200 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

209741 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Não classificada

No que concerne ao TJBA, assinale a opção correta de acordo com a Lei n.º 10.845/2007.

  • a)
    A nomeação, a promoção e a remoção perderão automaticamente o seu efeito se o magistrado não entrar em exercício no prazo devido.
  • b)
    O magistrado que se tenha afastado do cargo não poderá exercer advocacia no juízo do tribunal antes de decorridos dois anos de seu afastamento.
  • c)
    Após oitiva do presidente do TJBA, os corregedores podem designar juiz substituto para ter exercício em qualquer unidade de divisão judiciária do estado.
  • d)
    Nas comarcas de mais de uma vara, cabe ao juiz mais antigo dar posse aos servidores da justiça e fazer as devidas comunicações ao Tribunal Pleno.
  • e)
    O magistrado nomeado deve tomar posse e entrar em exercício no prazo de quinze dias, contados da data da solenidade de nomeação.

209742 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Não classificada

Assinale a opção correta a respeito da administração pública e do Poder Executivo.

  • a)
    O vínculo estabelecido entre servidor temporário e a administração pública tem caráter trabalhista, razão pela qual é regido pela CLT.
  • b)
    As sociedades de economia mista estão isentas da aplicação das regras relativas ao teto remuneratório do servidor público, ainda que recebam recursos da União para seu custeio, pois são pessoas jurídicas de direito privado.
  • c)
    Caso um presidente da República seja acusado da prática de crimes comuns, a abertura de ação penal contra ele dependerá de prévia autorização da Câmara dos Deputados.
  • d)
    Para que ocorra a suspensão do presidente da República do exercício de suas funções no caso de acusação por crime de responsabilidade exige–se prévia decisão do STF.
  • e)
    A empresa pública que, no exercício de sua atividade econômica, causar prejuízo a terceiro deverá responder objetivamente pelo dano.

209743 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Não classificada

No que diz respeito à sindicância patrimonial, assinale a opção correta.

  • a)
    Na sindicância investigativa, da análise da evolução patrimonial do agente poderão ser extraídos suficientes indícios de incompatibilidade patrimonial capazes de culminar em penas disciplinares pela autoridade competente, a exemplo da demissão, ou na deflagração de ação de improbidade administrativa.
  • b)
    Por oferecer garantia investigativa e procedimental, a investigação preliminar, de caráter sigiloso e não contraditório, é procedimento obrigatório antes da instauração da sindicância patrimonial.
  • c)
    A sindicância patrimonial é um procedimento inquisitorial, sigiloso e não punitivo no qual é garantido o direito ao contraditório e ao devido processo legal.
  • d)
    A sindicância patrimonial constitui procedimento investigativo com escopo delimitado e representa importante instrumento de apuração prévia de práticas corruptivas que envolvam servidores públicos, na hipótese em que o patrimônio destes aparente ser superior à renda licitamente auferida.
  • e)
    A sindicância patrimonial é um instrumento preliminar de apuração de infração administrativa que não se presta a apurar o enriquecimento ilícito.

209744 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Administração Pública

No que se refere ao controle da administração pública, assinale a

opção correta.

  • a)

    De acordo com o STF, a CGU e o TCU agregam competências e atribuições, de forma harmoniosa, por serem órgãos de controle interno da administração pública, cada um com suas especificidades.

  • b)

    O controle social, como mecanismo de controle propriamente dito, pode ser exercido por intermédio do controle político ou do controle judicial, seja pela intervenção do sistema penal, administrativo, civil, seja pelo controle da improbidade administrativa.

  • c)

    A Lei de Responsabilidade Fiscal, instrumento de controle da administração pública, foi criada com o intuito de promover a transparência nas esferas políticas, embora não possa ser considerada instrumento de accountability, por ausência de conceitos a ela intrínsecos.

  • d)

    O controle exercido pela supervisão ministerial é feito por outra pessoa jurídica distinta daquela de que emana o ato, correspondendo, portanto, a controle externo, dada a inexistência de hierarquia entre as pessoas jurídicas envolvidas.

  • e)

    A imprensa não pode ser considerada instância natural de controle social sobre a administração pública.

209745 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Notarial e Registral

O cartório de registro de imóveis de determinado

município pretende realizar ação conjunta com o cartório de

registro de pessoas desse mesmo município, com vistas à

execução de projeto de atividades em regime de mútua

cooperação, estando prevista, para tanto, a transferência de

recursos no valor de cem mil reais.

Nessa situação hipotética, o instrumento a ser firmado poderá ser

um

  • a)

    termo de parceria, por haver transferência de recursos para organizações sem fins lucrativos.

  • b)

    contrato de transferência voluntária, por não haver contraprestação financeira.

  • c)

    contrato, segundo a legislação civil.

