200 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

145228 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Notarial e Registral

De acordo com o regramento e a jurisprudência pertinente, assinale

a opção correta a respeito da proteção ao nome civil.

  • a)

    Não se admite a averbação de nome abreviado utilizado pelo interessado na sua atividade profissional.

  • b)

    Exige–se a prévia declaração judicial da existência de união estável para que se possa requerer o acréscimo do patronímico do companheiro.

  • c)

    Admite–se a averbação do nome alterado em razão de ameaça decorrente de colaboração com a apuração de crime, independentemente da cessação da ameaça

  • d)

    A alteração do nome poderá ocorrer até o primeiro ano após o interessado ter atingido a maioridade civil, podendo, inclusive, atingir os apelidos de família

  • e)

    Conforme entendimento do STJ, na hipótese de alteração de prenome em razão de mudança de sexo aprovada judicialmente, deve ficar averbado no livro cartorário pertinente que as modificações procedidas decorreram de decisão judicial.

145229 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Constitucional

Assinale a opção correta de acordo com a CF e com o entendimento

doutrinário a respeito do poder constituinte, do conceito de

constituição, da aplicabilidade e da interpretação das normas

constitucionais.

  • a)

    Conforme a moderna teoria constitucional, postulados normativos são normas metódicas, ou de segundo grau, que devem ser utilizados na interpretação e aplicação de princípios e regras presentes na constituição.

  • b)

    No Brasil, somente será possível alterar a forma federativa do Estado se houver aprovação de três quintos dos votos dos membros de cada casa do Congresso Nacional.

  • c)

    Denomina–se princípio da máxima efetividade o fenômeno constitucional consistente na alteração do sentido de norma constitucional originária, em razão da conjugação do texto da norma com fatores externos, sem que o texto dessa norma tenha sido modificado.

  • d)

    A eficácia das normas constitucionais de eficácia contida, cuja aplicabilidade é direta e imediata, somente pode ser reduzida por outra norma constitucional.

  • e)

    De acordo com o método jurídico ou hermenêutico clássico de interpretação, constituição é um sistema aberto de regras e princípios, atribuindo–se à interpretação um caráter prático na busca da solução do caso concreto.

145230 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Constitucional

No que se refere às funções essenciais à justiça, assinale a opção

correta de acordo com a CF.

  • a)

    De acordo com a CF, a representação judicial dos estados, do Distrito Federal e dos municípios cabe exclusivamente aos procuradores organizados em carreira, dependendo o ingresso nessa carreira de aprovação em concurso público de provas e títulos.

  • b)

    As defensorias públicas dos estados, do Distrito Federal e da União possuem autonomia funcional e administrativa, sendolhes assegurada a iniciativa de suas propostas orçamentárias na forma estabelecida na CF

  • c)

    Cabe ao Ministério Público Federal representar a União na execução de sua dívida ativa de natureza tributária.

  • d)

    A CF estabelece um rol exemplificativo de funções institucionais do MP, como, por exemplo, a função de promover, privativamente, as ações civil e penal públicas, na forma da lei.

  • e)

    À imunidade profissional do advogado não se podem aplicar restrições de qualquer natureza.

145231 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Administrativo

Com relação às licitações (Lei n.º 8.666/1993 e atualizações),

assinale a opção correta.

  • a)

    A prestação de serviços públicos sob o regime de permissão, concessão ou autorização independe da realização de licitação.

  • b)

    O licitante que apresentar tempestivamente impugnação contra determinada restrição para a habilitação imposta no edital de licitação somente poderá participar do processo licitatório após o trânsito em julgado da decisão pertinente à referida impugnação.

  • c)

    É dispensável a licitação para a compra de imóvel destinado ao atendimento de finalidades precípuas da administração pública, se as necessidades de instalação condicionarem sua escolha e ainda que seu preço seja superior ao de mercado, desde que o imóvel seja adequado à destinação pretendida pela administração

  • d)

    É possível a adoção da modalidade de licitação denominada tomada de preços caso os interessados apresentem comprovação das condições exigidas para o cadastramento até o terceiro dia posterior à data do recebimento das propostas, observada a necessária qualificação.

  • e)

    É vedada a inclusão, no edital de licitação, de exigências de habilitação para cujo atendimento os licitantes tenham de incorrer, antes da celebração do contrato, em custos não necessários.

145232 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Tributário

No que diz respeito à competência tributária e à vigência,

abrangência e interpretação da legislação tributária, assinale a

opção correta.

  • a)

    Vige, no direito tributário brasileiro, a regra interpretativa denominada in dubio pro fisco, fundada na prevalência do interesse público sobre o privado.

  • b)

    Segundo o CTN, o emprego da analogia não pode resultar na dispensa do pagamento de tributo devido e o emprego da equidade não poderá resultar na exigência de tributo não previsto em lei.

  • c)

    O critério adotado na CF para a distribuição de competência tributária para a instituição de impostos, ressalvado o imposto extraordinário de guerra, fundamenta–se na definição de situações materiais que servirão de suporte para a incidência do tributo

  • d)

    A legislação tributária abrange leis, medidas provisórias, tratados e convenções internacionais, decretos e normas complementares, sendo vedada a edição de atos normativos de natureza tributária pelas autoridades administrativas.

