45 resultados encontrados para . (0.021 segundos)

00413 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Banco de Dados

São operações realizadas automaticamente por ferramentas OLAP
  • a)
    Data Surfing e Slicing.
  • b)
    ETL e Dicing.
  • c)
    Pivoting e Data Mart.
  • d)
    Star Model e Drill Down.
  • e)
    Data Drill e Slicing Over.

00449 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Banco de Dados

Os armazéns de dados (Data Warehouses) servem como uma importante ferramenta aos gestores para avaliarem a uma conveniência da execução da estratégia organizacional utilizada. Sobre concepção/uso de Data Warehouses, tem-se que
  • a)
    a concepção de um data warehouse segue os mesmos princípios do projeto de bancos de dados de sistemas transacionais, com as etapas de modelagem conceitual de dados, projeto lógico e projeto físico de banco de dados.
  • b)
    as técnicas de geração de modelos multidimensionais sempre consideram a existência de uma tabela de fatos, que mantém associações com tabelas periféricas, chamadas dimensões.
  • c)
    o projeto de data warehouses carrega, na base do data warehouses, amostras de dados com alto nível de detalhes, com vistas a auditar, sempre que necessário, os dados consolidados utilizados nas análises realizadas.
  • d)
    um data mart pode ser definido como uma porção física ou lógica do data warehouse, centrado em um assunto específico, com a finalidade de facilitar o processo de Extração, Transformação e Carga (ETC) no data warehouse principal.
  • e)
    a incorporação da dimensão tempo em data warehouses é opcional e utilizada quando se deseja aprimorar a qualidade das análises realizadas em sistemas OLAP.

00501 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Banco de Dados

No contexto de Data Warehouses, o processo de Extração, Transformação e Carga (ETC)
  • a)
    revela-se como uma das etapas importantes do processo de criação do data warehouse, já que sua função é obter automaticamente os conhecimentos necessários para a padronização dos dados em modelos multidimensionais.
  • b)
    produz, ao seu término, uma série de tabelas (chamadas fatos) que se caracterizam por possuírem dados normalizados até a 3ª forma normal.
  • c)
    apresenta, como algumas de suas tarefas, filtragem, integração, conversão, condensação e derivação dos dados de entrada, que podem ser originários de diversas fontes, inclusive externas aos sistemas OLTP da organização.
  • d)
    leva em consideração o modelo conceitual de dados das fontes de dados, que é geralmente expresso como modelo entidade-relacionamento.
  • e)
    considera somente os dados provenientes de sistemas OLTP como válidos para o processo e, caso exista a necessidade de consideração de dados externos, estes devem ser importados para os sistemas legados.

00891 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Engenharia de Software

Uma das principais atividades do processo de teste de um ciclo de vida de um projeto qualquer é
  • a)
    projetar testes que tratem da especificação de procedimentos externos ao computador, tais como: captação das informações, identificação das partes interessadas e distribuição das saídas.
  • b)
    projetar o processo de teste criando casos de teste, rotinas de teste e, eventualmente, desenvolvendo programas que fazem o teste de forma automática.
  • c)
    analisar e definir testes através da manipulação de ferramentas de processos usadas especialmente para obtenção de requisitos de teste de software, tais como: CMMI, BPM e ISO 9001:2000.
  • d)
    produzir testes e o manual de especificação do uso do sistema que é utilizado para ensinar o usuário a manipular o produto final do software.
  • e)
    testar as unidade de software na fase de operação e manutenção do sistema e utilizar os resultados como métricas para eventuais ajustes em projetos anteriores.

01146 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Arquitetura de Software

