Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 16] - 24 questões grátis para resolução." /> Notice (8): Undefined variable: description_for_layout [APP/View/Layouts/default.ctp, line 34] - 24 questões gratuitas para resolução." />
24 resultados encontrados para . (0.010 segundos)

50387 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Diante de lesões traumáticas do coração, a possibilidade de morte ocasionada por tamponamento cardíaco deve ser sempre investigada. Tamponamento cardíaco é um quadro em que

  • a)
    ocorre o acúmulo de sangue ou fluidos na cavidade compreendida entre a membrana que envolve o coração (saco pericárdico) e o músculo cardíaco em quantidade suficiente que comprima as câmaras cardíacas e impeça a entrada de sangue nos ventrículos.
  • b)
    ocorre a obstrução súbita da valva aorta por um trombo sanguíneo a ponto de ocluir completamente o bombeamento sanguíneo para a circulação sistêmica e ocasionar o tamponamento cardíaco.
  • c)
    o ar proveniente do pulmão traumatizado passa para a cavidade pleural, ocasionando o desvio do mediastino contralateralmente a ponto de ocluir o retorno venoso ao coração e ocasionar o seu tamponamento.
  • d)
    ambos os pulmões sofrem expansão edematosa acentuada no interior das respectivas cavidades pleurais decorrente da lesão traumática sofrida, a ponto de ocasionar a compressão das estruturas do mediastino e o consequente tamponamento cardíaco.

50388 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

As manchas de hipóstases cutâneas possuem grande valor na perícia forense porque algumas de suas características podem auxiliar no esclarecimento de fatos do interesse da justiça. A respeito das manchas de hipóstases, NÃO é correto afirmar que auxiliam

  • a)
    na estimativa do tempo de morte.
  • b)
    na estimativa do tempo de sobrevivência da vítima, sendo mais centralizadas nas mortes instantâneas e abruptas e mais periféricas nas mortes mais lentas e agônicas.
  • c)
    no esclarecimento sobre a posição em que permaneceu o cadáver após a morte, pois tendem a se instalar em regiões de declive.
  • d)
    no diagnóstico da causa da morte, assumindo uma tonalidade mais escura nas asfixias em geral e mais clara nos afogamentos e nas mortes por hipotermia.

50391 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

No estudo da traumatologia forense, é importante sistematizar as energias vulnerantes de acordo com o fenômeno que as desencadeia. A coluna da esquerda apresenta a energia vulnerante e a da direita, sua lesão resultante. Numere a coluna da direita de acordo com a da esquerda. 1 - Mecânica ( ) Escoriação 2 - Física ( ) Mancha equimótica de Tardieu 3 - Físico-química ( ) Marca de Jellineck 4 - Química ( ) Vitriolagem Marque a sequência correta.

  • a)
    3, 1, 4, 2
  • b)
    1, 3, 2, 4
  • c)
    2, 3, 1, 4
  • d)
    4, 2, 3, 1

54783 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Em relação a aspectos técnicos relativos à necropsia forense, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.

( ) Durante a retirada do plastrão condroesternal, a articulação esternoclavicular deve ser desarticulada com o uso do bisturi, evitando-se a fratura do osso esterno.

( ) A análise do conteúdo uterino é mandatória nas necropsias realizadas em cadáveres do sexo feminino em idade fértil.

( ) Os projéteis de arma de fogo encontrados no cadáver durante o exame necroscópico e que estejam incrustados em estruturas ósseas devem ser extraídos com o emprego de pinça ou alicate aplicado diretamente sobre a superfície do projetil para evitar acidentes com espículas ósseas.

( ) A coagulação sanguínea que ocorre em vida permanece aderida aos tecidos quando eles são submetidos à lavagem por um fino fio de água corrente.

Assinale a sequência correta.

  • a)
    V, V, V, V
  • b)
    F, F, V, F
  • c)
    F, V, F, F
  • d)
    V, V, F, V

54789 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Em uma necropsia forense, foi mencionada na requisição pericial a suspeita de morte por envenenamento. Com o objetivo de realizar a análise toxicológica forense, o Técnico, ao preparar o acondicionamento das vísceras extraídas do cadáver para envio ao laboratório de toxicologia forense, deverá optar pela seguinte conduta:

  • a)
    Um frasco para cada amostra de órgão, sem conservante e armazenado em geladeira até a realização do exame.
  • b)
    Um frasco para cada amostra de órgão, em solução de formol a 10% e armazenado em geladeira até a realização do exame.
  • c)
    Um frasco para cada amostra de órgão, em solução de formol a 10% e armazenado a temperatura ambiente até a realização do exame.
  • d)
    Um único frasco para todas as amostras de órgãos, em solução de formol a 10% e armazenado a temperatura ambiente até a realização do exame.

54790 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Foi solicitado ao Técnico de Necropsia a ligadura da cárdia e do piloro no cadáver antes da extração do órgão. Assinale a alternativa que apresenta o órgão cuja cárdia e piloro são, respectivamente, as porções inicial e terminal.

  • a)
    Esôfago
  • b)
    Estômago
  • c)
    Duodeno
  • d)
    Cólon

54794 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Durante a necropsia de uma suspeita de infanticídio, foi observado que o bloco constituído de todo o sistema cardiorrespiratório flutuou por inteiro dentro de um recipiente com água. Marque a alternativa que apresenta a conduta a ser seguida na Docimasia Hidrostática de Galeno.

  • a)
    Encerrar o exame, dispensando as demais fases por se tratar de exame positivo para a vida extrauterina.
  • b)
    Separam-se, ainda dentro da água, os pulmões pelo hilo das demais vísceras.
  • c)
    Cortam-se, dentro da água, vários fragmentos de pulmão e observa-se se flutuarão.
  • d)
    Comprimem-se entre os dedos e de encontro à parede do recipiente, dentro da água, alguns fragmentos de pulmão.

59674 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Durante uma necropsia, foi solicitado ao Técnico de Necropsia que retirasse as glândulas adrenais do cadáver para estudo. As glândulas adrenais localizam-se

  • a)
    acima dos testículos no homem e acima dos ovários nas mulheres.
  • b)
    no pescoço.
  • c)
    na sela túrcica.
  • d)
    acima dos rins.

59676 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

NÃO é medida para prevenção de contaminação infecciosa durante a necropsia:

  • a)
    Uso de vacinação da equipe contra hepatite B e tétano.
  • b)
    Lavagem das mãos antes e após a utilização de luvas de proteção.
  • c)
    Manipulação cuidadosa com material perfurocortante.
  • d)
    Esterilização dos equipamentos de proteção.

59677 UFMT (2017) - POLITEC-MT - Técnico em Necrópsia / Necropsia

Sobre aspectos técnicos relacionados à necropsia forense, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas. ( ) O exame detalhado das vestes é de grande importância, devendo estas ser retiradas com cuidado, evitando-se cortá-las ou rasgá-las. ( ) O exame externo do cadáver tem tanta importância quanto o exame interno, e, muitas vezes, seu significado é mais influente que este, como nos casos de tortura. ( ) A inspeção do dorso do cadáver poderá ser dispensada nos casos em que já se tenha encontrado a causa da morte. ( ) A genitália externa deverá ser inspecionada apenas nas necropsias em que haja suspeita de homicídio associado à violência sexual. Assinale a sequência correta.

  • a)
    F, V, F, V
  • b)
    V, V, F, F
  • c)
    F, F, V, F
  • d)
    V, F, F, V