23 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

210046 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

A artéria Carótida Interna é cruzada anteriormente por diversas estruturas. Marque a estrutura que NÃO cruza anteriormente a artéria carótida interna:

  • a)
    ( ) Nervo Glossofaríngeo.
  • b)
    ( ) Nervo Hipoglosso.
  • c)
    ( ) Nervo Frênico.
  • d)
    ( ) Artéria Occipital.

210047 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

O termo trombofilia refere-se a pré-disposição aumentada para ocorrência de fenômenos tromboembólicos. Sobre a síndrome do anticorpo antifosfolípede (SAF) e tromboembolismo venoso (TEV), marque a alternativa INCORRETA:

  • a)
    ( ) O primeiro episódio de TEV associado a SAF é tratado por heparinização sistêmica por 5 dias pelo menos e anticoagulação oral por 12 meses.
  • b)
    ( ) A ocorrência de acidente vascular cerebral isquêmico em paciente com SAF é contraindicação para anticoagulação devido o risco de sangramento cerebral.
  • c)
    ( ) Na maioria dos casos de SAF em que se faz necessário o uso de anticoagulação oral o RNI pode ser mantido entre 2 e 3.
  • d)
    ( ) Pacientes com TVP e trombose arterial recorrente associado a SAF é tratado com anticoagulação oral perene e antiagregante plaquetário.

210048 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Com relação à doença arterial obstrutiva dos membros inferiores levando a isquemia crônica, alguns fatos e considerações estatísticas são importantes para a elaboração dos conceitos que norteiam a conduta terapêutica atual. Acerca deste tema, marque a alternativa CORRETA:

  • a)
    ( ) Cerca de 70% dos pacientes sintomáticos apresentam-se com claudicação intermitente; a dor de repouso acomete aproximadamente 20% e a gangrena 10%.
  • b)
    ( ) A claudicação intermitente atinge 18% da população de menos de 60 anos. Na faixa de 60-69 anos a incidência sobre para 37% e acima de 70 anos para 52%.
  • c)
    ( ) A presença da diabetes pouco acelera a progressão e a severidade da isquemia. Cerca de 3% dos diabéticos virão a apresentar isquemia de seus membros.
  • d)
    ( ) A isquemia agrava-se no claudicante, porém, preserva os outros segmentos arteriais, tanto proximais com distais à lesão inicial.

210049 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

A lesão de grandes veias constitui-se em grave problema durante a ressecção de um Aneurisma da Aorta Abdominal (AAA). As anomalias venosas podem significar grandes problemas técnicos, quando associadas a um AAA. Essas anomalias estão abaixo descritas. Marque a alternativa INCORRETA:

  • a)
    ( ) Veia renal esquerda retro aórtica.
  • b)
    ( ) Veia cava anular, isto é, uma veia pré-aórtica e outra retro aórtica.
  • c)
    ( ) Duplicação da veia cava inferior, com uma delas em cada lado da aorta.
  • d)
    ( ) Veia cava transposta para o lado esquerdo da aorta.

218694 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Em relação ao diagnóstico da Trombose Venosa Profunda (TVP), marque a alternativa INCORRETA:

  • a)
    ( ) O teste do dímero D pela técnica Elisa, tem baixa sensibilidade e alta especificidade.
  • b)
    ( ) O teste do dímero D pode ser utilizado para excluir o diagnóstico de TVP.
  • c)
    ( ) A associação de ultrassonografia e dímero D é um meio eficiente de diagnóstico com menos de 1% de falso negativo.
  • d)
    ( ) A ultrassonografia é o método de escolha para o diagnóstico de TVP.

218695 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Os agentes antagonistas da vitamina K produzem efeito anti coagulante pela interferência na interconversão cíclica da vitamina K. Marque a alternativa que NÃO sofre essa intervenção:

  • a)
    ( ) Proteína (C)
  • b)
    ( ) Fatores de coagulação V, VI e VIII.
  • c)
    ( ) Proteína S.
  • d)
    ( ) Fatores de coagulação VII, IX e X.

218696 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Marque a alternativa CORRETA. A Síndrome de Parkes Weber (PW) é uma mal formação vascular complexa, muito semelhante à descrita por Klippel-Trenaunay (KT), diferenciada desta por qual das alternativas abaixo?

  • a)
    ( ) A Síndrome de Parkes Weber não leva a hipertrofia do membro tão acentuada do membro como na KT.
  • b)
    ( ) A Síndrome de Parkes Weber é diferenciada da Síndrome Klippel Trenaunay pela ocorrência de microfístulas, o que torna o quadro varicoso mais intenso e grave, levando a graus variados de insuficiência cardíaca.
  • c)
    ( ) A Síndrome de Parkes Weber tem com método de diagnóstico importante a flebografia ascendente e descendente para o sistema venoso profundo valvular, e na avaliação de possíveis anomalias das veias tronculares.
  • d)
    ( ) Na Síndrome de Klippel-Trenaunay a arteriografia seletiva da extremidade envolvida identifica grande quantidade de microfístulas, segmentos arteriais calibrosos e enchimento venoso precoce.

218697 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Na classificação do Aneurisma da aorta toracoabdominal, Crawford modificada por Safi, considerando as características anatômicas referentes à origem e extensão, é CORRETO afirmar que:

  • a)
    ( ) O tipo II envolve toda a aorta torácica descendente, desde a emergência da artéria subclávia esquerda até a região aonde se originam as artérias viscerais.
  • b)
    ( ) O tipo I inicia-se a partir da artéria subclávia esquerda, acometendo toda a aorta torácica descendente e a abdominal, até sua bifurcação.
  • c)
    ( ) O tipo III compromete a aorta torácica descendente desde o sexto espaço intercostal até baixo das artérias renais.
  • d)
    ( ) O tipo IV envolve a aorta torácica descendente desde o sexto espaço intercostal até as artérias renais.

234013 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Sobre Trombose Venosa Profunda (TVP), segundo Maffei, marque a alternativa INCORRETA:

  • a)
    ( ) A presença de neoplasia maligna é responsável por aproximadamente 20% dos quadros de tromboembolismo venoso.
  • b)
    ( ) O contraceptivo oral eleva de 3 a 6 vezes o risco de tromboembolismo venoso.
  • c)
    ( ) A ocorrência prévia de TVP não aumenta o risco de TVP em pacientes submetidos a cirurgia.
  • d)
    ( ) A ocorrência de TVP é mais comum após 40 anos, aumentando com a idade.

234014 CRSP - PMMG (2013) - PM-MG - Oficial de Saúde - Cirurgia Vascular / Não classificada

Em relação à Displasia Fibromuscular de artéria renal (DFM), marque a alternativa CORRETA:

  • a)
    ( ) Complicação frequente é a dissecção de artéria renal.
  • b)
    ( ) Aneurismas de artérias renais são comuns em pacientes com DFM renal.
  • c)
    ( ) O diagnóstico diferencial arteriográfico deve ser feito com doenças inflamatórias da Aorta, como doença de TaKayasu.
  • d)
    ( ) Elevados níveis de creatinina sérica e insuficiência renal são comuns quando a doença é bilateral.