821 resultados encontrados para . (0.015 segundos)

94147 FGV (2015) - DPE-RO - Auxiliar Técnico - Motorista / Legislação de Trânsito

A alternativa que melhor define o papel das Placas de Advertência é:

  • a)
    têm por finalidade alertar os usuários da via para condições potencialmente perigosas, elucidando sua natureza;
  • b)
    têm por finalidade proibir conduções ou ações;
  • c)
    têm por finalidade mostrar aos motoristas possíveis trechos em que há obra pública em execução;
  • d)
    têm por finalidade proibir e alertar os usuários acerca de condições na pista;
  • e)
    têm caráter educativo, e podem ser categorizadas como Placas Auxiliares.

109858 FGV (2015) - DPE-RO - Analista Contábil / Português

Mostrar/Esconder texto associado

Mesmo quanto às sanções previstas no estatuto, antes de se

chegar à internação, há uma série de outras menos severas,

como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a

liberdade assistida, que (1 ) são frequentemente ignoradas,

passando-se diretamente à privação de liberdade, mesmo em

casos em que (2 ) isso não se justifica".



Nesse segmento do texto 2, o elemento que NÃO estabelece

coesão formal com nenhum termo anterior é:

  • a)

    outras;

  • b)

    advertência;

  • c)

    que (1 );

  • d)

    que (2 );

  • e)

    isso.

109910 FGV (2015) - DPE-RO - Analista Contábil / História e Geografia de Estados e Municípios

“Há sinais desse movimento desde a época do descobrimento,

mas foi no governo de Getúlio Vargas (1930/1945) que a

colonização da floresta passou a ser vista como estratégica para

os interesses nacionais. Era a época da Marcha para o Oeste.

(...) Durante a ditadura militar, a política para a Amazônia ficou

conhecida pelo lema 'Integrar para não Entregar'.“

(Peixoto, Fabrícia. Linha do tempo: Entenda como ocorreu a

ocupação da Amazônia. Disponível em www.bbc.co.uk)

A ocupação da Amazônia ganhou fôlego no século XX, como

mostra o trecho da reportagem acima. Sobre as consequências

dessa ocupação, pode-se destacar:

  • a)

    o desenvolvimento econômico baseado nos princípios da sustentabilidade, que garantiu a preservação da floresta;

  • b)

    a demarcação das terras dos grupos indígenas que viviam na região, evitando conflitos por terras;

  • c)

    a forte deterioração do bioma da região norte, como consequência da exploração desenfreada da região;

  • d)

    a adoção de um padrão de transportes ferroviário, distinto do restante do país;

  • e)

    a abertura das fronteiras à penetração de países vizinhos que exploravam a região.

109912 FGV (2015) - DPE-RO - Analista Contábil / Português

“Reconheço que a punição não é o único remédio para a violência cometida pelos jovens. Evidentemente, políticas sociais, educação, prevenção, assistência social são medidas que, se aplicadas no universo da população jovem, terão o condão, efetivamente, de reduzir a violência. Mas, em determinados casos, é preciso uma punição mais eficaz do que aquelas preconizadas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente”.

Os termos que, se trocados de posição, acarretam modificação de sentido, são:

  • a)
    o único remédio / o remédio único;
  • b)
    população jovem / jovem população;
  • c)
    determinados casos / casos determinados;
  • d)
    punição mais eficaz / mais eficaz punição;
  • e)
    Estatuto da Criança e do Adolescente / Estatuto do Adolescente e da Criança.

109914 FGV (2015) - DPE-RO - Auxiliar Técnico - Motorista / Português

Mostrar/Esconder texto associado

A pergunta formulada ao início do texto 3:

  • a)
    ainda não apresenta resposta satisfatória;
  • b)
    não é respondida no corpo do texto;
  • c)
    é respondida de forma clara;
  • d)
    é evitada pelo interrogado;
  • e)
    traz uma resposta confusa e pouco convincente.

109915 FGV (2015) - DPE-RO - Auxiliar Técnico - Motorista / História e Geografia de Estados e Municípios

A ocupação dos Vales do Guaporé e do Madeira durante o século XVIII e XIX apresentou características antagônicas. Enquanto o Vale do Guaporé entrou em decadência no século XIX em função da crise mineradora, o Vale do Madeira iniciou um período de prosperidade econômica e aumento demográfico, que pode ser justificado pela:

  • a)
    extração da borracha que atraiu milhares de migrantes para a região;
  • b)
    produção de café, que atraiu a população boliviana para a região;
  • c)
    construção da estrada de ferro Madeira-Mamoré, que atraiu estrangeiros para a região;
  • d)
    extração das drogas do sertão, que consolidou a demarcação de terras indígenas na região;
  • e)
    criação de uma zona franca na região, atraindo o capital externo.

