30 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

74349 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

As ideias de Anísio Teixeira influenciaram todos os setores da educação no Brasil e no sistema educacional da América Latina. Entre as suas contribuições, pode-se citar a criação do Centro Educacional Carneiro Ribeiro, em Salvador (que ainda existe até os dias atuais). O Centro foi a primeira experiência brasileira de promoção de educação:

  • a)
    infantil baseada em jogos.
  • b)
    cultural e profissional para jovens.
  • c)
    para as classes populares.
  • d)
    inclusiva para adultos.
  • e)
    especial para crianças.

74350 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

O neuropsicólogo Alexander Luria, especializado em psicologia do desenvolvimento e colaborador de Vygotsky, chama a atenção para o papel de mediador da linguagem no processo de aprendizagem escolar. O autor lembra que uma das maiores fontes de equívocos dessa ordem é a diferença de sentido atribuída às palavras e aos conceitos por professores e alunos. E enfatiza a necessidade de se estabelecer uma estreita relação entre:

  • a)
    a linguagem popular e a linguagem padrão.
  • b)
    o ensino formal e o ensino informal.
  • c)
    o saber que o aluno possui e o saber escolar.
  • d)
    a atividade lúdica e a atividade convencional.
  • e)
    o pensamento espontâneo e o pensamento induzido.

74351 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

“O conceito de „Educação em Rede‟ envolve um desenho curricular flexível, sintetizado na expressão vigotskiana ensinar/aprender e na postura freiriana de sermos eternos aprendizes. A primeira, porque se refere ao processo no qual nos incluímos como aprendizes num contexto global de relações dialógicas.” (Margarita Gomez). A segunda, porque:

  • a)
    reconhecemos que a aprendizagem formal e obrigatória se esgota ao final dos anos escolares de estudos.
  • b)
    não há aprendizagem sem planificação e dependerá sempre do grupo de alunos com o qual se está lidando.
  • c)
    existem objetivos a serem alcançados e que estão sujeitos a circunstâncias que não se pode prever nem controlar.
  • d)
    temos certeza de que não sabemos tudo, nem ignoramos tudo, mas que podemos saber mais em comunhão.
  • e)
    acreditamos que aprender pela vida inteira é uma situação que surge em decorrência do contexto econômico e social.

74352 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

Segundo Gandin, o planejamento participativo, como instrumento e metodologia, isto é, como processo técnico, abre espaços para a dimensão política. As questões da qualidade, da missão e, obviamente, da participação são especialmente valorizadas. Mais do que isso, assumem um caráter de proposta de futuro para a instituição que se planeja, onde deve estar contido um ideal do campo de ação da instituição. Ainda segundo o autor, o planejamento participativo parte do pressuposto e do entendimento sobre o nosso mundo, em que é fundamental a ideia de que a nossa realidade é:

  • a)
    determinada pelo sistema econômico e que não há espaço para transformações profundas e democráticas.
  • b)
    injusta e de que essa injustiça se deve à falta de participação em todos os níveis e aspectos da atividade humana.
  • c)
    participativa, na medida do possível social e político, e de acordo com a legislação constitucional vigente.
  • d)
    altamente competitiva, em que os cidadãos de maior dificuldade e empenho serão recompensados pelos seus méritos.
  • e)
    construída sob alicerces político partidários e segue as determinações abusivas das instituições fazendárias.

74357 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

Para Vygotsky, as crianças pequenas dão nome a seus desenhos somente após completá-los; elas têm necessidade de vê-los, antes de decidir o que eles são. À medida que as crianças se tornam mais velhas, elas adquirem a capacidade de decidir previamente o que vão desenhar. Esse deslocamento temporal do processo de nomeação significa uma mudança na função da fala. Inicialmente, a fala segue a ação, sendo provocada e dominada pela atividade. Posteriormente, entretanto, quando a fala se desloca para o início da atividade, surge uma nova relação entre palavra e ação. Nesse instante a fala dirige, determina e domina o curso da ação; surge, então:

  • a)
    a linguagem de forma amadurecida, com possibilidade de descrever e narrar sobre um assunto.
  • b)
    a função planejadora da fala, além da função já existente da linguagem, de refletir o mundoexterior.
  • c)
    a possibilidade de aquisição da língua materna e a compreensão da sua estrutura, da sua sintaxe.
  • d)
    o desenvolvimento da oralidade em suas diversas modalidades, de diálogo, de impostação, etc.
  • e)
    o movimento dialógico em que a criança, já socializada, se relaciona e cria as próprias brincadeiras.

