Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 631 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 631 questões gratuitas para resolução." />
631 resultados encontrados para . (0.011 segundos)

49693 IDECAN (2017) - MS - Analista Técnico / Saúde Pública

As comissões intersetoriais no âmbito nacional são integradas pelos Ministérios e órgãos competentes e por entidades representativas da sociedade civil e têm como finalidade a articulação de políticas e programas de interesse para a saúde, cuja execução envolva áreas não compreendidas no âmbito do Sistema Único de Saúde (SUS). De acordo com a Lei nº 8.080/90, as comissões intersetoriais estão subordinadas:

  • a)
    Ao Fundo Nacional de Saúde.
  • b)
    Ao Conselho Nacional de Saúde.
  • c)
    Às Comissões Permanentes de Integração.
  • d)
    À Secretaria Executiva do Ministério da Saúde.
  • e)
    À Secretaria Executiva do Ministério da Integração Nacional.

49698 IDECAN (2017) - MS - Analista Técnico / Saúde Pública

A saúde indígena foi tema de debate na 1ª e 2ª Conferências Nacionais de Proteção à Saúde do Índio.

Essas duas Conferências propuseram a estruturação de um modelo de atenção diferenciada, como forma de garantir aos povos indígenas o direito ao acesso universal e integral à saúde. Sabendo que as Conferências de Saúde têm como objetivos principais avaliar a situação de saúde e propor diretrizes para a formulação das políticas de saúde, essas duas primeiras conferências nacionais que discutiram a saúde indígena aconteceram por indicação respectivamente das:

  • a)
    6ª e 7ª Conferências Nacionais de Saúde.
  • b)
    7ª e 8ª Conferências Nacionais de Saúde.
  • c)
    8ª e 9ª Conferências Nacionais de Saúde.
  • d)
    9ª e 10ª Conferências Nacionais de Saúde.
  • e)
    10ª e 11ª Conferências Nacionais de Saúde.

49732 FAU (2017) - Prefeitura de Ivaiporã - PR - Diretor Clínico / Saúde Pública

A Resolução CFM nº 1.657/2002, de 11 de dezembro de 2002, refere-se ao regulamento das comissões de ética médicas, sobre esse regulamento podemos afirmar, exceto:

  • a)
    As Comissões de Ética Médica (CEM) constituem, por delegação do Conselho Regional de Medicina, uma atividade das instituições médicas, estando a ele vinculadas. Têm funções sindicantes, educativas e fiscalizadoras do desempenho ético da Medicina em sua área de abrangência.
  • b)
    As Comissões de Ética são vinculadas ao Conselho Regional de Medicina e devem manter a sua autonomia em relação às instituições onde atuam, não podendo ter qualquer vinculação ou subordinação à direção do estabelecimento.
  • c)
    Não poderão integrar as Comissões de Ética Médica os médicos que não estejam quites com o Conselho Regional de Medicina.
  • d)
    Poderão integrar as Comissões de Ética Médica os médicos que exercerem cargos de direção técnica, clínica ou administrativa da instituição.
  • e)
    Nas instituições com até 15 médicos não haverá a obrigatoriedade de constituição de Comissão de Ética.

49804 Unibave (2017) - Prefeitura de Orleans - SC - Agente Comunitário de Saúde / Saúde Pública

Sobre o Programa de Agentes Comunitários de Saúde (PACS), assinale a alternativa correta:

  • a)
    A visita domiciliar não é prioridade entre as atividades dos Agentes Comunitários de Saúde (ACS).
  • b)
    OS ACS devem atuar exclusivamente na identificação de crianças em idade escolar que não estão frequentando a escola)
  • c)
    Os ACS não são responsáveis pelo desenvolvimento de ações que visem a promoção dos direitos humanos.
  • d)
    Os enfermeiros lotados nas unidades de saúde não têm responsabilidades sobre os ACS.
  • e)
    Com vistas a mobilizar a comunidade os ACS podem promover reuniões e encontros com grupos diferenciados como: gestantes, mães, pais, adolescentes, entre outros.

49805 Unibave (2017) - Prefeitura de Orleans - SC - Agente Comunitário de Saúde / Saúde Pública

Assinale a alternativa correta sobre políticas do SUS para o idoso.

