5 resultados encontrados para . (0.012 segundos)

05327 CESGRANRIO (2006) - Transpetro - Analista de Sistemas Pleno / Redes de Computadores

Quanto às redes de computadores, são feitas as afirmativas abaixo.

I - O protocolo SNMP utiliza o protocolo UDP e permite remotamente solucionar problemas e monitorar hubs e roteadores.
II - O NFS implementa o acesso transparente de arquivo utilizando o protocolo RPC, sendo este utilizado para a comunicação entre processos em diferentes computadores da rede.
III - Uma rede local de computadores ligados a um hub através de conexões 10Base-T apresenta topologia física de barra e lógica em anel.

Está(ão) correta(s) a(s) afirmativa(s):
  • a)
    I, apenas.
  • b)
    II, apenas.
  • c)
    III, apenas.
  • d)
    I e II, apenas.
  • e)
    I, II e III.

05328 CESGRANRIO (2006) - Transpetro - Analista de Sistemas Pleno / Redes de Computadores

A respeito dos equipamentos de conexão e transmissão que podem ser utilizados em uma rede de computadores, é INCORRETO afirmar que:
  • a)
    os hubs inteligentes regeneram os sinais e agem como um ponto central para comunicação em rede, encaminhando os sinais apenas para o dispositivo do destinatário, em vez de transmitir para todos os dispositivos.
  • b)
    ao receber um sinal de uma linha telefônica analógica, o modem converte o sinal para um sinal digital de modo que o computador ao qual está conectado possa processá-lo.
  • c)
    as pontes podem ser utilizadas para quebrar uma grande rede em segmentos menores e, assim, reduzir o trafego desnecessário de rede.
  • d)
    os roteadores atuam na camada de transporte do modelo TCP/IP e utilizam os endereços MAC para realizar o roteamento dos pacotes.
  • e)
    os repetidores operam na camada Física do modelo OSI, sendo utilizados para fortalecer o sinal e reduzir a atenuação nos cabos.

23598 CESGRANRIO (2006) - Transpetro - Analista de Sistemas Pleno / Sistemas Operacionais

O sistema operacional, através do gerenciador de memória, deve tentar manter na memória principal o maior número de processos residentes, permitindo maximizar o compartilhamento do processador e demais recursos computacionais. Mesmo na ausência de espaço livre, o sistema deve permitir que novos processos sejam aceitos e executados. A técnica de swapping foi introduzida para contornar o problema de insuficiência de memória principal e consiste em:
  • a)
    escolher um processo residente, a ser transferido da memória principal para a memória secundária (swap out), sendo que, posteriormente, o processo é carregado de volta da memória secundária para a memória principal (swap in).
  • b)
    dividir a memória principal em pedaços de tamanho fixo, chamados partições, onde o tamanho das partições é estabelecido na fase de inicialização do sistema.
  • c)
    dividir o programa em módulos, de forma que seja possível a execução independente de cada módulo, utilizando uma mesma área de memória.
  • d)
    dividir a memória em pedaços de tamanho variável, de modo que cada programa utilize apenas o espaço necessário para sua execução.
  • e)
    desenvolver as aplicações de modo a não ultrapassar o espaço de endereçamento de memória disponível.

23599 CESGRANRIO (2006) - Transpetro - Analista de Sistemas Pleno / Sistemas Operacionais

O sistema operacional gerencia os espaços no disco, através de técnicas que associam os blocos de dados aos arquivos. Dentre os vários métodos existentes, o de alocação encadeada:
  • a)
    permite o acesso direto aos blocos do arquivo, não utilizando as informações de controle nos blocos, porém mantém os ponteiros de todos os blocos do arquivo em uma única estrutura denominada índice.
  • b)
    consiste em associar a cada arquivo uma pequena tabela denominada nó-i, que lista os atributos e os endereços em disco dos blocos de dados do arquivo.
  • c)
    consiste em manter o espaço em disco alocado ao arquivo com uma lista de blocos ligada logicamente, independente de sua localização física, sendo que cada bloco deve possuir um ponteiro para o bloco seguinte do arquivo e assim sucessivamente.
  • d)
    consiste em enxergar o disco como um grande vetor, onde os elementos podem ser considerados segmentos com tamanhos diferentes de blocos contíguos.
  • e)
    é o método mais simples de todos os esquemas de alocação, no qual o arquivo é armazenado no disco como um bloco contínuo de dados.

25552 CESGRANRIO (2006) - Transpetro - Analista de Sistemas Pleno / Sistemas Operacionais

Um sistema operacional é formado por um conjunto de rotinas que oferecem serviços aos usuários, às suas aplicações e também ao próprio sistema. Esse conjunto de rotinas é denominado núcleo do sistema operacional ou kernel. A estrutura do sistema operacional, ou seja, a maneira como o código do sistema é organizado, pode variar conforme a concepção do projeto. A arquitetura monolítica pode ser definida como um programa:
  • a)
    composto por vários módulos que são compilados separadamente e depois linkados, formando um único programa executável.
  • b)
    composto por vários níveis sobrepostos, onde cada camada fornece um conjunto de funções que podem ser utilizadas apenas pelas camadas superiores.
  • c)
    composto por várias camadas, onde cada camada isola as funções do sistema operacional, facilitando sua manutenção e depuração, além de criar uma hierarquia de níveis de modos de acesso, protegendo as camadas mais internas.
  • d)
    formado por vários níveis, sendo que a camada de nível mais baixo é o hardware, e cada um dos níveis acima cria uma máquina virtual independente, em que cada uma oferece uma cópia virtual do hardware.
  • e)
    cujo núcleo do sistema é o menor e o mais simples possível e, neste caso, os servidores do sistema são responsáveis por oferecer um conjunto específico de funções, como gerência de arquivos, por exemplo.