31 resultados encontrados para . (0.011 segundos)

76382 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Leia as afirmativas a seguir, feitas sobre ideias e fenômenos linguísticos constantes do texto:

I. A ideia principal do texto é a de que certos filmes, feitos com intenção profana, terminam por auxiliar, contraditoriamente, os ideais cristãos.

II. Em “Proponho filmes que eles já assistiram para falar de aspectos que talvez não tenham percebido”, a regência necessita ser alterada.

III. Outra ideia do texto é que a sociedade mudou e, por isso, a Bíblia pode ser auxiliada por outros recursos, a fim de evangelizar os jovens.

IV. O verbo não se encontra corretamente conjugado na seguinte passagem: “O processo de adaptação às novas linguagens estar sendo lento”.

V. Outra ideia veiculada é de que não adianta proibir as coisas; pelo contrário, é com a permissão ao acesso a filmes profanos que vem a crença no cristianismo.

Assinale a alternativa correta:

  • a)
    Somente as afirmativas I, II e V estão corretas
  • b)
    Somente as afirmativas I, III e IV estão corretas
  • c)
    Somente as afirmativas I, III e V estão corretas
  • d)
    Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas
  • e)
    Somente as afirmativas II, IV e V estão corretas

76383 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Sobre o texto fazem-se as seguintes afirmativas: I. Pertence a um gênero textual que podemos chamar de expositivo, caracterizando-se como memória.

II. Em “Você é linda como a areia que a onda ondeou”, observa-se um pleonasmo não vicioso, cujo objetivo é dar ênfase à frase.

III. O autor do texto admira a beleza da mulher a quem convida a passear na infância, mas procura se conter quanto à admiração que sente.

IV. No trecho “Não catemos pedrinhas redondas para atiradeira, porque é urgente subir no morro”, a conjunção “porque” tem valor explicativo.

V. A figura de linguagem predominante é a ironia, que perpassa todo o tempo as recordações do autor.

Assinale a alternativa correta:

  • a)
    Somente as afirmativas I, II e V estão corretas
  • b)
    Somente as afirmativas I, II e IV estão corretas
  • c)
    Somente as afirmativas I, III e IV estão corretas
  • d)
    Somente as afirmativas II, III e IV estão corretas
  • e)
    Somente as afirmativas III e V estão corretas

76384 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

A sucessão secundária inicia-se após a ocorrência de distúrbios de origem antrópica ou natural no ambiente em equilíbrio. Os principais fatores determinantes do sucesso da sucessão secundária em ambientes alterados são os seguintes, EXCETO:

  • a)
    matriz vegetacional
  • b)
    intensidade da degradação
  • c)
    presença de dispersores
  • d)
    presença de fragmentos florestais remanescentes
  • e)
    baixa eficiência das espécies pioneiras no uso dos recursos do sítio

76385 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

O Índice de Qualidade de Dickson pode ser utilizado como um dos indicadores para selecionar o melhor padrão de mudas florestais para o plantio em campo.

Assinale a alternativa em que todas as variáveis compõem a fórmula para o cálculo do respectivo índice:

  • a)
    Altura, diâmetro do coleto, massa seca total, área foliar e massa seca radicular
  • b)
    Altura, diâmetro do coleto, massa seca da parte aérea, área foliar e massa seca radicular
  • c)
    Altura, diâmetro do coleto, massa seca da parte aérea, massa seca radicular e comprimento do sistema radicular
  • d)
    Altura, diâmetro do coleto, massa seca total, área foliar e comprimento do sistema radicular
  • e)
    Altura, diâmetro do coleto, massa seca total, massa seca da parte aérea e massa seca radicular

76386 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

A Resolução no 406/2009, do CONAMA, estabelece parâmetros técnicos a serem adotados na elaboração, apresentação, avaliação técnica e execução de plano de manejo florestal sustentável - PMFS, com fins madeireiros, para florestas nativas e suas formas de sucessão no bioma Amazônia.

Pergunta-se: Qual é o diâmetro mínimo de corte (DMC ) para as espécies para as quais ainda não se estabeleceu o DMC específico?

  • a)
    30 cm
  • b)
    35 cm
  • c)
    40 cm
  • d)
    45 cm
  • e)
    50 cm

76387 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

Sobre as características do manejo de florestas nativas e formações sucessoras, de domínio público ou privado, na Amazônia, assinale V para as verdadeiras e F para as falsas:

( ) Florestas com elevada diversidade de espécies; baixa produtividade; número reduzido de árvores por espécies e por unidade de área; dimensão diferenciada das árvores

( ) Disponibilidade de equipamentos e tecnologias em crescente evolução; facilidade no planejamento e controle das operações; danos ambientais relativamente baixos devido à preparação, de talhões após a extração de madeira; facilidade de acesso

( ) Alta produtividade; facilidade de padronização das operações; conhecimento genético das espécies; disponibilidade de mão de obra especializada em vários níveis; disponibilidade de redes de estrada

( ) Dificuldade de planejamento e controle das operações; falta de mão de obra especializada; dificuldade de acesso; falta de equipamentos apropriados; exploração condicionada à sazonalidade climática

Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA de V e F de cima para baixo:

  • a)
    F, V, F, V
  • b)
    F, F, V, V
  • c)
    V, F, V, F
  • d)
    V, F, F, V
  • e)
    V, V, V, F

76388 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

Em geral, os pontos mais fracos de uma estrutura de madeira são suas ligações. Assim é muito importante o conhecimento adequado do cálculo e dos esquemas construtivos utilizados nas ligações.

