180 resultados encontrados para . (0.009 segundos)

208589 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Pedagogia

Na organização dos conhecimentos escolares, o enfoque

globalizador tem suas raízes no pensamento educativo de

Decroly, estando vinculado aos centros de interesses e à

intenção de proporcionar aos alunos a possibilidade de

compreender os conteúdos de ensino de forma global,

mais totalizadora e contextualizada, não fragmentada. São

propostas que se baseiam na ideia de integração dos

conhecimentos, que consideram o contexto social, o

mundo fora da escola e a realidade do aluno no

desenvolvimento curricular. A sequência de ensino/

aprendizagem no método de Kilpatrick, no qual as

habilidades vinculadas ao saber fazer e ao saber resolver

são o fio condutor do método, apresenta as seguintes

fases:

  • a)

    observação, associação e expressão. Observação define–se como conjunto de atividades que tem por finalidade colocar os alunos em contato direto com as coisas, os seres, os fatos e os acontecimentos. Esse objetivo é alcançado através da realização de exercício de comparação, cálculo, experimentação, expressão oral e escrita e desenho. O método está fundamentado na ideia de que, às pessoas, interessa satisfazer suas próprias necessidades naturais.

  • b)

    motivação, explicação das perguntas ou problemas, respostas intuitivas ou hipóteses, determinação dos instrumentos para busca de informação, esboços das fontes de informação e planejamento da investigação, coleta de dados, conclusões, generalizações e expressão e comunicação. O objetivo central do método é formar crianças capazes de formular projetos, sistematizá–los, debatê–los, estabelecer relações, realizar experimentos, formular conclusões, tudo isso com o objetivo de contribuir para a formação de sujeitos críticos, responsáveis e instrumentalizados para intervir na realidade.

  • c)

    escolha do tema, planejamento do desenvolvimento do tema, busca de informação, tratamento da informação, desenvolvimento dos diferentes tópicos do índice, elaboração do dossiê de síntese, avaliação e novas perspectivas. Busca–se responder à necessidade de organizar os conteúdos de forma globalizada; esse método propõe a criação de situações nas quais os alunos aprendem certos procedimentos que os ajudam a organizar, compreender e assimilar uma informação.

  • d)

    exposição do tema gerador a ser pesquisado, apresentação das fontes de informação, desdobramento do tema em itens, organização dos agrupamentos dos alunos por item, pesquisa iconográfica, apresentação dos resultados e elaboração de um mapa conceitual. O trabalho com palavras–geradoras, na medida em que estas têm um significado real para as pessoas na sua relação com a vida, constitui uma contribuição para o conhecimento integrado.

  • e)

    intenção, preparação, execução e avaliação. Na primeira fase, os alunos coordenados e dirigidos pelo professor debatem sobre os diferentes projetos propostos, escolhem o objeto ou a montagem que querem realizar e a maneira de se organizar, grupo/ classe, grupos reduzidos, individualmente; definem e esclarecem as características gerais do que querem fazer, assim como os objetivos que pretendem alcançar. Possibilita a atividade coletiva dos alunos, a vinculação da escola à vida real e favorece a concepção da realidade como fato problemático, que demanda a busca de soluções.

208590 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Pedagogia

A chave, tanto para a reorganização do conhecimento

escolar em currículo, quanto para o próprio

desenvolvimento deste, é a clareza quanto ao papel da

aquisição de competências e habilidades na formação do

cidadão. Nessa perspectiva, é correto afirmar que as

competências e habilidades

  • a)

    implicam uma concepção tarefeira de aprendizagem, em que o professor é convertido em espécie de adestrador e o aluno em repetidor. As competências e habilidades possibilitam e geram os desempenhos, confundindo–se com eles.

  • b)

    surgem na concepção pedagógica em que o foco da ação escolar está exatamente no ensino e não na aprendizagem, em que o professor desempenha o importante papel de orientador, cabendo ao aluno uma participação passiva e constante no processo de elaboração e sedimentação de seu próprio conhecimento.