  • d)

    contrato de repasse, por haver a transferência de recursos financeiros.

  • e)

    convênio, por envolver a mútua cooperação em atividade de interesse recíproco e a transferência de recursos.

209746 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Tributário

De acordo com a partilha constitucional das rendas tributárias, do

produto da arrecadação do IR e do IPI,

  • a)

    23,5% serão destinados ao Fundo de Participação dos Estados, dos Municípios e do DF.

  • b)

    21,5% serão destinados para o Fundo de Participação dos Estados e do DF.

  • c)

    5% serão destinados para aplicação em programas de financiamento ao setor produtivo das regiões Norte, Nordeste e Centro–Oeste.

  • d)

    23% serão destinados ao Fundo de Participação dos Municípios.

  • e)

    1% será destinado ao Fundo de Participação dos Municípios, devendo ser entregue no primeiro decêndio do mês de janeiro a cada ano.

209747 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Tributário

Com referência à sujeição passiva na relação jurídica tributária,

assinale a opção correta.

  • a)

    Na obrigação principal, denomina–se responsável o sujeito passivo que tenha relação pessoal e direta com a situação que constitua o respectivo fato gerador.

  • b)

    O sujeito passivo, na obrigação acessória, é a pessoa obrigada ao pagamento do tributo ou penalidade tributária.

  • c)

    É sujeito passivo da obrigação principal a pessoa obrigada às prestações que constituam o seu objeto.

  • d)

    As convenções particulares relativas à responsabilidade pelo pagamento de tributos podem ser opostas à fazenda pública com o intuito de modificar a definição legal do sujeito passivo das obrigações tributárias.

  • e)

    É considerada sujeito passivo da obrigação principal a pessoa obrigada ao pagamento de tributo ou penalidade tributária.

209748 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Civil

Acerca de alimentos, assinale a opção correta com base nos

dispositivos do Código Civil e na jurisprudência do STJ.

  • a)

    A obrigação dos avós de prestar alimentos aos netos é sucessiva e complementar, podendo o alimentado, diante do mero inadimplemento da prestação alimentícia pelo genitor, pleitear alimentos diretamente dos avós.

  • b)

    O dever do pai, de prestar alimentos ao filho, extingue–se automaticamente, tão logo este atinja a maioridade.

  • c)

    O décimo terceiro salário e o adicional de férias só integrarão a base de cálculo da pensão alimentícia se houver prévia pactuação nesse sentido.

  • d)

    O Código Civil reconhece o direito de os companheiros pedirem uns aos outros alimentos de que necessitem, estabelecendo, contudo, que a constituição de nova união pelo companheiro alimentante ou pelo alimentado implica exclusão do dever de alimentar.

  • e)

    De acordo com o Código Civil, é vedado ao credor renunciar o direito de alimentos, entretanto, considera–se válida e eficaz a renúncia manifestada por um dos cônjuges por ocasião do divórcio, pois a irrenunciabilidade prevalece apenas enquanto subsista o vínculo de direito de família.

209749 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Civil

Acerca dos negócios jurídicos, assinale a opção correta.

  • a)

    A simulação resultante do conluio entre os contratantes não pode ser alegada por um deles como causa de nulidade do negócio jurídico.

  • b)

    É irrelevante a reserva mental desconhecida pelo destinatário da declaração de vontade.

  • c)

    São ilícitas as condições meramente potestativas.

  • d)

    Configura o estado de perigo, que torna anulável o negócio jurídico, o fato de uma pessoa sob premente necessidade se obrigar a prestação manifestamente desproporcional ao valor da prestação oposta.

  • e)

    Para anular negócio jurídico em decorrência da lesão, exige–se a configuração do dolo de aproveitamento.

209750 CESPE (2013) - TJ-BA - Titular de Serviços de Notas e de Registros / Direito Processual Civil

Assinale a opção correta em relação a recursos.

  • a)

    Os autos devem ser reencaminhados ao juízo a quo para novo julgamento da lide se o tribunal constatar a ocorrência de nulidade sanável que demande a realização ou a renovação de ato processual.

  • b)

    Segundo o STJ, não impede o conhecimento do recurso especial a ausência de assinatura do advogado da causa no recurso.

  • c)

    No caso de apelação contra sentença que tenha dado fim a processo sem julgamento de mérito, o tribunal pode decidir o mérito da ação mesmo sem o requerimento do recorrente quando a ação versar sobre questão exclusivamente de direito e estiver em condições de imediato julgamento.

  • d)

    Não são cabíveis embargos infringentes contra acórdão não unânime que julgue procedente uma ação rescisória.

  • e)

    Um juiz não pode deixar de receber apelação interposta mesmo que a matéria fundamentadora da sentença já tenha sido, na ocasião da interposição do recurso, sumulada nos tribunais superiores.