20 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

74509 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Em relação aos Tempos Máximos de Fonação (TMF), é correto afirmar que:

  • a)
    na Relação s/z, os valores 0,8 e 1,1 são considerados normais.
  • b)
    deve-se emitir contagem de números até o dígito 20.
  • c)
    as vogais testadas são /a/, /e/ e /u/.
  • d)
    na Relação s/z, os valores 0,1 e 1,4 são considerados normais.
  • e)
    é ideal para avaliar a configuração supraglótica.

74510 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

A medida do benefício fornecido pela amplificação refletindo em melhorias na qualidade de vida do deficiente auditivo é conhecida como:

  • a)
    validação.
  • b)
    sistema de compressão.
  • c)
    saída máxima.
  • d)
    ganho funcional.
  • e)
    medidas de inserção.

74511 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

MOTA, H. B., no capítulo sob o título de Fonologia: Intervenção, in FERREIRA, L. P., et al. Tratado de Fonoaudiologia (2010), descreve a Terapia com Base em Pares Mínimos. Como exemplo de pares de fonemas que podem ser utilizados neste modelo terapêutico, podem ser citados:

  • a)
    bola e gola.
  • b)
    bato e rato.
  • c)
    bala e rala.
  • d)
    paca e rabo.
  • e)
    bala e rabo

74512 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Com relação aos tipos de frênulos linguais citados por Marchesan, I. Q. et al., Tratado das Especialidades em Fonoaudiologia, considerando que existem diversos tipos de alterações de frênulo de língua, avalie se é verdadeira ( V) ou falsa ( F) cada afirmativa a seguir. I Frênulo curto e frênulo duro. II Frênulo curto e frênulo anteriorizado. III Frênulo curto, frênulo anteriorizado, frênulo curto e anteriorizado. As afirmativas I, II e III são, respectivamente:

  • a)
    V, F e F.
  • b)
    F, V e V.
  • c)
    F, F e V.
  • d)
    V, F e V.
  • e)
    V, V e F

80914 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Do ponto de vista histológico, as pregas vocais são compostas por cinco camadas. As camadas são:

  • a)
    espaço de Reinke, mucosa, epitélio de revestimento, músculo vocal e lâmina própria.
  • b)
    mucosa, camada superficial da lâmina própria, camada externa da lâmina própria, epitélio e músculo vocal.
  • c)
    epitélio de revestimento, três camadas da lâmina própria (superficial, intermediária e profunda) e músculo vocal.
  • d)
    espaço de Reinke, camada mediana da lâmina própria, mucosa, epitélio derevestimento e músculo vocal.
  • e)
    epitélio de revestimento, três camadas da lâmina própria (interna, mediana e externa) e músculo vocal.

80915 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Um paciente, com perda auditiva condutiva de grau leve na orelha direita e perda auditiva condutiva de grau moderado na orelha esquerda, deve apresentar respostas na pesquisa do reflexo acústico contralateral:

  • a)
    presentes em ambas as orelhas.
  • b)
    presentes na orelha direita e ausentes na orelha esquerda.
  • c)
    ausentes na orelha direita e presentes na orelha esquerda.
  • d)
    presentes com respostas elevadas em ambas as orelhas.
  • e)
    ausentes em ambas as orelhas.

80916 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

No livro Distúrbios Neurológicos Adquiridos − Fala e Deglutição, a autora menciona erros sequenciais na fala de pacientes, como antecipação, reiteração e metátese, que correspondem à presença do seguinte distúrbio:

  • a)
    afasia de broca.
  • b)
    disartria atáxica.
  • c)
    apraxia da fala.
  • d)
    disatria flácida.
  • e)
    afasia de Wernicke.

80917 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

A interpretação mais correta de como se posiciona a língua de um portador de Mordida Aberta Anterior é:

  • a)
    lateralizada.
  • b)
    com frênulo curto.
  • c)
    interposta entre as arcadas.
  • d)
    apertada.
  • e)
    retruída.

89068 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

Os músculos intrínsecos da laringe que são tensores das pregas vocais possuem como função principal:

  • a)
    aumentar a intensidade vocal.
  • b)
    controlar os decibéis da voz.
  • c)
    abrir as pregas vocais.
  • d)
    controlar as diferenças de frequência da voz.
  • e)
    controlar as diferenças de volume da voz.

89069 COSEAC (2016) - Prefeitura de Niterói - RJ - Fonoaudiólogo / Fonoaudiologia

AMS, 3 anos, sexo feminino. A mãe relatou

que a criança parecia não ouvir bem, mostrando-se

distraída, sem responder sistematicamente aos

chamados. Apresentava atraso na aquisição e

desenvolvimento da linguagem oral, sendo

encaminhada para avaliação audiológica. Já que a

criança não respondia adequadamente na

audiometria tonal liminar, foi solicitado o exame de

Potencial Evocado Auditivo de Tronco Encefálico

(PEATE). O resultado do exame indicou ondas I, III

e V presentes em resposta ao clique de 80 dBNA

com latências aumentadas e intervalos interpicos

dentro da normalidade em ambas as orelhas.

De acordo com o caso acima, o resultado do exame

indica:

  • a)
    patologia retrococlear em nível de tronco encefálico alto.
  • b)
    perda auditiva coclear de grau profundo que impede melhor avaliação do nervo coclear e da via auditiva do tronco encefálico.
  • c)
    sensibilidade auditiva periférica normal em agudos e com integridade funcional do nervo auditivo e via auditiva do tronco encefálico.
  • d)
    perda auditiva condutiva e com integridade funcional no nervo coclear e via auditiva de tronco encefálico.
  • e)
    patologia retrococlear em nível de tronco encefálico baixo.