  • c)

    pressupõem o abandono dos conteúdos ditos escolares, uma vez que as estruturas da inteligência se formam e se reorganizam na ação consciente sobre o mundo, sobre os fenômenos naturais, sociais e culturais. Há um permanente tecer e entretecer de competências, desempenho e experiências, de alto poder explicativo, que atuam como ferramentas intelectuais no confronto com a realidade.

  • d)

    não implicam uma aprendizagem mecânica. Competências e habilidades são modalidades estruturais da inteligência; são os esquemas mentais de que afirma Piaget, constituindo antes um conjunto de potencialidades e possibilidades do que de resultados ou desempenhos.

  • e)

    implicam também a aquisição dos conhecimentos escolares presentes nos conjuntos de definições a serem memorizados e transmitidos pela aula expositiva, pelo livro didático, pelo quadro de giz, pelo caderno ou pela prova. Discorrer ou até ouvir alguém discorrer sobre um conceito, procedimento ou teoria habilita o estudante a agir no momento em que o domínio de tal conceito, procedimento ou teoria é requisitado.

208591 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Pedagogia

Hoje é necessário utilizar e compreender o recurso digital

como forma de ampliação de conhecimento coletivo

dentro do curso da Educação de Jovens e Adultos (EJA).

O mundo contemporâneo tem demandas que se utilizam

da comunicação digital e a EJA não pode ser

desvinculada de seu uso. O principal desafio em trabalhar

as tecnologias da informação e da comunicação digital

com jovens e adultos é(são)

  • a)

    a homogeneidade do agrupamento turma, pois todos apresentam defasagem de aprendizagem e de idade/ série. Esse aspecto dificulta a aprendizagem colaborativa e a interação solidária. No contexto descrito, o computador passa a ser utilizado só para receber informações voltadas ao cotidiano do jovem e do adulto. Para a EJA não é possível programar currículos abertos, flexíveis e conectados.

  • b)

    o desencanto dos alunos com a educação. Os alunos da EJA são sujeitos que chegam à escola carregando saberes, vivências, culturas, valores, visões de mundo e de trabalho já cristalizados e uma longa história de fracasso escolar. A inclusão digital é, em primeiro lugar, amplo acesso à tecnologia, e a escola é o único e centralizador polo de difusão desses conhecimentos para os alunos da EJA.

  • c)

    a pobreza dos alunos e da EJA. Se o Telecentro ou mesmo as Lan Houses são lugares onde as pessoas podem aprender sobre novas tecnologias, isso não precisa, necessariamente, acontecer na escola. As escolas podem ser, no caso da EJA, o local onde os adultos aprendem a ler e escrever, e até mesmo sobre conhecimentos básicos de informática.

  • d)

    os custos para implantar nas escolas as tecnologias da informação e comunicação. Comprar aparelhos eletrônicos de última geração tem alto custo. A educação com lápis, papel e borracha de um lado, lousa/ quadro–negro e giz de outro, com a obsolescência do conteúdo programático, já é difícil de ser garantida para os alunos da EJA, quanto mais uma educação tendo as Tecnologias de Informação e Comunicação (TIC) transversais ao currículo.

  • e)

    superar resistências. A escola só pratica a inclusão digital quando, nos currículos e nos projetos pedagógicos, as tecnologias da informação e da comunicação não são vistas apenas como ferramentas, mas como recursos instituintes de novas formas de aprender e ensinar, na perspectiva das redes colaborativas e de autonomia do sujeito. Diante do exposto, o professor precisa assumir uma postura mais relacional, dialógica, cultural, contextual e comunitária.

208592 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Legislação Federal

De acordo com a Lei nº 10.871/2004, a avaliação de

desempenho individual e a avaliação de desempenho

institucional visam a aferir, respectivamente,

  • a)

    a responsabilidade, a assiduidade, o compromisso, a eficiência e eficácia dos gestores e chefes de equipes na luta para atingir as metas institucionais; os resultados obtidos, em termos de satisfação dos usuários do serviço em pauta, em consonância com as metas da entidade.