80574 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

Segundo José Morán, a educação por meio da internet caracteriza-se por ser aberta, por definir um novo paradigma que busca educar para saber compreender, sentir, comunicar-se e agir melhor, integrando a comunicação pessoal, a comunitária e a tecnológica. Implica, ainda, em:

  • a)
    pouco controle por parte do professor, indisciplina, desrespeito e acesso a sites inadequados e utilização de celulares.
  • b)
    falta de concentração, escrita resumida e com erros de ortografia, imagens excessivas e informação em tempo real.
  • c)
    aprendizagem cooperativa, pesquisa em grupo, troca de mensagens e visitas a sites com propostas educativas.
  • d)
    possibilidade de aprendizagem de outras línguas, pesquisas imediatas, referências superficiais e, às vezes, equivocadas.
  • e)
    comunicação com pessoas de outros países, colaboração em trabalhos acadêmicos, cursos à distância e utilização de fones.

80575 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

“À revelia de toda conversa pedagógica, as coisas mudam sob a batuta do mercado. Infelizmente, estamos inseridos em sociedades que se movem pelo mercado. É forçoso reconhecer que a educação voltou a ser considerada importante, não por causa da construção e fortalecimento da cidadania” (Pedro Demo), mas porque:

  • a)
    faz parceria com instituições privadas.
  • b)
    não discute os seus objetivos filosóficos.
  • c)
    é útil à competitividade globalizada.
  • d)
    está digitalmente atualizada.
  • e)
    participa ativamente da UNESCO.

80576 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

Em 1936, Maria Montessori, em seu livro “Em Família”, afirmava que só existe uma maneira de ensinar, que é:

  • a)
    suscitando o mais profundo interesse no estudante e, ao mesmo tempo, uma atenção viva e constante.
  • b)
    com disciplina, rigor e atenção aos valores sociais e éticos, além da preparação íntegra dos professores.
  • c)
    nos anos iniciais, na própria família e, a partir dos 4 ou 5 anos, frequentando um jardim de infância.
  • d)
    através do modelo de conduta, que é a riança observando os adultos e se espelhando em sua rotina.
  • e)
    desenvolvendo a pedagogia da pergunta, que supõe que os alunos sejam atentos e curiosos.

80582 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

O Art. 61 da LDBEN 9394/1996, que trata Dos Profissionais da Educação, determina que a formação de profissionais de educação, de modo a atender aos objetivos dos diferentes níveis e modalidades de ensino e as caraterísticas de cada fase do desenvolvimento do educando, terá como fundamentos, o aproveitamento da formação e experiências anteriores em instituições de ensino e outras atividades, e ainda a:

  • a)
    participação em jogos cooperativos com fins de socialização e cooperação.
  • b)
    apresentação de testes vocacionais e provas práticas para o exercício docente.
  • c)
    capacidade de apresentação oral em público e de dissertação argumentativa.
  • d)
    associação entre teorias e práticas, inclusive mediante a capacitação em serviço.
  • e)
    experiência em exercícios de dinâmicas de grupo e espírito de solidariedade social.

80583 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Pedagogo / Pedagogia

Segundo Gadotti, os educadores falham no momento em que confundem educação com obediência. São obedientes e tentam formar gente obediente e submissa. Educar não é consumir ideias, nem obedecer. Para o autor, educar é:

  • a)
    adequar os alunos à sociedade vigente, de maneira que, ao se tornarem adultos, possam competir no mercado de trabalho, em situação de igualdade com outros.
  • b)
    transformar pessoas em sujeitos e problematizar o mundo em que vivemos para superar suas contradições, comprometendose com esse mundo para recriá-lo constantemente.
  • c)
    formar cidadãos, independentemente das suas diversidades e classes sociais, com a função de servirem de modelos éticos, morais, patrióticos e religiosos para a sociedade.
  • d)
    socializar o conhecimento construído universalmente, através de atividades lúdicas, compreensão das diferentes áreas de estudos e projetos pedagógicos.
  • e)
    acompanhar o crescimento físico e intelectual dos alunos, acolhendo as suas dúvidas, suas situações íntimas e auxiliando na formação afetiva dos mesmos.