  • a)
    Os idosos não têm direitos garantidos pelo SUS.
  • b)
    O idoso tem direito a receber somente medicamentos do SUS.
  • c)
    O idoso tem direito a receber medicamentos do Poder Público, especialmente os de uso continuado, assim como próteses e outros recursos relativos ao tratamento para reabilitação e recuperação de sua saúde)
  • d)
    Somente idosos de baixa renda têm direitos garantidos pelo SUS.
  • e)
    Nenhuma das alternativas está correta)

49806 Unibave (2017) - Prefeitura de Orleans - SC - Agente Comunitário de Saúde / Saúde Pública

O Programa Nacional de Imunizações (PNI), nascido em 18 de setembro de 1973, mostra resultados e avanços notáveis. O que foi alcançado pelo Brasil, em imunizações, está muito além do que foi conseguido por outros país de dimensões continentais e de tão grande diversidade socioeconômica) Sobre o PNI, assinale a alternativa correta:

  • a)
    O PNI define os calendários de vacinação somente para crianças.
  • b)
    O PNI define os calendários de vacinação somente gestantes.
  • c)
    O PNI define os calendários de vacinação somente para idosos e povos indígenas.
  • d)
    O PNI define os calendários de vacinação considerando a situação epidemiológica, o risco, a vulnerabilidade e as especificidades sociais, com orientações específicas somente para idosos.
  • e)
    O PNI define os calendários de vacinação considerando a situação epidemiológica, o risco, a vulnerabilidade e as especificidades sociais, com orientações específicas para crianças, adolescentes, adultos, gestantes, idosos e povos indígenas.

49810 Unibave (2017) - Prefeitura de Orleans - SC - Agente Comunitário de Saúde / Saúde Pública

Os cuidados com o bebê devem começar durante a gestação, logo após a descoberta da gravidez. Esse acompanhamento permite identificar e reduzir muitos problemas de saúde que podem acometer a saúde da mãe e da criança) Com relação ao tema exposto, assinale a alternativa correta:

  • a)
    Caso a mulher desconfie sobre a gravidez, o SUS não disponibiliza testes de confirmação.
  • b)
    Somente laboratórios privados podem disponibilizar o teste de confirmação de gravidez.
  • c)
    Caso a mulher desconfie sobre a gravidez, poderá procurar a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima da sua casa para fazer o teste-rápido de gravidez.
  • d)
    Caso o resultado do teste de gravidez seja positivo, o SUS não disponibiliza o pré-natal.
  • e)
    O SUS, sobre o tema gravidez, disponibiliza somente o pré-natal.

50056 FCC (2017) - TRE-SP - Técnico Judiciário - Enfermagem / Saúde Pública

A Portaria n 130/2012 do Ministério da Saúde estabelece a necessidade de adequação dos serviços às necessidades dos usuários. O serviço de saúde que tem flexibilidade de horário para acolhimento de adolescentes sob efeito de substâncias psicoativas, está recorrendo às tecnologias de

  • a)
    tecnovigilância.
  • b)
    redução de danos.
  • c)
    diagnóstico situacional.
  • d)
    projeto terapêutico singular.
  • e)
    baixa exigência.

51959 NUCEPE (2017) - FMS - Assistente Social / Saúde Pública

A vigilância em saúde “está relacionada às práticas de atenção e promoção da saúde dos cidadãos e aos mecanismos adotados para prevenção de doenças. Além disso, integra diversas áreas de conhecimento e aborda diferentes temas, tais como política e planejamento, territorialização, epidemiologia, processo saúde-doença, condições de vida e situação de saúde das populações, ambiente e saúde e processo de trabalho. A partir daí, a vigilância se distribui entre: epidemiológica, ambiental, sanitária e saúde do trabalhador". Assinale a alternativa que contém informação INCORRETA sobre os tipos de vigilância em saúde:

  • a)
    Vigilância em saúde do trabalhador - caracteriza-se como um conjunto de atividades destinadas à promoção e proteção, recuperação e reabilitação da saúde dos trabalhadores submetidos aos riscos e agravos advindos das condições de trabalho.
  • b)
    Vigilância epidemiológica - conjunto de ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde e de intervir nos problemas sanitários decorrentes do meio ambiente, produção e circulação de bens e prestação de serviços de interesse da saúde.
  • c)
    Vigilância sanitária - abrange desde o controle de bens de consumo direta ou indiretamente relacionados à saúde (incluindo as etapas e processos da produção ao consumo) até o controle da prestação de serviços direta ou indiretamente relacionados à saúde.
  • d)
    Vigilância epidemiológica - conjunto de ações que proporciona o conhecimento, a detecção ou prevenção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes da saúde individual ou coletiva.
  • e)
    Vigilância em saúde ambiental - monitora fatores que podem interferir na saúde humana como: água para consumo humano, ar, solo, desastre naturais, substâncias químicas, acidentes com produtos perigosos e fatores físicos.

51961 NUCEPE (2017) - FMS - Assistente Social / Saúde Pública

Mostrar/Esconder texto associado

Ao recomendar a lavagem das mãos todos os dias, mesmo sem saber qual a etiologia do fenômeno descrito, a autoridade municipal adotou uma medida de prevenção classificada como:

  • a)
    Prevenção primária – promoção da saúde
  • b)
    Prevenção primária – proteção específica
  • c)
    Prevenção secundária – diagnóstico precoce
  • d)
    Prevenção secundária – limitação do dano
  • e)
    Prevenção terciária – reabilitação