18 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

147922 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Geografia

“A escala cartográfica é a relação matemática entre o tamanho do objeto na representação e no real. Na escala geográfica, a relação de tamanho é muito mais complexa por abranger a análise espacial‐temporal." Em relação às diferenças entre as escalas geográficas e cartográficas, assinale a afirmativa INCORRETA.

  • a)

    A escala dos fenômenos que ocorrem no espaço é geográfica, mas sua representação cartográfica é realizada matematicamente.

  • b)

    Os fenômenos geográficos estão presentes em todas as escalas. Sua análise espaço‐temporal pode ser muito difícil ou até impossível, dependendo da escala.

  • c)

    Uma escala geográfica grande é representada em um mapa por meio de uma escala grande. O mesmo ocorre com escalas pequenas. Assim, a escala cartográfica é determinante para a escolha da escala geográfica.

  • d)

    Uma escala geográfica grande é representada em um mapa por meio de uma escala cartográfica pequena. Inversamente, uma escala geográfica pequena é representada em um mapa por uma escala cartográfica grande.

147923 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Geografia

“Um modelo de dados é um conjunto de conceitos que podem ser usados para descrever a estrutura e as operações em um banco de dados. O modelo busca sistematizar o entendimento que é desenvolvido a respeito de objetos e fenômenos que serão representados em um sistema informatizado."(BORGES, K. A. de V. Modelagem de Dados Geográficos: curso de especialização em geoprocessamento. UFMG, 2002.)

Sobre a modelagem de dados geográficos, assinale a afirmativa INCORRETA.

  • a)

    Na visão de objetos (também denominada modelo de objetos), a realidade é vista como uma superfície ocupada por entidades identificáveis e cada posição (x, y) do espaço poderá ou não estar ocupada.

  • b)

    Tesselação é uma representação caracterizada por uma matriz de células de tamanhos regulares, onde para cada célula é associado um conjunto de valores representando as características geográficas da região.

  • c)

    O formato vetorial pode ser representado em diversos modelos de representação. Esses modelos são relacionados às técnicas de armazenamento de objetos espaciais, como, por exemplo, os modelos Spagetti, Topológico e o de Grafo, e podem ser implementados em diversas estruturas.

  • d)

    Modelos de dados semânticos e orientados a objetos, tais como ER (entidade-relacionamento), OMT‐G e IFO, têm sido largamente utilizados para a modelagem de aplicações geográficas. Um dos principais motivos disso é que eles praticamente não apresentam limitações para a adequada modelagem dessas aplicações, já que possuem primitivas geográficas apropriadas para a representação de dados espaciais.

147924 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Geografia

Para mapear os acidentes geográficos de até 15 metros de extensão presentes em uma determinada área, considerando o erro admissível de 1/5 de milímetro, qual é a menor escala que deve ser adotada?

  • a)

    1:10.000

  • b)

    1:25.000

  • c)

    1:50.000

  • d)

    1:75.000

147925 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Geografia

“No pós‐Guerra, a modernização da economia nacional subordinou a agricultura aos capitais industriais e financeiros. Esse processo de subordinação materializou‐se pela transformação dos antigos complexos rurais em complexos agroindustriais. Do ponto de vista geográfico, a transição realizou‐se mais veloz e amplamente no Centro‐Sul do país." (Demétrio Magnoli. Projeto de ensino de geografia: natureza, tecnologias, sociedades. São Paulo: Moderna, 2001. p. 211.) Sobre os temas levantados por Magnoli no trecho anterior, é INCORRETO afirmar que

  • a)

    a configuração dos complexos agroindustriais acarretou a valorização da terra e o aprofundamento da concentração fundiária.

  • b)

    os trabalhadores rurais expulsos pela modernização constituíram fluxos migratórios para as regiões de fronteira, servidas por rodovias de integração.

  • c)

    o englobamento dos sítios pelas fazendas e a crescente mecanização das atividade agrícolas provocaram a expulsão de parcela significativa da força de trabalho rural.

  • d)

    os camponeses pobres, que perderam o acesso à terra, e os colonos das fazendas, que transformaram‐se em excedentes demográficos, acabaram encontrando novo modo de sobreviver através de sua incorporação à economia rural modernizada.

157274 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Geografia

Em 2001, o geógrafo Milton Santos propôs uma nova regionalização para o país, representada a seguir.

Sobre esse processo de regionalização, assinale a afirmativa INCORRETA.

  • a)

    O Nordeste, no início do século XXI, possui infraestruturas e redes de informações contínuas, porém num espaço com grandes problemas sociais.

  • b)

    O critério utilizado nesta proposta de regionalização foi a infraestrutura que sustenta redes de informação, mercadorias, capitais e pessoas.

  • c)

    O Centro‐Oeste, cuja agropecuária moderna impulsionou economicamente a ocupação e integração do espaço geográfico. É uma região com grande dependência do Sul e Sudeste.

  • d)

    O critério principal dessa nova regionalização foi o do “meio técnico‐científico‐informacional", isto é, a informação e as finanças estão irradiadas de maneiras desiguais e distintas pelo território brasileiro, determinado “quatro brasis".

