48 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

25504 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

As aplicações web que necessitam de segurança criptográfica dos dados transmitidos entre o navegador (cliente) e o servidor web utilizam o protocolo SSL/TLS para o estabelecimento de sessões seguras. Acerca do SSL/TLS e suas aplicações, julgue os itens a seguir.
Para se definir os algoritmos de criptografia simétrica que serão usados em uma sessão SSL, cliente e servidor trocam uma mensagem informando qual é a suíte de algoritmos que cada um suporta. Cabe ao servidor a escolha do algoritmo que será usado, tendo como critério o algoritmo que suporte a maior chave simétrica, em número de bits.
  • Certo
  • Errado

25505 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

A criptografia moderna tem três tipos de ferramentas básicas: algoritmos criptográficos simétricos e assimétricos e as funções de resumo de mensagem. Acerca dos principais algoritmos para esses tipos de ferramenta criptográfica, julgue os itens subseqüentes.
O algoritmo criptográfico RC4 tem como princípio de funcionamento o segredo criptográfico perfeito, em que a chave criptográfica deve ter o mesmo tamanho que a mensagem. Desse modo, no RC4, a chave de criptografia é a semente de uma seqüência pseudo-aleatória que é usada para chavear os bytes cifrados em uma operação linear. A mensagem cifrada pode ser tão longa quanto o período da seqüência gerada.
  • Certo
  • Errado

25506 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

As aplicações web que necessitam de segurança criptográfica dos dados transmitidos entre o navegador (cliente) e o servidor web utilizam o protocolo SSL/TLS para o estabelecimento de sessões seguras. Acerca do SSL/TLS e suas aplicações, julgue os itens a seguir.
Para o estabelecimento de uma sessão SSL, é necessário que o servidor e o cliente tenham um certificado digital válido. Esses certificados devem ser trocados e reconhecidos pelos destinatários como certificados confiáveis.
  • Certo
  • Errado

25507 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

O reconhecimento da confiança em um certificado digital pode ser feito por delegação, com uso de terceiras partes mutuamente confiáveis, denominadas autoridades certificadoras.
  • Certo
  • Errado

25508 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

Certificados digitais são assinados com criptografia assimétrica. A mesma chave usada para assinar o certificado deve ser usada para assinar as requisições de chave de sessão, o que garante a autenticidade e o não-repúdio no estabelecimento da sessão e serve como comprovação da propriedade do certificado.
  • Certo
  • Errado

25510 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

Durante a fase de transmissão de dados, os dados são cifrados com criptografia simétrica.
  • Certo
  • Errado

25512 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

A criptografia moderna tem três tipos de ferramentas básicas: algoritmos criptográficos simétricos e assimétricos e as funções de resumo de mensagem. Acerca dos principais algoritmos para esses tipos de ferramenta criptográfica, julgue os itens subseqüentes.
O algoritmo criptográfico DES é uma cifra de substituição que mapeia um bloco de texto claro de 64 bits em um outro bloco de criptograma de 64 bits.
  • Certo
  • Errado

25514 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

O DES e o seu sucessor como padrão de criptografia do governo norte-americano, o AES, são cifradores de bloco que obedecem o esquema geral de cifradores de Feistel. Nesses cifradores, os blocos cifrados são divididos em metades (lado esquerdo e lado direito) de mesmo tamanho, que são processadas independentemente, a cada rodada de cifração. Esse processo faz que apenas metade dos bits do bloco cifrado sofra influência da chave, em cada rodada, introduzindo confusão no processo criptográfico.
  • Certo
  • Errado

25517 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

MD5 e SHA-1 são funções de resumo de mensagem (funções hash). Esses algoritmos têm a finalidade de garantir a integridade e a autenticidade para mensagens de tamanho arbitrário.
  • Certo
  • Errado

25520 CESPE (2004) - Polícia Federal - Perito Criminal Federal - Informática / Segurança da Informação

Os sistemas de informação possuem diversas vulnerabilidades que podem ser exploradas para se comprometer a segurança da informação. Para reduzir os riscos de segurança, empregam-se diversos mecanismos de controle e de proteção física e lógica desses sistemas. Acerca das vulnerabilidades e proteções dos sistemas de informação, julgue os itens a seguir.
Um ataque de buffer overflow consiste em desviar o fluxo de execução de um software para um programa arbitrário que esteja copiado no disco rígido do sistema atacado. Esse é um exemplo clássico de backdoor resultante de um defeito de programação, que só pode ser eliminado com a atualização de versão do software defeituoso.
  • Certo
  • Errado