24 resultados encontrados para . (0.006 segundos)

11541 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Direito Administrativo

O e-procurement vem se tornando uma prática comum nas empresas e nos órgãos de governo. Uma das modalida- des existentes é o leilão reverso, em que
  • a)
    o comprador informa as quantidades a serem compradas, e o fornecedor vencedor será aquele que ofertar o material a menor preço.
  • b)
    o comprador apresenta as condições da compra e o preço máximo a ser pago pelo material, e o fornecedor vencedor será aquele que ofertar o material a menor preço dentro das condições estabelecidas.
  • c)
    os compradores contratam empresas especializadas em cotação de preço via Internet.
  • d)
    os fornecedores se cadastram em uma base de dados e ofertam continuamente materiais e seus preços, e o comprador escolhe o vencedor quando precisar do material.
  • e)
    as solicitações de cotação de preço (RFQ) são colocados num portal aberto ao público.

11542 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Direito Administrativo

Josenete, servidora pública lotada no departamento de recursos humanos (RH) de um órgão federal, está interessada em buscar sua transferência para o departamento geral de administração e finanças (DGAF) do mesmo órgão. Diante disso, começou a estudar a Lei no 8.666/93 e, pesquisando o assunto, concluiu corretamente que os contratos administrativos admitem
  • a)
    apenas uma prorrogação, restrita às hipóteses de prestação de serviços contínuos, limitada a vinte e quatro meses, desde que demonstrada a sua vantajosidade.
  • b)
    aplicação das sanções de advertência, multa e declaração de inidoneidade ao contratado, nos casos de sua inexecução total ou parcial, independente de prévia defesa.
  • c)
    cláusulas exorbitantes que conferem à Administração Pública a prerrogativa de romper o equilíbrio econômico- financeiro contratual, independente de concordância do contratado.
  • d)
    modificação unilateral pela Administração Pública, para melhor adequação às finalidades de interesse público, respeitados os direitos dos contratados.
  • e)
    rescisão determinada por ato unilateral e escrito da Administração Pública, independente de contraditório e ampla defesa.

11543 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Direito Administrativo

O Presidente de uma autarquia federal recém instituída precisa criar uma logomarca para a entidade. Com tal finalidade, pretende escolher trabalho artístico, mediante a instituição de prêmio ou remuneração ao vencedor. Nessa hipótese, a modalidade licitatória a ser observada pela autarquia é a(o)
  • a)
    concorrência.
  • b)
    audiência pública.
  • c)
    tomada de preços.
  • d)
    convite.
  • e)
    concurso.

11544 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Direito Administrativo

Obras, serviços, compras, alienações, concessões, permissões e locações da Administração Pública, quando contratados com terceiros, serão necessariamente precedidos de procedimento licitatório que deve-se pautar pelos princípios de
  • a)
    busca pelo menor preço e vinculação ao instrumento convocatório.
  • b)
    adjudicação e busca pelo menor preço.
  • c)
    vantajosidade e julgamento informal.
  • d)
    igualdade e vinculação ao instrumento convocatório.
  • e)
    adjudicação e julgamento informal.

11545 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Direito Administrativo

Um órgão municipal instaurou procedimento de pregão presencial visando à aquisição de material de escritório. A licitante declarada vencedora, embora devidamente convocada, não celebrou o contrato. Nessa hipótese, pode o Município celebrar o contrato com a licitante que se classificou em segundo lugar?
  • a)
    Sim, desde que a licitante classificada em segundo lugar venha a ser devidamente habilitada.
  • b)
    Sim, desde que a licitante classificada em segundo lugar concorde em oferecer uma garantia da proposta.
  • c)
    Sim, desde que o procedimento do pregão presencial não tenha adotado o menor preço como critério seletivo das propostas.
  • d)
    Não, pois essa possibilidade dependeria da adoção da modalidade tomada de preços no procedimento licitatório.
  • e)
    Não, pois essa possibilidade dependeria da adoção da modalidade leilão no procedimento licitatório.