157275 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Não classificada

As estruturas de dados utilizadas em um banco de dados geográficos podem ser divididas em duas grandes classes: vetoriais e matriciais. São níveis distintos de abstração, EXCETO:  

  • a)
    A grade regular de uma estrutura matricial de cada elemento da matriz está associada a um valor numérico.   
  • b)
    Os dados vetoriais necessitam de mais espaço de memória RAM para serem salvos, quando comparados aos dados matriciais.  
  • c)
    Na precisão geométrica, os dados de estrutura vetorial possuem uma precisão geométrica maior do que os dados de estrutura matricial.   
  • d)
    As estruturas vetoriais são representadas por três formas básicas: ponto, linha e polígono (ou área), definidas por coordenadas geográficas. A estrutura matricial possui uma grade regular sobre a qual é expresso, célula a célula, o objeto representado.

157276 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Geografia

De acordo com Borges e Davis (s.d.), a modelagem do mundo real é uma atividade complexa porque envolve a discretização do espaço geográfico para a sua devida representação. Inúmeros são os fatores envolvidos nesse processo de discretização do espaço, sendo que cada um possui uma justificativa para sua utilização. Diante do exposto, analise.

I.Transcrição da informação geográfica em unidades lógicas de dados: por maior que seja o nível de abstração utilizado, a realidade é modelada através de conceitos geométricos.

II.Forma como as pessoas percebem o espaço: essas percepções são fundamentais na definição de regras de integridade espacial, que especificam o comportamento geométrico dos objetos.

III.Existência de relações espaciais (topológicas, métricas, de ordem e fuzzy): um dos aspectos que faz com que a modelagem de dados geográficos seja diferente da modelagem tradicional.

IV.Coexistência de entidades essenciais ao processamento e entidades “cartográficas": comum, principalmente, em aplicações geográficas de áreas urbanas, a presença de entidades geográficas com características apenas de exibição, não sendo usadas para processamento geográfico (embora sejam parte do mapa base).

V.Natureza diversificada dos dados geográficos: além dos dados geográficos possuírem geometria, localização no espaço, informações associadas e características temporais, eles ainda têm origens distintas. Estão corretas apenas as afirmativas

  • a)

    I, II e IV.

  • b)

    I, IV e V.

  • c)

    II, III e V.

  • d)

    III, IV e V.

168623 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Não classificada

Sobre o papel do Estado na modernização brasileira no período após os anos 30 até os anos 90, é correto afirmar que

  • a)
    o Estado brasileiro, em sua ação modernizadora, restringiu a criação de empresas estatais.
  • b)
    o Estado brasileiro foi empreendedor, coordenador e financiador das atividades econômicas modernas.
  • c)
    coube à iniciativa privada o gerenciamento das relações entre o capital nacional e o capital internacional.
  • d)
    a iniciativa privada foi a grande produtora de infraestrutura territorial para que as relações econômicas modernas fluíssem no espaço com eficiência.

168624 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Não classificada

“O crescimento econômico obtido em partes do país aumentou a desigualdade entre os lugares, o que, consequentemente, levou à migração e urbanização acelerada, criando uma grande massa de ‘imóveis’ na cidade, para os quais ela é impalpável.”   (Milton Santos. O Espaço do Cidadão. São Paulo: Studio Nobel, 2002. p. 12.) São consequências do processo de crescimento econômico brasileiro, EXCETO:

  • a)
    Expansão do consumo de massa.  
  • b)
    Restrição de acesso aos bens de consumo.  
  • c)
    Concentração da mídia escrita, falada e televisionada.  
  • d)
    Triunfo da filosofia de vida que privilegia os meios materiais.  

168625 CONSULPLAN (2014) - MAPA - Geógrafo / Não classificada

“O conceito de transição demográfica foi introduzido por Frank Notestein, em 1929, e é a contestação factual da lógica malthusiana. Foi elaborada a partir da interpretação das transformações demográficas sofridas pelos países que participaram da Revolução Industrial nos séculos 18 e 19, até os dias atuais. A partir da análise destas mudanças demográficas foi estabelecido um padrão que, segundo alguns demógrafos, pode ser aplicado aos demais países do

mundo, embora em momentos históricos e contextos econômicos diferentes."(Cláudio Mendonça. Demografia: transição demográfica e crescimento populacional. UOL Educação. 2005. Disponível em: http://educacao.uol.com.br/disciplinas/geografia/demografia‐transicao‐demografica‐e‐crescimento‐populacional.htm. Acesso em: março de 2014.)

Sobre a dinâmica de crescimento vegetativo da população brasileira com base no conceito de transição demográfica,

deve-se considerar os seguintes conceitos, EXCETO:

  • a)

    Crescimento vegetativo: crescimento populacional menos o número de óbitos.

  • b)
    Taxa de mortalidade: expressa a proporção entre o número de óbitos e a população absoluta de um lugar, em um determinado intervalo de tempo.   
  • c)
    Crescimento populacional: função entre duas variáveis: o saldo entre o número de imigrantes e o número de emigrantes; e, o saldo entre o número de nascimentos e o número de mortos.   
  • d)
    Taxa de fecundidade: número médio de filhos por mulher em uma determinada população. Para obter essa taxa, divide-se o total dos nascimentos pelo número de mulheres em idade reprodutiva da população considerada.