( ) Próteses que englobam toda a arcada com posições, tamanhos e número de implantes adequados, raramente requerem carregamento progressivo.
  • c)
    ( ) Quanto mais macio o osso, mais progressivamente deve ser feito o seu carregamento.
  • d)
    ( ) A restauração provisória acrílica em pacientes parcialmente edêntulos, inicialmente não deverão possuir nenhum contato oclusal.

218183 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Em relação aos gessos pedra, é INCORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) Além dos gessos tipo IV, os gessos tipo V também podem ser utilizados para confeccionar troqueis.
  • b)
    ( ) A expansão de presa de troqueis de gesso tipo IV pode ser reduzida se adicionarmos o bórax (retardador de presa) à água.
  • c)
    ( ) Os gessos tipo IV têm uma expansão maior que os tipos V e tal propriedade pode ser útil para compensar a contração de solidificação de ligas de metais básicos.
  • d)
    ( ) O gesso tipo III é destinado à confecção de modelos sobre os quais serão construídas próteses totais que se adaptam aos tecidos moles da boca.

218184 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

A respeito do estresse das forças oclusais atuando sobre os implantes, é INCORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) O aumento do comprimento do implante é pouco significante para a diminuição do estresse que ocorre na região da crista do rebordo durante o carregamento oclusal.
  • b)
    ( ) O formato do implante não apresenta significância na diminuição do risco de estresse na interface osso-implante.
  • c)
    ( ) O número de pônticos deve ser reduzido sempre que as forças oclusais são aumentadas.
  • d)
    ( ) Um bruxomano possui maior risco de perda óssea na crista e fraturas por fadiga dos implantes, devido a magnitude das forças aumentarem com o tempo.

218185 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Prótese Dental / Não classificada

Qual das situações abaixo NÃO pode ser considerada indicação da cimentação provisória das próteses parciais fixas após sua finalização?

  • a)
    ( ) Permite avaliação dos tecidos periodontais principalmente no que se refere à pressão no epitélio sulcular devido ao sobrecontorno ou desrespeito ao perfil de emergência das coroas.
  • b)
    ( ) Permite análise do grau de higienização da prótese no que tange à abertura das ameias e forma dos pônticos.
  • c)
    ( ) Propicia o assentamento definitivo da peça, pela acomodação permitida pela resiliência da liga metálica.
  • d)
    ( ) Propicia a avaliação efetiva da função mastigatória, oclusão e desoclusão, já que grande parte dos ajustes são realizados em ASA e estes não reproduzem os movimentos do ciclo mastigatório do paciente, o que nem o ajuste na boca é capaz de prover.