Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 30 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 30 questões gratuitas para resolução." />
30 resultados encontrados para . (0.015 segundos)

05100 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Redes de Computadores

O processo de traceroute consiste em obter o caminho que um pacote atravessa por uma rede de computadores até chegar ao destinatário. O traceroute também ajuda a de- tectar onde ocorrem os congestionamentos na rede, já que é dado, no relatório, a(o)
  • a)
    latência até cada máquina interveniente.
  • b)
    banda ocupada pelos pacotes enviados para a máquina destino.
  • c)
    número de pacotes enviados com erro.
  • d)
    tamanho dos pacotes que sofreram colisão.
  • e)
    total de tabelas de roteamento percorridas entre a origem e o destino.

05106 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Redes de Computadores

Durante uma reunião para discutir integração entre plataformas, um analista fez as seguintes observações:

I - IBM Mainframes série System Z suportam integração através de JMS;
II - utilização de SOA e de Web-to-Host constituem duas formas de disponibilizar aplicações de um Mainframe em plataforma baixa;
III - File Transfer Protocol (FTP) utiliza o TCP / IP e fornece uma maneira de transmitir arquivos entre diversos sistemas, incluindo Mainframes, sistemas Linux, sistemas UNIX e servidores Windows.

Está(ão) correta(s) a(s) observação(ões)
  • a)
    I, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    I e II, apenas.
  • d)
    II e III, apenas.
  • e)
    I, II e III.

05107 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Redes de Computadores

Para o protocolo ISL (Inter-Switch Link) é FALSO afirmar que
  • a)
    é um protocolo de trunking suportado por switches Cisco.
  • b)
    seu cabeçalho possui um campo chamado VLAN.
  • c)
    os endereços de origem e destino do cabeçalho usam endereços IP.
  • d)
    permite múltiplas spanning trees.
  • e)
    não usa o conceito de VLAN nativa, suportado pelo padrão IEEE 802.1Q.

05108 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Redes de Computadores

Uma SAN (Storage Area Network) é uma arquitetura que permite a conexão de computadores a dispositivos de armazenamento, como arrays de discos. Sobre a SAN, são feitas as afirmativas a seguir.

I - Permite que servidores executem o seu processo de boot através da própria SAN.
II - Utiliza protocolos baseados em arquivos como o NFS para disponibilizar informações.
III - Por ser uma rede de alta velocidade, não suporta RAID 5, e os cabos de conexão devem ter no máximo 1 metro de comprimento.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s)
  • a)
    I, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    III, apenas.
  • d)
    I e II, apenas.
  • e)
    I, II e III.

05109 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Redes de Computadores

O administrador de uma SAN (Storage Area Network) deseja realizar a conversão entre dispositivos SCSI e Fibre Channel, que são interfaces de diferentes padrões elétricos e diferentes protocolos. Nesse caso, o administrador deve usar
  • a)
    frames.
  • b)
    switches.
  • c)
    hubs.
  • d)
    bridges.
  • e)
    routers.

05110 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Redes de Computadores

Um usuário está utilizando o TSO para trabalhar em um ambiente z/OS. Para criar um data set no disco, ele poderá utilizar o comando
  • a)
    ALLOCATE.
  • b)
    INVOKE.
  • c)
    BLOCKSET.SYSOUT.
  • d)
    SYSOUT.
  • e)
    MALLOC.

23150 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Banco de Dados

Considere uma tabela em um banco de dados relacional. A tabela apresenta três atributos do tipo texto, sendo CPF o campo chave.
Cliente(CPF, Nome, Endereco)
Considerando-se que homônimos são pessoas que pos- suem o mesmo nome, mas CPF diferentes, a expressão SQL que resulta na lista dos Clientes que têm homônimos, juntamente com o número de homônimos, é:
  • a)
    SELECT DISTINCT C1.Nome, C1.CPF, COUNT(C2) FROM Cliente C1, Cliente C2 WHERE C1.Nome = C2.Nome AND C1.CPF <> C2.CPF
  • b)
    SELECT Nome, CPF, (SELECT COUNT(*) FROM Cliente C1 WHERE C.Nome = C1.Nome AND C.CPF <> C1.CPF) FROM Cliente C
  • c)
    SELECT Nome, CPF, COUNT(Cliente) FROM Cliente GROUP BY Nome, CPF HAVING COUNT(*) > 1
  • d)
    SELECT TOP 1 C1.Nome, C1.CPF, COUNT(*) FROM Cliente C1, Cliente C2 WHERE C1.Nome = C2.Nome AND C1.CPF <> C2.CPF
  • e)
    SELECT C1.Nome, C1.CPF, COUNT(*) FROM Cliente C1, Cliente C2 WHERE C1.CPF <> C2.CPF AND C1.Nome = C2.Nome GROUP by C1.Nome, C1.CPF HAVING count(*) > 0

24800 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Sistemas Operacionais

No sistema operacional Linux, o comando
  • a)
    ifconfig é usado para configurar e exibir dispositivos de rede.
  • b)
    netstat - r permite configurar as tabelas de roteamento do sistema operacional.
  • c)
    bind verifica a configuração do DNS.
  • d)
    wc - l retorna o número de vezes que um determinado usuário se conectou ao seu computador.
  • e)
    dhcpd permite obter informações sobre um endereço IP a partir de um servidor DHCP.

24801 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Sistemas Operacionais

Quando o Linux é iniciado, qual arquivo de configuração é utilizado pelo sistema operacional para verificar quais os compartilhamentos NFS que devem ser montados?
  • a)
    etc/exports
  • b)
    etc/nfs.conf
  • c)
    etc/fstab
  • d)
    nfs/conf
  • e)
    nfs/exports

24802 CESGRANRIO (2010) - IBGE - Analista de Sistemas - Suporte / Sistemas Operacionais

No sistema operacional UNIX, o objetivo da primitiva "fork" é permitir
  • a)
    especificar concorrência de processos.
  • b)
    especificar paralelismo entre processos.
  • c)
    comunicar processos através de mensagens.
  • d)
    implementar semáforos para resolver problema de sessão crítica.
  • e)
    delimitar as regiões críticas para sincronização de processos.