160 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

153295 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

Com base no Decreto nº 52.703/2011 e suas alterações, o exercício da função de julgar se submete a vedações que devem ser observadas pelo julgador. Dessa forma, um conselheiro do Conselho Municipal de Tributos (CMT) estaria vedado de julgar um caso nas hipóteses abaixo, exceto um conselheiro

  • a)
    contabilista vinculado à empresa de assessoria tributária que assessora o contribuinte, mediante declaração de desconhecimento do caso sub judice.
  • b)
    advogado que foi mandatário do contribuinte há 3 (três) anos.
  • c)
    nomeado pela Municipalidade em casos em que atuou diretamente na fiscalização do tributo.
  • d)
    cujo contribuinte tem como gestor o filho de seu irmão.
  • e)
    que atuou como perito técnico no mapeamento da área referente ao caso sob apreciação do CMT.

153296 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

O craque Léo Brazuca, sabendo da Lei nº 15.928/2013, referente a incentivos fiscais para o fomento ao esporte, resolveu dar destinação pública de um terreno de sua propriedade em outro bairro da cidade para a prática de esporte e lazer. Sobre essa iniciativa, analise as assertivas abaixo.

I. O local destinado para áreas privadas de prática para esporte e lazer pode ser um terreno com edifício devidamente adaptado para tanto. II. É condição sine qua non que o terreno seja classificado como não edificado, sendo que o incentivo fiscal corresponderá à emissão de certificado anual para pagamento do IPTU referente à área no percentual inicial de 5%.

III. Após o segundo ano, o certificado será automaticamente emitido mediante avaliação da Secretaria Municipal de Esportes.

IV. Não poderá haver outra área com as mesmas características do terreno de Léo Brazuca e destinadas ao mesmo fim, no raio de 2 (dois) quilômetros.

É correto o que se afirma em

  • a)
    I e II, apenas.
  • b)
    I e III, apenas.
  • c)
    II e III, apenas.
  • d)
    II e IV, apenas.
  • e)
    III e IV, apenas.

153297 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

Sobre o CADIN – Cadastro Informativo Municipal –, analise as assertivas abaixo. I. A inclusão de pendências no CADIN deve ser realizada em 30 (trinta) dias contados da notificação da inadimplência.

II. A suspensão da hipótese que gerou a exigibilidade da pendência registrada no CADIN não significa, necessariamente, exclusão do nome do contribuinte do referido cadastro.

III. Quando da inclusão do nome do inadimplente no CADIN, uma comunicação por escrito, via postal ou telegráfica, lhe será encaminhada para que, em 15 (quinze) dias, possa contestar a inclusão. IV. A inclusão de pendências, bem como a gestão do CADIN, é exclusiva da Secretaria Municipal de Finanças. Cabem aos Secretários Municipais, Superintendentes das Autarquias Municipais e Presidentes das Empresas Municipais manter o órgão competente devidamente informado das pendências que ensejam inclusão dos nomes dos contribuintes.

É correto o que se afirma em

  • a)
    I e II, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    III, apenas.
  • d)
    III e IV, apenas.
  • e)
    IV, apenas.

153298 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

Com o advento do Domicílio Eletrônico do Cidadão Paulistano (DEC), as pessoas jurídicas foram obrigadas a efetuar seu credenciamento perante a Secretaria de Finanças, observando determinados pontos, que estão apresentados nas alternativas abaixo, exceto em uma. Assinale-a.

  • a)
    A empresa que detiver várias filiais espalhadas pela cidade terá de certificar a raiz do número de inscrição no Cadastro Nacional de Pessoa Jurídica (CNPJ) de todas elas.
  • b)
    As comunicações realizadas pela Secretaria de Finanças ao contribuinte por meio eletrônico, via DEC, dispensa o envio de correspondência via correio e publicação no Diário Oficial da Cidade.
  • c)
    Com o intuito de atender prazo, será considerado tempestivo aquele que for transmitido, via sistema, após o encerramento de expediente do órgão responsável.
  • d)
    A emissão de avisos via DEC elimina a possibilidade de denúncia espontânea.
  • e)
    O documento eletrônico transmitido via DEC pressupõe garantia de autoria, autenticidade e integralidade, sendo esse, para todos os efeitos, considerado original.

153299 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

Joaquim José recebeu notificação de lançamento tributário de Contribuição de Melhoria tendo, por referência, praça construída em frente da sua residência. Com base nisso, analise as assertivas abaixo.

I. Ainda que seja apenas possuidor e não seja proprietário do imóvel que reside, Joaquim José também é sujeito passivo da obrigação tributária.

II. O fato gerador é o custeio da construção da praça e toma por referência temporal a publicação no Diário Oficial da Cidade da aprovação do projeto da praça.

III. Incide Contribuição de Melhoria na alteração do traçado geométrico das ruas ao redor da praça e colocação de guias e sarjetas no seu entorno.

É correto o que se afirma em

  • a)
    I, apenas.
  • b)
    I e II, apenas.
  • c)
    II, apenas.
  • d)
    II e III, apenas.
  • e)
    III, apenas.

153300 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

O hospital particular XYZ, especializado em Oncologia, localizado no Município de São Paulo, não promoveu corretamente o recolhimento da Taxa de Resíduos Sólidos de Serviços de Saúde (TRSS), adentrando a procedimento fiscal. Com isso, I. o débito tributário em questão passou a ser acrescido de multa moratória de 20% do valor da taxa recolhida a menor.

