40 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

145736 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Geração, transmissão e distrib...

Segundo o Plano Decenal de Expansão de Energia 2022, a expansão dos sistemas dos três estados da Região Sul – Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Paraná – está prevista para os seguintes níveis de tensão, em kV:

  • a)

    69 e 138

  • b)

    69 e 230

  • c)

    138 e 230

  • d)

    138 e 525

  • e)

    230 e 525

145737 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Geração, transmissão e distrib...

O Plano Decenal de Expansão de Energia 2022 prevê obras de expansão de interligações na região Nordeste. Associe as obras de expansão com os estados em que tais obras serão realizadas.





I – Construção da LT 230 kV Eliseu Martins – Gilbués, com seccionamento em Bom Jesus



II – Construção da LT 500 kV Ibiapina II – Sobral III CS (C1)



III – Seccionamento da LT 500 kV Bom Jesus da Lapa II - Ibicoara C1





P – Bahia



Q – Ceará



R – Pernambuco



S – Piauí





As associações corretas são:

  • a)

    I – P , II – R , III – Q

  • b)

    I – P , II – Q , III – S

  • c)

    I – Q , II – S , III – P

  • d)

    I – R , II – Q , III – S

  • e)

    I – S , II – Q , III – P

145738 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Geração, transmissão e distrib...

O Plano Decenal de Expansão de Energia 2022 enumera os estudos específicos em desenvolvimento e os que deverão ser realizados pela EPE em conjunto com as empresas, assim como também as recomendações resultantes das análises realizadas no período decenal, para cada uma das regiões do SIN.

Para a região Sudeste, está prevista( o) a(o )

  • a)

    atualização do estudo de integração das biomassas dos estados de São Paulo e Espírito Santo.

  • b)

    suprimento à região leste e ao ABC do estado de São Paulo.

  • c)

    estudo sobre atendimento à Ampla com a SE Zona Oeste, no Rio de Janeiro.

  • d)

    estudo de suprimento ao sul do Espírito Santo (São Mateus).

  • e)

    estudo para atendimento à região norte de Minas Gerais (SE Poços de Caldas, Itutinga e Varginha).

145739 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Não classificada

Considerando-se os estudos de transitórios eletromagné- ticos em sistemas elétricos, na ocorrência de descargas atmosféricas, a velocidade de propagação das ondas viajantes depende do parâmetro das linhas de transmissão em estudo. Uma linha de transmissão trifásica e transposta possui os seguintes parâmetros por fase:



L = 1,2 x 10-6 H/m

C = 8,2 x 10-12 F/m



Nessas condições, a velocidade aproximada de propaga- ção da onda viajante, em m/s, dessa linha é

  • a)
    5,4 x 106
  • b)
    1,2 x 108
  • c)
    2,2 x 108
  • d)
    6,7 x 109
  • e)
    8,6 x 109
icon
Questão anulada pela banca organizadora do concurso.

145740 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Não classificada

Capacitores são amplamente utilizados em subestações com objetivo de realizar o suporte de reativos e de auxiliar no controle de tensão em sistemas elétricos. Suponha que um determinado banco de capacitores, com tensão nominal de 8 kV, foi instalado em um barramento de uma subestação cuja tensão nominal é de 4 kV. Nesse caso, a razão entre a potência reativa fornecida pelo banco e a potência reativa nominal é igual a

  • a)
    0,1
  • b)
    0,25
  • c)
    0,5
  • d)
    1
  • e)
    2

145741 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Geração, transmissão e distrib...

Considerando-se as características elétricas de linhas de transmissão, sabe-se que a modelagem desses equipamentos depende do comprimento da linha em estudo. A partir da modelagem de uma linha de transmissão longa, é possível realizar hipóteses simplificadoras, de forma a obter o circuito equivalente da linha de transmissão curta. A partir do modelo π equivalente da linha longa, supondo-se haver uma carga no receptor, é hipótese simplificadora, para a obtenção do modelo da linha curta, considerar que a( s)

  • a)

    impedância indutiva da linha tende a zero.

  • b)

    resistência da linha é numericamente igual ao da indutância.

