Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 34 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 34 questões gratuitas para resolução." />
34 resultados encontrados para . (0.007 segundos)

16573 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Gestão de Pessoas

Considere as observações a seguir, a respeito de três funcionários de uma organização.
. X tem um alto nível de satisfação no seu trabalho e demonstra uma atitude positiva em relação a ele.
. O envolvimento com o trabalho de Y permite observar que ele se identifica psicologicamente com seu trabalho e considera seu desempenho como um fator de valorização pessoal.
. O alto grau de comprometimento organizacional de Z mostra o quanto ele se identifica com a organização.
Analisando as atitudes desses funcionários, somente é possível concluir que
  • a)
    X tem uma resposta mais global e um vínculo duradouro com a organização, numa perspectiva de longo prazo.
  • b)
    Y tem grandes chances de apresentar altas taxas de absenteísmo e demissão voluntária.
  • c)
    Z, mesmo que não esteja satisfeito com suas funções atuais, continua satisfeito com a organização como um todo.
  • d)
    Z tem maior probabilidade de atitudes negativas em relação ao trabalho do que X e Y.
  • e)
    as atitudes que X, Y e Z consideram importantes em relação à organização não têm relação com o seu comportamento no trabalho.

47485 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Financeira e Orçamentária

A Constituição Federal de 1988 alterou profundamente os processos de elaboração do planejamento e do orçamento públicos, no Brasil. Essas alterações implicaram reformulações tanto nos próprios processos de planejamento quanto em processos de trabalho, modelos gerenciais, sistemas de informação e mecanismos de contabilidade e controle na administração pública. Sobre esses processos, avalie as afirmativas a seguir.

I - O Plano Plurianual deve definir as prioridades do governo durante o período que vai do primeiro ao quarto ano de um mandato presidencial.
II - As prioridades dispostas no Plano Plurianual são estabelecidas com base em Projeto de Lei Orçamentária Anual (LOA), anteriormente aprovado pelo Congresso Nacional.
III - A Lei Orçamentária autoriza as despesas, de acordo com a estimativa de receitas e a previsão de arrecadação, definindo que o Poder Executivo deve submeter ao Congresso Nacional projeto de lei de crédito adicional, caso necessite incorrer em despesas acima do limite que está previsto na LOA.
IV - A Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) é uma lei ordinária, válida apenas para um exercício.

Estão corretas APENAS as afirmativas
  • a)
    I e II.
  • b)
    I e III.
  • c)
    II e III.
  • d)
    II e IV.
  • e)
    III e IV.

47519 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Após a reunião de planejamento estratégico anual de sua organização, o responsável por uma unidade de negócio resolveu implantar um projeto para dinamizar a aprendizagem organizacional em sua unidade. Para isso, promoveu, entre seus liderados, o seguinte conjunto de ações:

I - estimulou a participação dos seus subordinados nas decisões;
II - promoveu o trabalho em equipe;
III - passou a recompensar sugestões e críticas recebidas;
IV - desenvolveu ações de treinamento para seus subordinados.

Considerando o objetivo, são corretas as ações
  • a)
    I e II, apenas.
  • b)
    I e III, apenas.
  • c)
    II e III, apenas.
  • d)
    II e IV, apenas.
  • e)
    I, II, III e IV.

47520 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Entre os elementos da cultura organizacional, encontra-se a forma como as pessoas se vestem no ambiente de trabalho. Mesmo quando não existe um código de vestuário específico, os membros da organização tendem a se vestir de forma similar, refletindo a cultura. A que elemento da cultura organizacional se refere esse comentário?
  • a)
    Ritual
  • b)
    Símbolo
  • c)
    Valor
  • d)
    Norma
  • e)
    Política

47521 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Desde que assumiu o cargo de vice-presidente para as- suntos internos, Frederico Cavalcanti tem buscado modificar a cultura apática e reativa do banco. No entanto, para sua surpresa, tem encontrado muitas resistências organizacionais e individuais às suas medidas de mudança cultural. Sobre a resistência à mudança, analise as afirmativas a seguir.

I - Os hábitos e o medo do desconhecido são importantes fontes de resistência organizacional a processos de mudança nas organizações.
II - A resistência à mudança é, em certa medida, positiva, pois permite que as organizações mantenham um grau de estabilidade e previsibilidade.
III - A resistência à mudança é característica específica de indivíduos incompetentes e acomodados e que, por isso, têm medo de novidades.
IV - Apenas o clima organizacional pode ser modificado, mas não a cultura organizacional.

Está(ão) correta(s) APENAS a(s) afirmativa(s)
  • a)
    I.
  • b)
    II.
  • c)
    I e III. II.
  • d)
    I, II e IV.
  • e)
    II, III e IV.

