660 resultados encontrados para . (0.008 segundos)

213109 CETRO (2013) - SESI-DF - Professor - Língua Portuguesa / Português

Observe os gêneros jornalísticos abaixo e, em seguida,

assinale a alternativa que os classifica correta e

respectivamente.



  • a)
    1. Charge, 2. Editorial, 3. Resenha.
  • b)
    1. História em quadrinhos, 2. Carta ao Leitor, 3. Notícia.
  • c)
    1. Charge, 2. Crônica jornalística, 3. Reportagem.
  • d)
    1. História em quadrinhos, 2. Resenha, 3. Carta ao Leitor.
  • e)
    1. Charge, 2. Carta ao Leitor, 3. Editorial.

213110 CETRO (2013) - SESI-DF - Professor - Língua Portuguesa / Português

Em sala de aula, uma professora pergunta aos seus alunos do 1º ano do Ensino Médio: o que caracteriza a linguagem literária e o que caracteriza a linguagem não literária? A professora fez esse questionamento com o intuito de introduzir a aula, revisar o que já aprenderam e avançar em relação aos conhecimentos. Diante do exposto, assinale a alternativa que apresenta a única resposta incorreta dada pelos alunos.

  • a)
    A linguagem literária é polivalente e subjetiva e a não literária é unívoca e objetiva.
  • b)
    A linguagem literária é parcial e conotativa e a não literária visa à imparcialidade e as palavras são usadas com valor denotativo.
  • c)
    Na linguagem literária, os elementos humanos são personagens e os textos são escritos em prosa ou em verso. Já, na linguagem não literária, também há personagens e os textos estão sempre em prosa.
  • d)
    Na linguagem literária, há a ficção e, na não literária, o autor pretende representar a realidade em seus registros.
  • e)
    Todo texto literário tem função poética, pois há, por parte do autor, preocupação artística na elaboração do texto, o que não ocorre no texto não literário.

213111 CETRO (2013) - SESI-DF - Professor - Língua Portuguesa / Português

Leia o texto abaixo e assinale a alternativa que apresenta seu gênero literário e por que ele é classificado desta forma.

Esse Cara

Ah! Que esse cara tem me consumido

A mim e a tudo que eu quis

Com seus olhinhos infantis

Como os olhos de um bandido

Ele está na minha vida porque quer

Eu estou pra o que der e vier

Ele chega ao anoitecer

Quando vem a madrugada ele some

Ele é quem quer

Ele é o homem

Eu sou apenas uma mulher

Caetano Veloso.

  • a)
    Gênero narrativo, pois o foco narrativo é de primeira pessoa e o narrador conta sua própria história.
  • b)
    Gênero épico, pois está escrito em verso e o autor se liberta de seu eu e trata o ser humano com objetividade.
  • c)
    Gênero dramático, pois não existe narrador e o tempo dinâmico é psicológico.
  • d)
    Gênero lírico, pois há subjetividade e o eu lírico é feminino.
  • e)
    Gênero dramático, pois o tempo dinâmico é cronológico, não existe narrador e os fatos estão ligados ao mundo exterior.

213112 CETRO (2013) - SESI-DF - Professor - Língua Portuguesa / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A partir da leitura do texto e refletindo acerca do gênero e do tipo textual a que pertence, pode-se afirmar que

  • a)
    a tipologia textual é predominantemente descritiva e o gênero é jornalístico (carta ao leitor).
  • b)
    a tipologia textual é jornalística e o gênero é argumentativo.
  • c)
    o gênero textual é crônica jornalística e a tipologia é predominantemente dissertativa-argumentativa.
  • d)
    o gênero é carta argumentativa e a tipologia textual é predominantemente narrativa.
  • e)
    tanto a tipologia textual quanto o gênero são injuntivos.

213113 CETRO (2013) - SESI-DF - Professor - Língua Portuguesa / Português

Sobre o contexto histórico do Romantismo no Brasil, suas características e gerações, assinale a alternativa incorreta.