  • b)

    a efetividade dos servidores, a capacidade de produzir um efeito, que pode ser positivo ou negativo, possibilitando, dessa forma, verificar o impacto da implantação de um programa ou projeto; a efetividade da instituição na implantação de um programa ou projeto, podendo considerar projetos e atividades prioritárias e condições especiais de trabalho, além de outras características específicas de cada entidade.

  • c)

    a eficiência da entidade, ou seja, a capacidade de utilizar produtivamente os recursos para atingir as metas institucionais; eficácia dos servidores, ou seja, a capacidade de realizar objetivos propostos e a efetividade, ou seja, a capacidade de realizar a coisa certa para transformar a situação existente, de acordo com as diretrizes institucionais.

  • d)

    o desempenho do servidor, no exercício das atribuições do cargo ou função, com foco na sua contribuição individual para o alcance das metas institucionais; o desempenho no alcance das metas institucionais, podendo considerar projetos e atividades prioritárias e condições especiais de trabalho, além de outras características específicas de cada entidade.

  • e)

    o desempenho no alcance das metas institucionais, considerando os programas, projetos e atividades prioritárias, além de outras características específicas de cada instituição; o desempenho do servidor, no exercício das atribuições do cargo ou função, com foco na eficiência, na eficácia e na efetividade individual para o alcance das metas institucionais.

208593 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Português

Mostrar/Esconder texto associado

De acordo com a norma–padrão da Língua Portuguesa e levando em consideração o terceiro e o quarto parágrafos do texto e as orientações da prescrição gramatical no que se refere a textos escritos, assinale a alternativa correta.

  • a)
    No terceiro parágrafo e na expressão “pouco saudável”, do quarto parágrafo, as aspas indicam uma intenção irônica do autor, ao passo que no fragmento “Compete à lei federal (...)” elas revelam citação de discurso alheio.
  • b)
    É possível a substituição de “garantam à pessoa a possibilidade de se defender” por “garantam a pessoa à possibilidade de se defender”, sem que haja prejuízo para o sentido ou para a correção gramatical do trecho.
  • c)
    O verbo “Compete” pode ser substituído por “Cabe” ou “Assiste”, sem que haja prejuízo para a correção gramatical ou para o sentido do trecho.
  • d)
    O trecho “que possam ser nocivos à saúde” pode ser substituído por “cujo o efeito possa ser nocivo à saúde”, sem que haja prejuízo para a correção gramatical ou para o sentido.
  • e)
    O trecho “a possibilidade de se defender da propaganda” pode ser substituído por “a possibilidade de defesa à propaganda”, sem que haja prejuízo para a correção gramatical ou para o sentido.

208594 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Inglês

Mostrar/Esconder texto associado

Read the sentence below taken from the text and analyze the assertions below.



“Sales of margarine have plummeted in the last year, according to Kantar, with ‘health’ spreads dropping 7.4% in sales. Flora has been particularly badly hit, losing £24m in sales, partly due to reformulating its recipe.”



I. The possessive pronoun “its” refers to Flora’s new recipe.

II. “Due to” establishes a relation of cause to the situation exposed.

III. “Badly” has the same gramar classification as “wooly”.



The correct assertion(s) is(are)

  • a)
    I and II, only.
  • b)
    III, only.
  • c)
    II and III, only.
  • d)
    II, only.
  • e)
    I, II and III.

208595 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Inglês

Read the text below and choose the alternative that fills in correctly and respectively the blanks.