  • e)

    A legislação tributária aplica–se imediatamente aos fatos geradores futuros e aos pendentes cuja ocorrência ainda não se tenha iniciado.

145233 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Tributário

No que se refere a fato gerador e obrigação tributária, assinale a

opção correta.

  • a)

    O fato gerador da obrigação acessória deve estar previsto em lei específica

  • b)

    Fato gerador é a situação prevista em lei e cuja ocorrência faça surgir o crédito tributário

  • c)

    A transmissão de bem imóvel, por ato oneroso, configura fato gerador do ITBI, iniciando–se nesse momento a contagem do prazo prescricional da obrigação.

  • d)

    A obrigação tributária origina–se com o lançamento

  • e)

    A obtenção de renda decorrente de negócio, ainda que ilícito, constitui fato gerador do imposto sobre a renda.

145234 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Civil

A respeito do direito das sucessões, assinale a opção correta.

  • a)

    O cônjuge que, nos autos do inventário, renunciar ao direito real de habitação, perde o direito de participação na herança.

  • b)

    Existindo interesse público, o MP tem legitimidade para promover ação, com vistas à declaração da indignidade de legatário.

  • c)

    A instituição de cláusula revocatória invalida o testamento

  • d)

    Na concorrência entre o cônjuge e os herdeiros do de cujus, deve ser reservada a quarta parte da herança para o sobrevivente no caso de filiação híbrida.

  • e)

    Não há previsão, no Código Civil brasileiro, para a realização de testamento vital.

145235 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Processual Civil

Acerca da petição inicial, assinale a opção correta.

  • a)

    Na hipótese de cumulação de pedidos própria, o juiz não pode acolher mais de um pedido simultaneamente, o que é possível no caso de pedido alternativo e de pedido sucessivo.

  • b)

    O autor poderá alterar tanto a causa de pedir quanto o pedido depois do saneamento do processo, desde que haja concordância do réu.

  • c)

    Não possuirá efeito regressivo a apelação interposta contra decisão que indeferir a petição inicial.

  • d)

    A emenda da inicial é um direito subjetivo do autor.

  • e)

    Segundo a jurisprudência do STJ, a aplicação de multa pelo descumprimento de obrigação de fazer ou não fazer dispensa prévia intimação pessoal do devedor.

145236 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Administrativo

À luz da jurisprudência do STJ, assinale a opção correta referente

à ação de improbidade administrativa.

  • a)

    Não deve ser recebida pelo Poder Judiciário petição inicial de ação de improbidade que contiver meros indícios de cometimento de atos de improbidade administrativa, dado o princípio in dubio pro reo.

  • b)

    Os conselheiros dos tribunais de contas dos estados possuem foro por prerrogativa de função em ações de improbidade administrativa.

  • c)

    O tribunal de justiça só pode reduzir o valor evidentemente excessivo da pena de multa por ato de improbidade administrativa se houver pedido expresso do apelante pleiteando a redução.

  • d)

    A declaração de indisponibilidade de bens pela prática de ato de improbidade administrativa que tenha causado lesão ao patrimônio público não está condicionada à demonstração da ocorrência de periculum in mora.

  • e)

    Não é possível a decretação da indisponibilidade e do sequestro de bens antes do recebimento da petição inicial da ação de improbidade administrativa.

145237 CESPE (2014) - TJ-SE - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Penal

A respeito dos crimes contra a pessoa e contra o patrimônio,

assinale a opção correta.

  • a)

    O fato de um agente subtrair de sua vítima o veículo, a carteira, o celular e ainda restringir sua liberdade para realizar saques em caixas eletrônicos configura continuidade delitiva referente a todos os delitos cometidos.

  • b)

    Considere que Paulo, mediante o emprego de arma de fogo, tenha praticado roubo contra Maria, no momento em que ela descia do carro no estacionamento de um supermercado, pela manhã, e que, depois do almoço, enquanto se dirigia a sua casa, Paulo tenha sido parado em blitz de rotina e, sem que os policiais soubessem do roubo ocorrido, tenha sido preso em flagrante com a arma utilizada no delito da manhã. Nessa situação, Paulo deve responder, em concurso formal, pelo crime de roubo e porte ilegal de arma, afastando–se o princípio da consunção.

  • c)

    Caso dois agentes, previamente ajustados, tenham praticado crime de roubo, com o uso de arma de fogo, e, em consequência dos disparos feitos com a arma, a vítima faleça, o comparsa que não disparou os tiros somente responde pelos atos que efetivamente tiver praticado, não devendo ser responsabilizado pelos disparos que resultaram no óbito da vítima.

  • d)

    Em se tratando de roubo circunstanciado duplamente qualificado, o acréscimo da pena na terceira fase da dosimetria não constitui mera decorrência da gravidade do delito.

  • e)

    Para a incidência da causa de aumento de pena no crime de roubo com emprego de arma de fogo, exige–se a perícia da arma a fim de se comprovar, de fato, o seu grau de lesividade.