II. o débito tributário em questão passou a ser acrescido de multa de 50% do valor da taxa recolhida a menor.

III. se o hospital, após a lavratura do Auto de Infração, reconhecer o débito e o pagar, dentro do prazo para interposição de defesa, o valor das multas será reduzido de 25%.

IV. se o hospital, após a lavratura do Auto de Infração, reconhecer o débito e pagá-lo, dentro do prazo para interposição de defesa, o valor das multas será reduzido de 50%.

É correto o que está contido em

  • a)
    I, apenas.
  • b)
    I e III, apenas.
  • c)
    II e III, apenas.
  • d)
    II e IV, apenas.
  • e)
    III, apenas.

153301 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

Em fiscalização realizada no Banco Dinheiro Bom S.A., na agremiação esportiva de seus funcionários (“AEDB”), sediados em São Paulo, os quais contribuem, mensalmente, ao Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (FUMCAD), foram detectadas irregularidades. Com base no previsto no Decreto nº 52.703/2011, analise as assertivas abaixo. I. O banco desconta o valor doado ao FUMCAD na razão de até 1/6 (um sexto) do ISS incidente sobre os serviços dos itens 15.03, 15.07, 15.14, 15.16 e 15.17 da lista de serviços e nas parcelas do IPTU que paga mensalmente.

II. A AEDB utilizou, quando exigido o pagamento, crédito referente ao FUMCAD para abater remuneração fixada nas concessões e permissões de uso, a título oneroso, em que está sediada e lhe é cedida pelo Município.

III. A agremiação esportiva utilizou como crédito para abatimento do IPTU 100% do valor repassado ao FUMCAD a título de doação.

IV. O banco utilizou os descontos somente para o ISS pago nos meses imediatamente subsequentes.

Indicam irregularidades cometidas o que está contido em

  • a)
    I e II, apenas.
  • b)
    I e III, apenas.
  • c)
    II e III, apenas.
  • d)
    II e IV, apenas.
  • e)
    III e IV, apenas.

153302 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

Para um serviço de R$2.000,00, cuja alíquota do ISS é de 5%, o contribuinte deu para o cliente um abatimento de 10% para pagamento à vista com emissão da Nota Fiscal.

No entanto, quando do pagamento do imposto, erroneamente foi recolhido apenas metade do devido. Passados 12 (doze) dias, percebeu-se o equívoco e regularizou-se o pagamento, recolhendo o restante com a multa diária indicada no Decreto nº 52.703/2011 para ISS.

Desse modo, assinale a alternativa que apresenta, respectivamente, a base de cálculo a ser utilizada, o valor de multa moratória e a temporariedade a ser considerada para cálculo da multa.

  • a)
    R$2.000,00; 1%; e diária.
  • b)
    R$1.800,00; 0,33%; e diária.
  • c)
    R$1.800,00; 1%; e diária.
  • d)
    R$2.000,00; 20%; e mensal.
  • e)
    R$1.800,00; 0,33%; e mensal.

153303 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Legislação Tributária

O condomínio residencial Umberto di Savoia é um prédio

residencial de arquitetura requintada, cujas unidades

autônomas são superiores a 350m2, portanto classificadas

com tipo “E" para efeito de cálculo do IPTU. O condomínio

detém, registradas em seu nome, perante o Cartório de

Imóveis, 7 unidades de vagas de estacionamento que

disponibiliza para condôminos, visitantes ou mesmo para

aluguel. No lançamento do IPTU referente a essas vagas,

é possível verificar que cada uma delas mede 13m2 e que

o valor venal unitário é de R$78.000,00. Observando-se a

alíquota padrão e a tabela de progressividade adotada

pela Municipalidade de São Paulo, nos termos do Decreto

nº 52.703/2011, assinale a alternativa que apresenta a

alíquota a ser observada no valor do IPTU das referidas

vagas de garagem.



  • a)
    0,8%.
  • b)
    1%.
  • c)
    0,5%.
  • d)
    1,2%.
  • e)
    1,6%.

153304 CETRO (2014) - Prefeitura de São Paulo - SP - Auditor Fiscal do Município / Direito Constitucional

Segundo a Lei Orgânica do Município de São Paulo, no que diz respeito ao desenvolvimento do município (da política urbana), a propriedade urbana cumpre a sua função social quando atende às exigências fundamentais de ordenação da cidade expressas no Plano Diretor e na legislação urbanística dele decorrente. Para assegurar o cumprimento da função social da propriedade, o Município deverá

I. assegurar o adequado aproveitamento, pela atividade imobiliária, do potencial dos terrenos urbanos, respeitados os limites da capacidade instalada dos serviços públicos.

II. prevenir distorções e abusos no desfrute econômico da propriedade urbana e coibir o uso especulativo da terra como reserva de valor.

III. assegurar a justa distribuição dos ônus e encargos decorrentes das obras e serviços da infraestrutura urbana e recuperar para a coletividade a valorização imobiliária decorrente da ação do Poder Público.

É correto o que está contido em

  • a)
    I, II e III.
  • b)
    I e II, apenas.
  • c)
    II e III, apenas.
  • d)
    I e III, apenas.
  • e)
    III, apenas.