40 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

01503 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

Os documentos decorrentes da avaliação psicológica, de acordo com o Manual de elaboração de documentos escritos, segundo a resolução CFP nº 007/2003, são:
  • a)
    declaração, atestado psicológico, laudo psicológico
  • b)
    atestado psicológico, relatório, parecer psicológico
  • c)
    declaração e parecer psicológico
  • d)
    atestado e laudo psicológico
  • e)
    parecer psicológico e relatório

01504 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

De acordo com o Código de Ética Profissional dos Psicólogos, a alternativa correta sobre a atuação do psicólogo é:
  • a)
    quando o psicólogo atua em equipe multiprofissional, as informações compartilhadas não carecem de preservação do sigilo.
  • b)
    o psicólogo deve prestar serviços profissionais em situações de calamidade pública ou emergências
  • c)
    o psicólogo, em caso de greve, poderá suspender na íntegra suas atividades profssinais cm comunicação prévia aos usuários, mesmo em atividades de emergência.
  • d)
    o psicólogo, ao ingressar ou associar-se a uma organização, deve ser fiel a suas políticas, filosofia e missões e, por isso, fica o profissional isento de qualquer responsabilidade por desrespeito ao código.
  • e)
    o psicólogo, ao desligar-se de uma organização por demissão ou exoneração, fica isento de preocupar-se com o destino dos arquivos confidenciais.

01505 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

No atendimento à criança e ao adolescente, de acordo com o Código de Ética Profissional dos Psicólogos, é correto afirmar que:
  • a)
    os responsáveis devem ser comunicados sobre o estritamente essencial para a promoção de medidas em benefício do atendido.
  • b)
    a criança ou o adolescente não precisam ser informados sobre os meios de registro e observação da prática psicológica.
  • c)
    o atendimento regular de criança, adolescente ou interdito não poderá ser efetuado, no caso de não se apresentar um responsável legal.
  • d)
    o psicólogo não é o responsável pelos encaminhamentos necessários para garantir a proteção integral do atendido
  • e)
    no atendimento à criança ou adolescente, o psicólogo compartilhará as informações necessárias para qualificar o serviço prestado, resguardando apenas a confidencialidade.

01506 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

Em relação à promoção pública dos serviços psicológicos, o Código de Ética Profissional do Psicólogo estabelece orientações especificas, entres as quais encontramos:
  • a)
    A previsão taxativa de resultados poderá ser divulgada sem restrições.
  • b)
    O preço do serviço poderá ser utilizado na sua propaganda como um atrativo.
  • c)
    A autopromoção pode ser realizada em detrimento de outros profiionais.
  • d)
    A divulgação de atividades associadas a outras categorias profissionais sem restrições.
  • e)
    A divulgação somente das práticas que sejam reconhecidas pela profissão.

01507 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

Conforme o Manual de elaboração de documentos decorrentes de avaliações psicológicas (Resolução 007/2003), é incorreto afirmar sobre as diferenças entre laudo e parecer:
  • a)
    O laudo psicológico é uma apresentação descritiva de um processo de avaliação psicológica.
  • b)
    O parecer é um documento resumido sobre uma questão focal e visa dirimir dúvidas para uma tomada de decisão.
  • c)
    Os aspectos relevantes destacam-se e, na estrutura do parecer, o psicólogo deve opinar a respeito do problema apresentado.
  • d)
    O psicólogo apresenta explicações teórico-filosóficas que sustentam uma avaliação psicológica somente na estrutura do laudo psicológico.
  • e)
    O psicólogo expõe as considerações sobre o processo de avaliação psicológica como um todo, na conclusão do laudo psicológico

01508 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

O SINASE constitui-se de uma política pública destinada à inclusão do adolescente em conflito com a lei, que se correlaciona com iniciativas dos diferentes campos das políticas públicas e sociais, e visa fortalecer o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
A alternativa que não expressa um direito da população infanto- juvenil declarado no ECA é:
  • a)
    proteção integral por parte da família, da sociedade e do Estado.
  • b)
    privação da liberdade somente em flagrante de ato infracional
  • c)
    na apreensão do adolescente, a família e a autoridade competente devem ser imediatamente comunicadas
  • d)
    ser informado integralmente acerca de seus direitos.
  • e)
    liberação imediata é a primeira possibilidade a ser examinada.

01509 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

A alternativa que não constitui diretriz para o atendimento em saúde mental a crianças e adolescentes, de acordo com a Política Nacional de Saúde Mental Infanto-Juvenil, é:
  • a)
    Sustentar a condição da criança e do adolescente como sujeitos de direitos.
  • b)
    Comprometer os responsáveis pela criança ou adolescente, sejam familiares ou agentes institucionais, no processo de atenção e cuidado
  • c)
    Acolher a criança ou adolescente, familiar ou pessoa responsável somente mediante laudo médico.
  • d)
    Ter a responsabilidade de agenciamento do cuidado e do encaminhamento responsável.
  • e)
    Manter abertos os canais de articulação com outras equipes do território, de forma a tomar os casos em sua dimensão territorial.

01510 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

Segundo Erving Goffman, as instituições totais retiram do indivíduo sua capacidade de decisão e escolha, por meio de rígidos regulamentos, sanções e julgamentos dos dirigentes. A afirmativa que não descreve ação implementada por essas instituições é:
  • a)
    A conduta do interno no interior da instituição é constantemente observada e qualquer ato fora do determinado pode futuramente ser usado contra ele próprio.
  • b)
    A presença de autoridade escalonada responsável pela garantia do cumprimento das regras determinadas, mesmo que isso inclua castigos físicos ou morais.
  • c)
    Tudo pertence à instituição e pode ser retirado a qualquer momento.
  • d)
    O interno consegue equilibrar suas necessidades pessoais ao poder e organizar livremente, e por conta própria, sua rotina diária no interior da instituição.
  • e)
    O internado pode renunciar a certos níveis de sociabilidade, a fim de evitar incidentes.

01511 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

Identifique abaixo as afirmativas que são exemplos de mortificação da identidade do indivíduo:
I- Permissão para visitas a qualquer tempo.
II- Perda de direitos civis.
III- Uso de violência e ações de humilhação para a obtenção de obediência.
IV- Alteração na aparência pessoal e não permissão para posse de bens pessoais.
V- Direito à expressão e opinião próprias.
A alternativa que contém a indicação das a? rmativas corretas é:
  • a)
    II e III
  • b)
    II, III e IV
  • c)
    III, IV e V
  • d)
    I, IV e V
  • e)
    I, III e IV

01512 CEPERJ (2012) - DEGASE - Psicólogo / Psicologia

Para o Ministério Público, Promotoria da Infância e da Juventude e Conselho Tutelar da localidade, quanto à notificação de maus-tratos, é correto afirmar que:
  • a)
    é obrigatória
  • b)
    depende do tipo de maus-tratos
  • c)
    somente é encaminhada pela autoridade policial
  • d)
    segue de acordo com o exame de corpo de delito compulsório
  • e)
    finaliza a atuação de suporte ao adolescente