Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 135 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 135 questões gratuitas para resolução." />
135 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

76577 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A palavra que, no 1º parágrafo do Texto I, reforça a ideia de que os pobres são “Os despossuídos de tudo” é

  • a)
    ruim
  • b)
    hereditária
  • c)
    esperança
  • d)
    horizonte
  • e)
    roubada

76578 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Em “Passamos ao largo. Tomamos distância. Fugimos.

Deles, sim. Mas, no mais fundo das nossas consciências

adormecidas, fugimos de nós." (Texto I, . 57-59), o conector

destacado introduz uma

  • a)
    quebra de expectativa.
  • b)
    causa da sequência anterior.
  • c)
    dúvida sobre o enunciado.
  • d)
    proporcionalidade de ideias.
  • e)
    consequência do pensamento antecedente.

76579 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A palavra destacada em “Resgatam do naufrágio coisas tristes como eles, os jogados fora por uma sociedade que desperdiça coisas como desperdiça pessoas.” (Texto I, . 31-33) poderia ser substituída, sem mudan- ça no sentido original do enunciado, por

  • a)
    viagem
  • b)
    barco
  • c)
    descarte
  • d)
    chão
  • e)
    caminhão

76580 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Português

A frase em que se estabeleceu a concordância verbal de acordo com a norma-padrão é:

  • a)
    Existe, ainda, no mundo, pessoas muito pobres.
  • b)
    É natural que se jogue coisas inúteis fora.
  • c)
    Deve haver muitas pessoas que trabalham nos lixões.
  • d)
    Constitui uma forma de violência as desigualdades sociais.
  • e)
    É de coisas sem utilidade os dejetos dos lixões.

76581 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Economia

No período de 1990 a 1999 do século XX, a economia brasileira passou por várias reformas importantes, entre as quais NÃO se encontra a(o)

  • a)
    Reforma fiscal com a adoção do imposto sobre o valor adicionado.
  • b)
    Adoção do regime flutuante, para a política cambial do país.
  • c)
    Adoção da sistemática de Metas de Inflação, regendo o comportamento do Banco Central.
  • d)
    Programa de Ação Imediata, para equilibrar as finanças públicas.
  • e)
    Programa Nacional de Desestatização, privatizando grandes empresas estatais.

76582 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Economia

No início de 2013, os principais países desenvolvidos

defrontavam-se com baixas taxas de crescimento do

PIB real e elevadas taxas de desemprego. Na ocasião, o

economista Paul Krugman fez o seguinte diagnóstico da

conjuntura econômica e das dificuldades para reativar as

economias nesses países:

[...] os Estados Unidos, Japão e principais países da

Zona do Euro estão diante da armadilha da liquidez.

Como as taxas de juros já se encontram próximas de

zero, os investidores terão sempre a opção de reter

moeda.

KRUGMAN, P. Política monetária na armadilha da liquidez. The

New York Times, New York, 11 abr. 2013. Disponível em: . Acesso em: 8 maio 2016. Adaptado.

De acordo com a teoria keynesiana, a política econômica

mais apropriada para promover o aumento do PIB real e

do emprego em economias que enfrentam a armadilha da

liquidez é a(o )

  • a)
    expansão da oferta de moeda
  • b)
    redução das tarifas de importação
  • c)
    compra esterilizada de reservas internacionais
  • d)
    redução das taxas básicas de juros pelos bancos centrais
  • e)
    aumento dos gastos públicos

76583 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Economia

O modelo Mundell-Fleming (IS-LM-BP) considera que os

impactos de curto prazo decorrentes das políticas monetária

e fiscal sobre a renda agregada e as taxas de juros

dependem do regime de câmbio adotado e do grau de

abertura da economia ao movimento de capitais. O grá-

fico seguinte reproduz a situação de equilíbrio inicial (no

ponto E0 ) de um país hipotético que adota um regime de

câmbio flutuante e conta com perfeita mobilidade de capitais

(Y é a renda agregada; i, a taxa de juros; e Y*, a renda

agregada compatível com o pleno emprego):

Admita-se que na situação de equilíbrio inicial (E0), o país

esteja enfrentando grave recessão econômica, elevado

desemprego e ameaça de deflação.

Caso o Banco Central, visando a reativar a economia,

adote um programa de compras expressivas de títulos de

longo prazo (quantitative easing), o efeito esperado sobre

a renda agregada, a taxa de juros e a taxa de câmbio da

moeda desse país, em relação ao dólar, são, respectivamente,

  • a)
    aumento; nulo; aumento
  • b)
    aumento; redução; aumento
  • c)
    aumento; redução; redução
  • d)
    redução; aumento; nulo
  • e)
    nulo; nulo; nulo

76584 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Administração de Recursos Materiais

Um gestor pretende adquirir um produto pelo menor custo

e também quer levar em consideração a qualidade desse

produto. Para auxiliar sua decisão, construiu uma árvore

de decisão, apresentada a seguir.

A qualidade é avaliada a partir da escala de 1 a 5, onde

1 é o valor para melhor qualidade e 5, para pior qualidade.

Nesse caso, operando com os dois objetivos de igual

peso, o decisor deverá escolher a opção

  • a)
    custo 100 e qualidade 2
  • b)
    custo 80 e qualidade 3
  • c)
    custo 220 e qualidade 1
  • d)
    custo 70 e qualidade 4
  • e)
    custo 200 e qualidade 2

76585 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Estatística

Quando um pesquisador vai a campo e aborda pessoas na rua para serem entrevistadas, o número de pessoas que aceita responder à pesquisa segue uma distribuição binomial. Se o valor esperado dessa distribuição é 8, e sua variância é 1,6, então a probabilidade de uma pessoa aceitar responder à pesquisa é de

  • a)
    1,6%
  • b)
    16%
  • c)
    20%
  • d)
    50%
  • e)
    80%

76586 CESGRANRIO (2016) - IBGE - Supervisor de Pesquisas / Estatística

Uma política de geração de renda prometeu elevar a

renda per capita da população de determinada região a

R$ 5.000,00. Após a implementação de tal política, uma

pesquisa feita com 25 famílias constatou uma renda

per capita média de R$ 6.000,00, com um desvio-padrão

amostral de R$ 2.500,00.

Ao nível de significância de 5%, constata-se que a política

de geração de renda

  • a)

    não foi bem sucedida, já que sua estatística do teste, igual a 0,4, não é superior ao valor crítico, igual a 1,71.

  • b)

    não foi bem sucedida, já que sua estatística do teste, igual a 0,4, não é superior ao valor crítico, igual a 1,64.

  • c)

    foi bem sucedida, já que sua estatística do teste, igual a 2, é superior ao valor crítico, igual a 1,71.

  • d)

    foi bem sucedida, já que sua estatística do teste, igual a 2, é superior ao valor crítico, igual a 1,64.

  • e)

    não pode ser avaliada no que se refere ao seu sucesso ou fracasso, dado que uma amostra de 25 famílias não é suficiente para fazer uma afirmação com 95% de confiança.