16562 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Administração Geral

.Considere as observações a seguir, a respeito de três funcionários de uma organização.

. X tem um alto nível de satisfação no seu trabalho e demonstra uma atitude positiva em relação a ele.

. O envolvimento com o trabalho de Y permite observar que ele se identifica psicologicamente com seu trabalho e considera seu desempenho como um fator de valorização pessoal.

. O alto grau de comprometimento organizacional de Z mostra o quanto ele se identifica com a organização.

Analisando as atitudes desses funcionários, somente é possível concluir que

  • a)
    X tem uma resposta mais global e um vínculo duradouro com a organização, numa perspectiva de longo prazo.
  • b)
    Y tem grandes chances de apresentar altas taxas de absenteísmo e demissão voluntária.
  • c)
    Z, mesmo que não esteja satisfeito com suas funções atuais, continua satisfeito com a organização como um todo.
  • d)
    Z tem maior probabilidade de atitudes negativas em relação ao trabalho do que X e Y.
  • e)
    as atitudes que X, Y e Z consideram importantes em relação à organização não têm relação com o seu comportamento no trabalho.

47484 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Administração Financeira e Orçamentária

Sobre o controle contábil do patrimônio público, à luz da Lei nº .320/64, analise os itens a seguir.

I - Na avaliação dos bens em almoxarifado, utiliza-se o critério do custo fixo.
II - Os bens móveis e imóveis poderão ser reavaliados.
III - Os bens móveis e imóveis serão avaliados pelo valor de aquisição, pelo custo
de produção ou de construção.

Está(ão) correto(s) o(s) item(ns)
  • a)
    I, apenas.
  • b)
    I e II, apenas.
  • c)
    I e III, apenas.
  • d)
    II e III, apenas.
  • e)
    I, II e III.

47551 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Administração Geral

Cauã é um coordenador de uma importante divisão em sua organização. Sofia, uma de suas subordinadas, descreve-o como um "chefe que foge das responsabilidades e que evita tomar decisões", no entanto "reconhece nosso trabalho e negocia constantemente com os seus funcionários, prometendo recompensas em troca de bom desempenho." Segundo Carol, outra de suas subordinadas, "Cauã só aparece quando algo dá errado, preocupando-se mais em punir do que em prevenir determinados desvios". De acordo com as teorias de liderança, Cauã é um líder
  • a)
    transformacional.
  • b)
    negociador.
  • c)
    autocrático.
  • d)
    democrático.
  • e)
    transacional.

47552 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Administração Geral

Tina é coordenadora da unidade responsável pela elaboração e implementação de normas técnicas de uma organização financeira. Apesar de gerenciar apenas uma unidade, ela tem uma visão holística da organização. Ela enxerga a sua unidade como um dos muitos elementos da organização, e esta, como integrante de sistemas maiores, como o sistema financeiro brasileiro. Tina reconhece a interdependência das partes e defende que a realidade, devido à sua complexidade, deve ser vista de forma integrada. Conclui-se que Tina enxerga a organização de uma forma
  • a)
    global.
  • b)
    contingente.
  • c)
    funcional.
  • d)
    sistêmica.
  • e)
    burocrática.

47553 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 5 / Administração Geral

A mudança organizacional é considerada orgânica porque
  • a)
    os problemas organizacionais não podem ser resolvidos por partes, já que há uma interrelação muito forte entre os diversos processos, áreas e públicos das empresas.
  • b)
    envolve a estrutura mecanicista, a estratégia sistêmica e o ambiente.
  • c)
    ocorre quando alterações no ambiente já afetaram o desempenho da organização, movidas por problemas incrementais, que imitam outras mudanças.
  • d)
    deve ser iniciada pela direção antes que o problema ocorra, a partir da identificação e da criação de oportunidades.
  • e)
    busca o desenvolvimento da previsibilidade, em um ambiente no qual os erros não são bem vistos e podem ser punidos.