Existem três tipos principais de ligações entre peças estruturais de madeira: por contato, por aderência e por penetração. Pergunta-se: Qual é o conceito CORRETO para a ligação por aderência?

  • a)
    Ligações só podem ser utilizadas quando existe garantia de que o esforço a ser transmitido é sempre de compressão. Ligações entre as peças para transmissão de um esforço de compressão é muito comum no nó de apoio de uma tesoura.
  • b)
    Utilização de elementos de ligação. As forças transmitidas de uma peça para outra convergem geralmente para uma grande área. Ligações estabelecidas por meio de uma fina película de adesivo. Os esforços são absorvidos por superfícies relativamente grandes formadas pelas áreas ligadas por fita.
  • c)
    Utilização de elementos de ligação. As forças transmitidas de uma peça para outra convergem geralmente para uma pequena área. Ligações estabelecidas por meio de uma fina película de adesivo. Os esforços são absorvidos por superfícies relativamente grandes formadas pelas áreas ligadas pelo adesivo.
  • d)
    Utilização de elementos de ligação. As forças transmitidas de uma peça para outra convergem geralmente para uma pequena área. Ligações estabelecidas por meio de uma espessa película de adesivo. Os esforços são absorvidos por superfícies relativamente pequenas formadas pelas áreas ligadas pelo adesivo.
  • e)
    As ligações que se caracterizam pela utilização de elementos de ligação. As forças são transmitidas de uma peça para outra convergem geralmente para uma pequena área.

84306 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Informática

As tabelas a seguir apresentam a composição de

preços de cinco serviços e o orçamento desses

serviços com base nos preços dos insumos tomados

em três lojas distintas. A TABELA 1 mostra a

quantidade de insumos necessários para a

composição dos serviços. A TABELA 2 mostra o

preço unitário de cada insumo obtido em cada loja

consultada. Por sua vez, A TABELA 3 apresenta o

preço dos serviços ( o orçamento), composto a partir

dos insumos obtidos nas três lojas. O cálculo de

cada preço parcial da TABELA 3 é obtido por meio

da soma ordenada da multiplicação do elemento de

cada linha da TABELA 1 por cada elemento da

coluna da TABELA 2. Assim, por exemplo, o preço

parcial do Serviço 1 na loja 1 é obtido na TABELA 3

por meio de 1173,90 = 4,00 x 20,50 +5,50 x 135,80 +

1,00 x 345,00 + 0,00 x 100,00. Uma maneira

eficiente de efetuarmos esse cálculo é operarmos

com as tabelas usando o conceito de matrizes.



TABELA 3, usando o conceito de matrizes é:

  • a)
    = MULTI(TABELA1, TABELA2)
  • b)
    = MATRIZ.MULT(TABELA1;TABELA2)
  • c)
    = MULT.MATRIZ(DEFMAT(B5:E9-B13:D16))
  • d)
    = MATRIZ.MULT(B5:E9;B13:D16)
  • e)
    = MULTI(B5:E9-B13:D16)

84307 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

A seleção da(s ) espécie(s ) constitui a principal decisão no estabelecimento de um empreendimento florestal. Assinale a alternativa que indica corretamente os principais critérios observados para a seleção das espécies mais adequadas para a composição de programas de reflorestamento em regiões tropicais:

  • a)
    Espaçamento de plantio, tratos silviculturais e objetivo do plantio
  • b)
    Disponibilidade de material propagativo, espaçamento de plantio e presença de plantas invasoras
  • c)
    Objetivo do plantio, disponibilidade de material propagativo e qualidade do sítio de plantio
  • d)
    Qualidade do sítio de plantio, tratos silviculturais e objetivo do plantio
  • e)
    Objetivo do plantio, disponibilidade de material propagativo e tratos silviculturais

84308 COMVEST - UFAM (2016) - UFAM - Engenheiro Florestal / Engenharia Florestal

Os tratamentos silviculturais (por exemplo, desrama e desbaste) são intervenções florestais destinadas a manter ou melhorar o valor silvicultural da floresta. Constituem objetivos do desbaste em povoamentos florestais os a seguir relacionados, EXCETO:

  • a)
    eliminar indivíduos focos de doenças
  • b)
    melhorar a qualidade do povoamento
  • c)
    reduzir a competição intraespecífica
  • d)
    melhorar a qualidade do sítio
  • e)
    aumentar o crescimento das árvores remanescentes