  • c)

    magnitudes das tensões no transmissor e no receptor são iguais.

  • d)

    magnitudes das correntes no transmissor e no receptor são diferentes.

  • e)

    admitâncias shunt são nulas.

145742 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Não classificada

Uma interligação inter-regional, com excedente de geração em um dos subsistemas, pode ser modelada, sob o aspecto econômico, como uma usina geradora virtual. Sendo assim, considere o cálculo do Índice de Custo Benefício – ICB – dessa interligação, em que sua Receita Anual Permitida – RAP – compõe os custos fixos, o seu limite médio de Intercâmbio de energia – LI – constitui a garantia física, e o valor esperado do Custo Marginal da Operação – CMO – representa a parcela invariante do ICB. Considere ainda, que uma determinada interligação apresenta os seguintes valores:



RAP = R$ 400.000.000,00

LI = 5.000 MWh médio

CMO = R$ 150,00/MWh



Qual é o valor, em reais, do ICB dessa interligação?

  • a)
    -140,87
  • b)
    140,87
  • c)
    159,13
  • d)
    79.850,00
  • e)
    80.150,00

145743 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Engenharia Elétrica

Uma equipe de estudos ficou encarregada de elaborar um relatório, tendo em vista a escolha de alternativa para a expansão de um sistema de transmissão regional, cujo objetivo é conectar novos empreendimentos de geração no Sistema Interligado Nacional.





Relacione as ferramentas utilizadas com as respectivas atividades apresentadas a seguir, para a escolha de alternativa técnico-econômica.



I - Análise de sensibilidade



II - Estudos de Fluxo de Carga



III - Dimensionamento ótimo de linhas de transmissão



P - Formular alternativas de transmissão para escoamento pleno da potência dos empreendimentos e sua interação com o sistema regional.



Q - Analisar as alternativas formuladas sob o enfoque de desempenho em regime permanente.



R - Comparar técnico-economicamente as alternativas formuladas.



S - Indicar a melhor alternativa técnica e econômica para o empreendimento.



As associações corretas são:

  • a)

    I - P , II - R , III - S

  • b)

    I - Q , II - S , III - P

  • c)

    I - R , II - Q , III - P

  • d)

    I - R , II - S , III - P

  • e)

    I - S , II - P , III - R

156162 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Não classificada

A interligação Sul e Sudeste/Centro-Oeste apresenta como elementos de destaque as linhas de transmissão em 500 kV Bateias-Ibiúna (em circuito duplo) e Londrina – Assis, bem como a transformação 765/500 kV na SE Ivaiporã. A definição da expansão dessa interligação foi tratada em estudo específico, sob coordenação da EPE, e a alternativa recomendada contempla duas linhas de transmissão em 500 kV, interligando

  • a)
    Assis – Londrina e Assis – Itatiba
  • b)
    Bateias – Londrina e Bateias – Itatiba
  • c)
    Itatiba – Assis e Itatiba – Londrina
  • d)
    Itatiba – Bateias e Assis – Londrina
  • e)
    Assis – Itatiba e Londrina – Bateias

156163 CESGRANRIO (2014) - EPE - Analista de Pesquisa Energética - Transmissão de Energia / Não classificada

O estado do Acre é integrado ao SIN através da Subestação Rio Branco 230/138/69 kV. As demais cargas constituem sistemas isolados, atendidos em sua grande maioria por usinas térmicas a diesel. A EPE desenvolveu um estudo elétrico na região, avaliando a oportunidade de integrar os principais centros urbanos ao SIN, propiciando qualidade de suprimento, maior confiabilidade e ainda a economia, resultante da eliminação da geração térmica a diesel, de custo elevado para a sociedade como um todo. A solução indicada foi uma linha de 230 kV, interligando a subestação de Rio Branco às cidades de

  • a)
    Cruzeiro do Sul e Plácido de Castro
  • b)
    Cruzeiro do Sul e Feijó
  • c)
    Cruzeiro do Sul e Xapuri
  • d)
    Plácido de Castro e Feijó
  • e)
    Plácido de Castro e Xapuri