No que diz respeito às arquiteturas orientadas a serviços (SOA - Service-Oriented Architecture), tem-se que
  • a)
    o ciclo de vida de SOA requer, como parâmetro, um modelo iterativo que ilustra os relacionamentos e as dependências entre os componentes envolvidos no processo de identificação, mapeamento e disponibilização de serviços de negócio.
  • b)
    um barramento de serviços (ESB - Enterprise Service Bus) é um modelo conceitual tecnológico que se utiliza de padrões e ferramentas de modelagem e desenvolvimento, para unir e conectar serviços, aplicações e recursos de Tecnologia da Informação da organização.
  • c)
    os barramentos de serviço devem ser funcionais, fornecendo a infraestrutura necessária para a implementação dos requisitos de negócio obtidos na etapa de testes e estes requisitos servirão como parâmetros para o seu ciclo de vida.
  • d)
    os elementos fundamentais para a criação de uma arquitetura de referência SOA são o domínio do negócio, as soluções tecnológicas, o comportamento socioorganizacional, a arquitetura de informação e a governança.
  • e)
    o modelo de maturidade de processos de negócio para SOA segue os princípios dos modelos mps.BR e CMMi, definindo cinco níveis de maturidade do modelo e um metanível de arquitetura BPM.

14397 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Engenharia de Software

No Projeto de Interfaces de software modelados e projetados segundo o paradigma da orientação a objetos, diversos artefatos da UML 2.0 são utilizados para a construção do mapa de navegação das telas. Um diagrama NÃO adequado a essa tarefa é o de
  • a)
    objetos.
  • b)
    implantação.
  • c)
    transição de estados.
  • d)
    atividades.
  • e)
    casos de uso.

14398 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Engenharia de Software

É comum, na Engenharia de Software, o uso de ferramentas de software que auxiliam na realização de diversas atividades do desenvolvimento. Nesse contexto, ferramentas de
  • a)
    refatoração auxiliam a modificação de uma região do código-fonte de um sistema, com o objetivo de alterar comportamento externo deste último.
  • b)
    análise estática do código permitem obter métricas de qualidade de um produto de software, tais como o grau de dependência entre seus componentes.
  • c)
    integração contínua são destinadas a automatizar a implantação do produto de software no ambiente de produção.
  • d)
    engenharia reversa são destinadas ao controle das diversas versões de um produto de software.
  • e)
    cobertura de código determinam em que grau o código- fonte de um sistema corresponde aos seus requisitos não funcionais.

14399 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Engenharia de Software

No contexto da Engenharia de Software, a verificação e a validação são conjuntos de atividades que
  • a)
    envolvem o uso de inspeções técnicas, cujo objetivo é verificar características funcionais de um produto de software, tais como desempenho e usabilidade.
  • b)
    asseguram a inexistência de erros de lógica no códigofonte de um produto de software.
  • c)
    são de uso exclusivo entre si e correspondem a verificar se o produto de software que está sendo construído atende às expectativas do usuário.
  • d)
    são aplicadas após a finalização da etapa de projeto (design) e se limitam às etapas de implementação e de testes.
  • e)
    são opcionalmente auxiliadas por ferramentas CASE ou pela construção de protótipos.

14400 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Engenharia de Software

Uma das características do Processo Unificado (Unified Process) é ser dirigido a casos de uso (use case driven). Nesse contexto, analise as afirmações a seguir.

O modelo de casos de uso representa o comportamento de um sistema, conforme percebido do ponto de vista externo a esse sistema.

PORQUE

A construção do modelo de classes conceituais de um sistema pode usar como ponto de partida o modelo de casos de uso.

A esse respeito, conclui-se que
  • a)
    as duas afirmações são verdadeiras e a segunda justifica a primeira.
  • b)
    as duas afirmações são verdadeiras e a segunda não justifica a primeira.
  • c)
    a primeira afirmação é verdadeira e a segunda é falsa.
  • d)
    a primeira afirmação é falsa e a segunda é verdadeira.
  • e)
    as duas afirmações são falsas.

14401 CESGRANRIO (2010) - Petrobrás - Analista de Sistemas Júnior - Processos de Negócios / Engenharia de Software

Tanto no paradigma orientado a objetos quanto no paradigma estruturado, existem diversas técnicas úteis para averiguar se um sistema de software foi bem projetado. No primeiro, essas medidas são aplicáveis a classes, e no segundo, são aplicáveis a módulos. Quais, dentre os termos apresentados a seguir, são medidas de qualidade de projeto aplicáveis em ambos os paradigmas?
  • a)
    Fan-in, fan-out e herança.
  • b)
    Encapsulamento, herança e coesão.
  • c)
    Coesão, acoplamento e polimorfismo.
  • d)
    Fan-in, fan-out e acoplamento.
  • e)
    Coesão, acoplamento e polimorfismo.