49 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

206754 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Políticas Sociais e de Infra...

As políticas públicas são um dos principais resultados da ação do Estado. Contemporaneamente, o processo da globalização, por um lado, faz com que atores institucionais do mercado, cada vez mais potentes politicamente, imponham sua visão ao Estado; por outro lado, a sociedade civil diversifi ca tanto sua agenda quanto a quantidade de atores relevantes a ela. Nesse cenário caracterizamos o papel do Estado como o espaço que:

  • a)
    Possui a legitimidade necessária para produzir efeitos no processo de políticas públicas.
  • b)
    Perde a legitimidade diante do avanço da globalização e da diversifi cação da sociedade civil.
  • c)
    Acompanha as transformações ocorridas no mundo mantendo a sua substância.
  • d)
    É suplantado pela sociedade, pedindo a sua extinção.
  • e)
    Com a sofi sticação do processo eleitoral, garante a manutenção da cidadania.

206755 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Políticas Sociais e de Infra...

Sobre a diferença entre decisão política e política publica podemos afirmar que:

  • a)
    uma decisão política resulta sempre em uma política publica
  • b)
    política pública e decisão política são ações de mesmo resultado
  • c)
    política pública é uma ação do Estado, enquanto decisão política é uma ação da sociedade
  • d)
    reforma agrária e reeleição presidencial são exemplos de política pública e decisão política, respectivamente
  • e)
    uma decisão política sempre se sobrepõe a uma política pública

206756 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Políticas Sociais e de Infra...

A implementação de uma Política Pública se dá através de:

  • a)
    identifi cação do problema a ser resolvido, os objetivos a serem alcançados e as estruturas (arranjo institucional) de execução
  • b)
    identifi cação do problema a ser resolvido e os objetivos a serem alcançados através da ação do Estado
  • c)
    arranjo institucional para viabilizar a sua execução
  • d)
    implementação de um conjunto de eventos e atividades políticas
  • e)
    ações ou decisões tomadas por um conjunto de indivíduos

206757 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Gestão Documental Pública

“ Na busca por uma gestão de processos bem-sucedida vale utilizar os indicadores de desempenho desenvolvidos por Kaplan e Norton, idealizadores da tecnologia conhecida como BSC (Balanced Scorecard)” (Araujo, 2010:30). Nesse contexto, os critérios utilizados no indicador “ perspectivas de processos críticos” são, por exemplo:

  • a)
    participação de mercado, conquista de novos clientes, amplitude da marca, valor do produto e manifestações dos clientes
  • b)
    capacidade de inovar, tempo para recuperar o investimento, receita de novos produtos ou serviços e conformidade do processo
  • c)
    conformidade do produto/serviço em relação ao padrão, produtividade, efi ciência operacional e desperdício
  • d)
    liquidez corrente, crescimento da receita, margem bruta, geração de caixa e custo unitário do produto
  • e)
    retenção de pessoas, satisfação, competência, efi cácia de treinamento, avanço na carreira, equidade de remuneração e bem-estar

206758 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Gestão Documental Pública

O tutorial de boas práticas que tem como fi nalidade otimizar a comunicação e fornecimento de informações e serviços prestados por órgãos do Governo Federal nos meios eletrônicos é intitulado:

  • a)
    e-MAG – Modelo de Acessibilidade de Governo Eletrônico
  • b)
    e-PWG – Padrões Web em Governo Eletrônico
  • c)
    e-PING – Padrões de Interoperabilidade de Governo Eletrônico
  • d)
    e-Siasg – Sistema Integrado de Administração de Serviços Gerais
  • e)
    e-VoG – Vocabulários e Ontologias do Governo Eletrônico

206759 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Gestão Documental Pública

Em sua obra “ Logística Empresarial” , Ballou (2012:338) afi rma que “ a estrutura organizacional da logística é muitas vezes sensível às personalidades peculiares dentro da empresa, às tradições organizacionais e à importância das atividades logísticas” . Nesse contexto, a organização que estabelece linhas claras de autoridade e responsabilidade para a logística é classifi cada como:

  • a)
    semiformal
  • b)
    informal
  • c)
    matricial
  • d)
    formal
  • e)
    semimatricial

206760 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Finanças Públicas

O ato de “criar” dinheiros para o atendimento das diferentes necessidades públicas é faculdade dos governos, confi gurando-se na maioria dos países como mecânica normal de suprimento dos cofres públicos, através de:

  • a)
    empréstimos
  • b)
    bens públicos
  • c)
    déficit
  • d)
    superávit
  • e)
    bens privados

206761 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Administração Pública

Segundo Chiavenato (2008:106), “O aparelho do estado funciona como uma extensão do poder do soberano, e os seus auxiliares possuem status de nobreza real”.



A descrição acima diz respeito à forma de Administração Pública chamada:

  • a)
    burocrática
  • b)
    patrimonialista
  • c)
    liberal
  • d)
    gerencial
  • e)
    pós-burocrática

206762 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Administração Pública

A Lei de Responsabilidade Fiscal (LRF) Lei Complementar o 101, de 4 de maio de 2000 tem por objetivo regulamentar a Constituição Federal no que diz respeito aos seguintes temas:

  • a)
    impostos e crédito do setor privado
  • b)
    tributação e orçamento
  • c)
    arrecadação e infl ação
  • d)
    taxas e contribuições sociais
  • e)
    operação de crédito e depressão

219984 CEPERJ (2013) - SEPLAG-RJ - Especialista em Políticas Públicas e Gestão Governamental / Direito Constitucional

A legislação federal que permitiu que as Organizações da Sociedade Civil de Interesse Público atuassem em cooperação com o Estado indicando o instrumento adequado para a formalização da ativa participação dessas pessoas em várias atividades incentivadas pelo aparelho estatal. Tal documento denomina-se:

  • a)
    convênio
  • b)
    ajuste de conduta
  • c)
    termo de parceria
  • d)
    acordo especial
  • e)
    contrato