  • a)
    Na época do Romantismo, havia orgulho dos brasileiros em relação à Nação e ruptura com os padrões europeus.
  • b)
    O Romantismo Brasileiro coincide com o retorno da Família Real a Portugal, a Independência do Brasil e a abdicação de D. Pedro.
  • c)
    A condição histórica do Brasil permitia que se instalassem a melancolia, o subjetivismo, o saudosismo e o pessimismo nas manifestações artísticas.
  • d)
    Diferentemente do Barroco, no Romantismo não prevalecia a religiosidade, nem a atração pela morte. As características principais desse período eram o racionalismo, o antropocentrismo, o universalismo e a supervalorização do amor.
  • e)
    Manuel Antonio Álvares de Azevedo foi um poeta da Segunda Geração do Romantismo no Brasil, cuja obra principal é a coletânea de poesias intitulada “Lira dos Vinte Anos”.

213114 CETRO (2013) - SESI-DF - Professor - Língua Portuguesa / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Sobre o poema, assinale a alternativa que apresenta a única leitura que não é possível.

  • a)
    A pedra mostra, não diz.
  • b)
    A pedra relaciona-se a três lições: de moral, de poética e de economia.
  • c)
    A pedra simboliza, metaforicamente, a paisagem do Sertão.
  • d)
    Esse poema é metalinguístico e o poeta busca lições a serem apreendidas a partir de sua própria realidade e linguagem.
  • e)
    A pedra está associada à possibilidade de ser mais sutil, maleável e subjetivo, como aponta o autor como características do nordestino.

213115 CETRO (2013) - SESI-DF - Assistente Pedagógico / Não classificada

Certa vez, um digitador estava editando um texto que recebeu de um colega usando o aplicativo Microsoft Word 2007 . Para adequá-lo ao padrão, usava o atalho Ctrl+Shift+A para retirar a capitulação de algumas palavras. No entanto, ao tentar fazer isso com determinada palavra, ela não perdia a capitulação, provavelmente por ter sido escrita usando a tecla Shift pressionada, ou com a Caps Lock ativada. Nessas circunstâncias, o atalho que ele deve usar para retirar a capitulação é

  • a)
    Ctrl+K
  • b)
    Shift+S
  • c)
    Alt+Tab
  • d)
    Ctrl+Alt+S
  • e)
    Shift+F3

213116 CETRO (2013) - SESI-DF - Assistente Pedagógico / Não classificada

Leia o trecho abaixo.

"Nem teme quem te adora a própria morte": sujeito: "quem te adora." Se pusermos na ordem direta...

— Chega!

Se o professor José Lima não tivesse interrompido o protagonista, a continuação plausível da explicação seria

  • a)
    “A própria morte não teme quem te adora”.
  • b)
    “Quem a própria morte não teme te adora”.
  • c)
    “Não teme a própria morte quem te adora”.
  • d)
    “Quem te adora não teme a própria morte”.
  • e)
    “Te adora quem não teme a própria morte”.

213117 CETRO (2013) - SESI-DF - Assistente Pedagógico / Não classificada

No navegador Internet Explorer, clicar no ícone

é o

mesmo que executar, no teclado, o seguinte comando:

  • a)
    Ctrl+H
  • b)
    Alt+H
  • c)
    Ctrl+Shift+H
  • d)
    Alt+home
  • e)
    Ctrl+I

213118 CETRO (2013) - SESI-DF - Assistente Pedagógico / Não classificada

Mostrar/Esconder texto associado

No trecho “Tudo escrito tão ruybarbosianamente quanto possível, com citações decoradas, preferivelmente”, percebe-se, de imediato, que a palavra “ruybarbosianamente” foi inventada. No entanto, pelo modo como foi empregada, é fácil descobrir a função que ela exerce dentro da frase. A partir do conhecimento dessa função, pode a palavra destacada ser substituída por outra da mesma classe gramatical. Assinale a alternativa que a apresenta.

  • a)
    Cedo.
  • b)
    Lindo.
  • c)
    Humano.
  • d)
    Besta.
  • e)
    Isso.