Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 194 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 194 questões gratuitas para resolução." />
194 resultados encontrados para . (0.017 segundos)

00222 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Técnico em Informática / Programação

O código de um programa de computador escrito na linguagem Java é compilado para uma forma intermediária de código, que é interpretada pelas Máquinas Virtuais Java (JVMs). Esse processo apresenta portabilidade como grande vantagem. Essa forma intermediária é denominada:
  • a)
    bytecode
  • b)
    firmware
  • c)
    assembler
  • d)
    microcode
  • e)
    shareware

02078 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Técnico em Informática / Redes de Computadores

Os protocolos da camada de transporte coordenam o envio de mensagens de um computador a outro, podendo ou não implementar algum mecanismo de controle para garantir a entrega das mensagens. Enquanto um protocolo desta camada se caracteriza por ser com conexão e com garantia de entrega do pacote, outro é sem conexão e sem garantia de entrega do pacote. Nessa sequência, os protocolos são conhecidos, respectivamente, pelas siglas:
  • a)
    TCP e UDP
  • b)
    UDP e TCP
  • c)
    IP e RARP
  • d)
    RARP e IP
  • e)
    ARP e FTP

02079 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Técnico em Informática / Redes de Computadores

Os principais protocolos que dão suporte à internet fazem parte da arquitetura TCP/IP. Nesse contexto, uma sub-rede que opere de acordo com a configuração CIDR 199.213.158.64/27 está utilizando, respectivamente, a máscara e a faixa total de endereços indicados em:
  • a)
    255.255.255.192 e de 199.213.158.64 até 199.213.158.127
  • b)
    255.255.255.192 e de 199.213.158.64 até 199.213.158.95
  • c)
    255.255.255.240 e de 199.213.158.64 até 199.213.158.79
  • d)
    255.255.255.224 e de 199.213.158.64 até 199.213.158.95
  • e)
    255.255.255.224 e de 199.213.158.64 até 199.213.158.127

04161 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

Nos termos da legislação que regulamenta os atos e as punições decorrentes da improbidade administrativa, é correto afimar:
  • a)
    A representação à autoridade administrativa sobre a existência de ato de improbidade pode ser anônima.
  • b)
    Caso receba representação sem a descrição dos fatos ímprobos e sua autoria, a autoridade administrativa deve instaurar investigação.
  • c)
    A representação poderá ser verbal e, nesse caso, será gravada para encaminhamento à autoridade competente.
  • d)
    A representação, quando escrita, deverá conter a indicação das provas sobre os atos ímprobos.
  • e)
    A rejeição da representação pela autoridade administrativa bloqueia a representação ao Ministério Público sobre os mesmos fatos.

04163 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

Após a propositura da ação civil de Improbidade Administrativa, o Ministério Público não poderá apresentar requerimento de desistência. Isso decorre da existência do princípio da:
  • a)
    precariedade
  • b)
    transação
  • c)
    conciliação
  • d)
    indisponibilidade
  • e)
    causa madura

04164 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

Nos termos do Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, havendo a invalidação de ato demissional de servidor público, ocorrerá:
  • a)
    a inclusão em lista de disponibilidade para futuro aproveitamento quando houver vaga.
  • b)
    a reintegração em sistema especial de classificação de cargos fora da carreira originária do servidor
  • c)
    caso extinto o cargo anteriormente ocupado, o servidor será reintegrado em outro de vencimento equivalente, observada sua habilitação profissional.
  • d)
    caso o cargo anteriormente ocupado pelo servidor demitido esteja provido, será aguardada a aposentadoria do ocupante atual.
  • e)
    a reintegração não implica ressarcimento de valores atrasados na via administrativa, mas somente por ordem judicial.

04165 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

O funcionário público que restar incapacitado para o cargo que ocupa, nos termos do Estatuto dos Servidores Públicos do Estado do Rio de Janeiro, poderá:
  • a)
    ser ajustado em outro de vencimento equivalente e compatível com suas aptidões e qualificações profissionais.
  • b)
    ser demitido com base na desnecessidade de sua atuação no serviço público, o que realiza o princípio da eficiência.
  • c)
    ser colocado em licença sem vencimentos até que venha a ser curado do mal incapacitante
  • d)
    ser colocado em banco de funcionários para permuta com outra repartição pública.
  • e)
    passar a ocupar cargo de provimento em comissão, perdendo a estabilidade do cargo efetivo.

04166 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

O Estado W pretende alienar bem do seu patrimônio para obtenção de receita a ser aplicada em atividades de assistência social. Quanto à alienação dos bens públicos, devem concorrer autorização legislativa e:
  • a)
    avaliação, e ser o bem de uso especial
  • b)
    licitação, e ser o bem de uso comum
  • c)
    publicidade, e ser o bem de uso comum
  • d)
    licitação, e ser o bem dominical
  • e)
    avaliação, e ser o bem de uso comum.

04169 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

Após inúmeros conflitos envolvendo o movimento dos sem-habitação urbana, o município W resolve pôr termo aos seus problemas fundiários, negociando a declaração de usucapião com autarquia federal proprietária de imóvel ocupado pelos cidadãos integrantes daquele movimento popular. Do ponto de vista jurídico, tal solução é:
  • a)
    viável, vez que o instituto da usucapião permite a declaração de propriedade via judicial
  • b)
    Inviável, porque, no caso, se está diante de bens públicos que não são passíveis de aquisição por usucapião.
  • c)
    viável porque, observando-se o interesse social e o direito constitucional à habitação digna, se realiza o primado fundamental da dignidade da pessoa.
  • d)
    inviável porque haveria necessidade de autorização legislativa específica para permitir a usucapião de bens autárquicos
  • e)
    viável, vez que os bens públicos também devem obedecer à premissa do uso adequado da propriedade, não podendo permanecer como dominicais sem utilidade.

04171 CEPERJ (2012) - PROCON-RJ - Analista de Proteção e Defesa do Consumidor / Direito Administrativo

O município Y pretende resolver problema criado pela falta de túmulos no cemitério local, de administração pública e situado em terreno da mesma natureza, ampliando a oferta de jazigos para acolher os munícipes nesse momento de perda. No que concerne à natureza, pode-se afirmar que os cemitérios públicos são bens de uso:
  • a)
    comum
  • b)
    especial
  • c)
    dominical
  • d)
    privado
  • e)
    privativo