47522 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Considere as seguintes informações sobre duas organizações, X e Y:

X: a informação compartilhada mantém a organização funcionando em um nível ótimo; a cultura incentiva a abertura, a igualdade, a melhoria contínua, a adaptabili- dade, a participação e a transformação;
Y: a estratégia é formulada pelos gerentes da cúpula e imposta sobre a organização; a estrutura é vertical; as atividades são agrupadas de baixo para cima pelo trabalho comum da organização; há pouca colaboração entre os departamentos funcionais.

Analisando o modelo de gestão de cada uma, conclui-se que
  • a)
    Y é uma organização em aprendizagem.
  • b)
    X é uma organização projetada para a aprendizagem constante e Y, para o desempenho eficiente.
  • c)
    X é uma organização projetada para o desempenho eficaz.
  • d)
    X e Y são organizações projetadas para a aprendizagem constante.
  • e)
    X e Y são organizações projetadas para o desempenho eficiente.

47523 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Linda Wachner, em 1987, se tornou presidente da Warnaco, uma empresa de confecções com receita anual de 425 milhões de dólares. O estilo de liderança de Wachner, orientado para a produção, foi eficaz para a empresa enquanto ela atravessava um período de robustez econômica. De fato,em 1993, a revista Fortune apontou-a como a mais bem-sucedida mulher de negócios dos EUA. Mas os tempos mudaram e Wachner permaneceu a mesma. No início de 1998, os negócios da empresa começaram a enfrentar dificuldades com a redução da demanda de seus produtos e uma perda acelerada de sua participação de mercado. O estilo de liderança de Wachner, com sua abordagem truculenta e táticas agressivas, nesse novo contexto organizacional, tornou-se um aspecto negativo. Em 2001, após a concordata da empresa, o comitê de reestruturação do conselho de administração decidiu demitir Wachner. Esse caso ilustra que
  • a)
    quanto melhor a relação líder/liderados, mais baixo o grau da estrutura da tarefa e mais forte o poder da posição, menos controle o líder tem.
  • b)
    o comportamento do líder será eficaz quando for redundante em relação às fontes da estrutura ambiental ou incongruente com as características do funcionário.
  • c)
    quanto maior o grau de controle que a situação proporciona ao líder, mais alto o grau de eficácia do desempenho do grupo.
  • d)
    para a compreensão da liderança foi fundamental o reconhecimento das necessidades de desenvolvimento de teorias de contingência que incluíssem fatores situacionais.
  • e)
    em situações de alta tensão, é difícil para o líder pensar de forma lógica e analítica; assim sendo, indivíduos brilhantes têm um desempenho de liderança melhor do que aqueles menos inteligentes.

47524 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Um dos principais objetivos da Tecnologia da Informação (TI) atualmente é apoiar esforços para administrar e alavancar o conhecimento organizacional. A gestão do conhecimento é um novo modo de pensar sobre como organizar e compartilhar os recursos intelectuais e criativos de uma organização. Portanto, para que se implemente uma estratégia de gestão de conhecimento segundo uma abordagem pessoa para documento, é preciso:

I - identificar o capital intelectual da empresa e o conhecimento de especialistas externos para destacar problemas ou oportunidades para tornar a organização mais competitiva;
II - desenvolver redes para ligar pessoas de modo que o conhecimento tácito possa ser compartilhado;
III - desenvolver um sistema de documentos eletrônicos que codifique, armazene,dissemine e permita a reutilização do conhecimento.

Está(ão) correto(s) o(s) item(ns)
  • a)
    I, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    III, apenas.
  • d)
    II e III, apenas.
  • e)
    I, II e III.

47525 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

Constata-se, cada vez mais, que as organizações modernas devem ter uma cultura inovadora. Isso significa que é preciso que a
  • a)
    harmonia e o acordo entre os indivíduos e as unidades sejam vistos como evidências de um desempenho superior.
  • b)
    mudança na organização seja vista como a quebra de paradigmas e a busca de uma nova identidade organizacional.
  • c)
    organização dê muita ênfase à objetividade e à especificidade.
  • d)
    organização tenha um desenho mecanicista com forte especialização do trabalho, das regras e dos procedimentos verticalizados.
  • e)
    organização tenha uma estrutura orgânica e descentralizada, com foco nos sistemas abertos.

47526 CESGRANRIO (2010) - BACEN - Analista do Banco Central - Área 4 / Administração Geral

A Seguradora Alpha adquiriu nova tecnologia de computação para processar os pagamentos de seguro. Essa nova tecnologia não foi totalmente utilizada até que os funcionários fossem reestruturados em equipes de cinco a sete membros, que eram compatíveis com a tecnologia. Este caso demonstra que
  • a)
    mudanças tecnológicas exigem a gestão cultural das equipes de trabalho.
  • b)
    mudanças de estrutura e sistemas são realizadas de cima para baixo.
  • c)
    a mudança estrutural foi uma consequência da mudança tecnológica.
  • d)
    mudanças estratégicas implicam alterações nos métodos de coordenação.
  • e)
    há uma ênfase crescente na necessidade de mudança em razão do ambiente instável.