26 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

37238 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Uma sociedade empresária apresentou os seguintes dados para a elaboração da Demonstração do Valor Adicionado:

Informações adicionais:
I. O custo de aquisição da mercadoria vendida foi calculado da seguinte forma:

II. O valor da despesa com Pessoal é composto dos seguintes gastos:

De acordo com a Demonstração do Valor Adicionado, elaborada a partir dos dados fornecidos, assinale a opção INCORRETA.
  • a)
    O Valor adicionado a distribuir é R$192.000,00.
  • b)
    O Valor adicionado a distribuir é R$294.000,00.
  • c)
    O valor da remuneração de capital de terceiros é de R$3.000,00.
  • d)
    O valor distribuído para pessoal é de R$65.000,00.

37239 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Uma sociedade empresária apresentou o seguinte Balancete de Verificação em 31.1.2012:

Considerando os dados do Balancete de Verificação, assinale a opção CORRETA.
  • a)
    O Ativo Circulante totaliza R$519.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$237.500,00.
  • b)
    O Ativo Circulante totaliza R$519.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$242.000,00.
  • c)
    O Ativo Circulante totaliza R$489.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$242.000,00.
  • d)
    O Ativo Circulante totaliza R$489.000,00 e o Ativo Não Circulante totaliza R$267.500,00.

37240 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Uma sociedade empresária apresentou os seguintes dados de um determinado período:

Na Demonstração do Resultado Abrangente, elaborada a partir dos dados fornecidos, o valor do Resultado Abrangente é igual a:
  • a)
    R$90.000,00.
  • b)
    R$100.000,00.
  • c)
    R$110.000,00.
  • d)
    R$130.000,00.

37241 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Uma sociedade empresária prestou serviço a outra pessoa jurídica, no valor de R$100.000,00, com incidência de imposto de renda na fonte à alíquota de 1,5%, recuperável, faturado para trinta dias.
Acerca do lançamento contábil na empresa que prestou o serviço, assinale a opção CORRETA.
  • a)
  • b)
  • c)
  • d)

37242 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Uma sociedade empresária realizou uma venda a prazo no valor de R$110.250,00, para recebimento em uma única parcela, após o prazo de dois anos. Observando o que dispõe a NBC TG 12 – Ajuste a Valor Presente, foi registrado um ajuste a valor presente desta operação, considerando-se uma taxa de juros composta de 5% a.a.
O montante do ajuste a valor presente da operação, na data de seu registro inicial, é de:
  • a)
    R$10.022,73.
  • b)
    R$10.250,00.
  • c)
    R$11.025,00.
  • d)
    R$11.300,63.

37243 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Uma sociedade empresária, cujo Patrimônio Líquido no início do período somava R$100.000,00, apresentou, no ano de 2011, as seguintes mutações em seu Patrimônio Líquido:

Em 31.12.2011, o saldo do Patrimônio Líquido será:
  • a)
    R$108.000,00.
  • b)
    R$118.000,00.
  • c)
    R$122.000,00.
  • d)
    R$124.000,00.

37244 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Em relação ao conteúdo das Notas Explicativas, de acordo com a NBC TG 26 – Apresentação das Demonstrações Contábeis, é INCORRETO afirmar que o conjunto das Notas Explicativas apresenta:
  • a)
    a divulgação da análise dos resultados e da posição financeira da sociedade e o parecer da diretoria.
  • b)
    a divulgação de informações requerida pelas normas, interpretações e comunicados técnicos que não tenha sido evidenciada nas demonstrações contábeis.
  • c)
    as informações adicionais que não tenham sido evidenciadas nas demonstrações contábeis, mas que sejam relevantes para sua compreensão.
  • d)
    as informações sobre a base para elaboração das demonstrações contábeis e das políticas específicas utilizadas.

37245 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Na Demonstração do Valor Adicionado, a despesa com aluguel, a energia elétrica consumida no período e o resultado positivo da equivalência patrimonial são evidenciados, respectivamente, como:
  • a)
    insumos adquiridos de terceiros; insumos adquiridos de terceiros e remuneração do capital próprio.
  • b)
    insumos adquiridos de terceiros; remuneração do capital de terceiros e valor adicionado recebido em transferência.
  • c)
    remuneração do capital de terceiros; insumos adquiridos de terceiros e valor adicionado recebido em transferência.
  • d)
    remuneração do capital de terceiros; remuneração do capital de terceiros e remuneração do capital próprio.

37246 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

A Sociedade Investidora A adquiriu 100% do Capital da Sociedade Investida B, por R$1.000.000,00 pagos em dinheiro. Na data da aquisição, o valor líquido dos ativos identificáveis adquiridos e dos passivos assumidos da Sociedade Investida B, mensurados de acordo com a NBC TG 15 – Combinações de Negócios, somava R$1.200.000,00. Na mesma data, o saldo contábil do Patrimônio Líquido da Sociedade Investida B era de R$800.000,00.
Como resultado desta combinação de negócios, a Sociedade Investidora A deverá registrar:
  • a)
    um Ágio por expectativa de rentabilidade futura – goodwill – de R$200.000,00, em conta do Ativo Não Circulante.
  • b)
    uma compra vantajosa de R$200.000,00 em conta do Ativo Não Circulante.
  • c)
    um Ágio por expectativa de rentabilidade futura – goodwill – de R$200.000,00, no resultado do período.
  • d)
    uma compra vantajosa de R$200.000,00 no resultado do período.

37247 CFC (2012) - CFC - Contador / Contabilidade Geral

Um profissional, ao elaborar a escrituração contábil de uma empresa enquadrada e registrada no Simples Nacional, deve:
  • a)
    deve deixar de elaborar a escrituração contábil uma vez que a empresa está dispensada diante do enquadramento tributário.
  • b)
    deve observar o princípio da competência.
  • c)
    deve observar o regime de caixa ou competência de acordo com o que for mais vantajoso para a empresa.
  • d)
    deve observar o regime de caixa.