Treatment & Managing Reactions



Currently, the only way to prevent a food–allergic reaction is to ___________ the problem food. Once you have been diagnosed _________ a food allergy, talk to your doctor ___________ how allergic reactions should be treated. Have your doctor created a written “Food Allergy Action Plan”__________ that you and ___________ will know what to do in the event of a reaction? Mild to moderate symptoms (e.g., itching, sneezing, hives and rashes) are _____________ treated with antihistamines and oral or topical steroids. For patients at risk ____________ experiencing a severe reaction (anaphylaxis), epinephrine is prescribed. Epinephrine is the _____________ medication that can reverse the symptoms of anaphylaxis. It is available in an auto–injector (Auvi–Q™, EpiPen® or Adrenaclick®). If prescribed, use Epinephrine at the first sign of an allergic reaction and call 911. Request an ambulance and tell the dispatchers that you have just used Epinephrine for a suspected food–induced anaphylactic reaction. Patients should always go to the emergency room for further treatment, _____________ if symptoms appear to resolve after Epinephrine is administered.

Treatment & Managing Reactions. Available in: http://www.foodallergy.org

  • a)
    destroy/ however/ on/ even/ somebody/ frequency/ off/ just/ though
  • b)
    annoy/ though/ so/ but/ another/ usually/ at/ simply/ even
  • c)
    allow/ even/ by/ and/ ones/ attendance/ off/ lonely/ although
  • d)
    avoid/ with/ about/ so/ others/ often/ of/ only/ even
  • e)
    enable/ yet/ as/ upon/ one/ often/ in/ just/ even

208596 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Direito Constitucional

Sobre o artigo 5º da Constituição Federal, analise as assertivas abaixo.



I. Partido político, devidamente constituído e registrado, ainda sem representação no Congresso Nacional, pode impetrar mandado de segurança coletivo.

II. A propositura de ação popular que visa a anular ato lesivo ao patrimônio público, à moralidade administrativa, ao meio ambiente e ao patrimônio histórico e cultural é garantida a qualquer cidadão.

III. Aos reconhecidamente pobres são gratuitos o registro civil de nascimento, o registro civil de casamento e divórcio e a certidão de óbito.

IV. Aquele que ficar preso além do tempo fixado na sentença ou condenado por erro judiciário será indenizado pelo Estado.

É correto o que se afirma em

  • a)
    I e II, apenas.
  • b)
    II e III, apenas.
  • c)
    II e IV, apenas.
  • d)
    III e IV, apenas.
  • e)
    IV, apenas.

208597 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Legislação Federal

De acordo com a Lei nº 10.871/2004, que dispõe sobre a

criação de carreiras e organização de cargos das

Agências Públicas, é correto afirmar que

  • a)

    a jornada de trabalho semanal é de 44 horas.

  • b)

    o desenvolvimento do servidor em seu cargo obedecerá aos princípios da anualidade e da competência e qualificação profissional, não importando, para tanto, a existência ou não de vaga.

  • c)

    em caso de afastamento ou considerados como de efetivo exercício, o servidor continuará a perceber sua remuneração, sem direito, no entanto, à percepção de gratificação de desempenho (GDAR).

  • d)

    a avaliação de desempenho realizada pelas agências reguladoras detém critérios padronizados de mensuração do desempenho de seus empregados contando apenas os seguintes critérios legais: produtividade no trabalho, capacidade de iniciativa, cumprimento das normas de procedimentos e de conduta no desempenho das atribuições do cargo, disciplina e tempo de casa.

  • e)

    até que seja processada a primeira avaliação de desempenho individual que venha a surtir efeito financeiro, o servidor recém nomeado para cargo efetivo terá direito à percepção da GDAR no decurso do ciclo de avaliação no valor correspondente a 80 pontos.

208598 CETRO (2013) - ANVISA - Analista Administrativo / Não classificada

O “Estado de coisas” — state of affairs —, estudado no campo da Análise de Políticas Públicas, pode ser entendido como

  • a)
    item de agenda governamental.
  • b)
    resultado de atividade política estatal.
  • c)
    withinput.
  • d)
    problema político de alta relevância.
  • e)
    ausente das prioridades governamentais.