109917 FGV (2015) - DPE-RO - Analista de Redes e Comunicação de Dados / Português

“Mesmo quanto às sanções previstas no estatuto, antes de se chegar à internação, há uma série de outras menos severas, como a advertência, a prestação de serviços à comunidade e a liberdade assistida, que (1 ) são frequentemente ignoradas, passando-se diretamente à privação de liberdade, mesmo em casos em que (2 ) isso não se justifica”.

Nesse segmento do texto 2, o elemento que NÃO estabelece coesão formal com nenhum termo anterior é:

  • a)
    outras;
  • b)
    advertência;
  • c)
    que (1 );
  • d)
    que (2 );
  • e)
    isso.

109922 FGV (2015) - DPE-RO - Auxiliar Técnico - Motorista / Legislação Estadual

Cabe ao Defensor Público-Geral do Estado dirigir a Defensoria Pública, superintender e coordenar suas atividades e orientar sua atuação. Nesse contexto, de acordo com a Lei Orgânica da Defensoria Pública do Estado de Rondônia (Lei Complementar Estadual nº 117/94), compete ao Defensor Público-Geral:

  • a)
    organizar e realizar concursos públicos, elaborar listas de antiguidade, aprovar o funcionamento de estágio probatório, aprovar ou impugnar procedimentos relativos ao estágio probatório e homologar resultados dos concursos de ingresso;
  • b)
    avocar, fundamentadamente, atribuições específicas de qualquer membro da Defensoria Pública ad referendum do Conselho Superior, e delegar, no interesse do serviço, atribuições de sua competência;
  • c)
    apreciar e julgar, em última instância, os recursos interpostos dos resultados de concurso de ingresso, as reclamações manifestadas pelos candidatos, bem como as referentes às questões de tempo de serviço e de promoção;
  • d)
    aprovar os Regulamentos e Regimentos Internos necessários ao funcionamento dos órgãos da Defensoria Pública, e obstar mediante exposição de motivos, a promoção por antiguidade;
  • e)
    promover os registros estatísticos da produção dos membros da Defensoria Pública e de pastas de assentamentos e prontuários referentes a cada um, para os devidos fins, inclusive para efeito de aferição de merecimento.

109942 FGV (2015) - DPE-RO - Analista Contábil / Português

Mostrar/Esconder texto associado

O autor do texto 1 apela para algumas estratégias argumentativas; a estratégia identificada de forma correta e adequada ao texto é:

  • a)
    a criação de autoridade para os seus argumentos ao citar a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara dos Deputados;
  • b)
    o aumento da força de seus argumentos ao colocar as opiniões em primeira pessoa do singular;
  • c)
    o apelo à intimidação do leitor, antecipando os perigos sociais de uma parte delinquente de nossa juventude;
  • d)
    a utilização de um falso argumento “ou um ou outro”, ao dizer “no banco da escola ou no banco dos réus”;
  • e)
    o uso de argumento apoiado em pública autoridade ao indicar a preferência do Congresso Nacional pela redução da maioridade penal.

109944 FGV (2015) - DPE-RO - Analista Contábil / Legislação Estadual

O Estatuto dos Servidores Públicos Civis do Estado de Rondônia

dispõe que o serviço extraordinário tem caráter eventual e só

será admitido em situações excepcionais e temporárias, sendo

remunerado com acréscimo de cinquenta por cento em relação à

hora normal de trabalho. Nesse contexto, aponte as

consequências das condutas dos seguintes servidores estaduais

ocupantes de cargo efetivo:



Caso 1: Alberto atestou falsamente a prestação de serviço

extraordinário.



Caso 2: João se recusou, sem justo motivo, à prestação de serviço

extraordinário.

  • a)

    Alberto será punido com pena de demissão e João com pena de suspensão;

  • b)

    Alberto será punido com pena de suspensão e João com pena de repreensão;

  • c)

    Alberto será punido com pena de demissão e João com pena de exoneração;

  • d)

    ambos serão punidos com pena de repreensão e, no caso de reincidência, com a suspensão;

  • e)

    ambos serão punidos com pena de suspensão e, no caso de reincidência, com a demissão.