669 resultados encontrados para . (0.012 segundos)

49371 UFG (2017) - UFG - Contador / Auditoria

O planejamento da auditoria envolve a definição de estratégia global para o trabalho e o desenvolvimento de plano de auditoria. Ao planejar a auditoria, o auditor exerce julgamento sobre as distorções que são consideradas relevantes. Esses julgamentos fornecem a base para determinar a

  • a)
    natureza, a época e a extensão de procedimentos adicionais de auditoria.
  • b)
    suficiência dos procedimentos de riscos inerentes, de gestão e detecção.
  • c)
    materialidade para classes específicas de transações, saldos contábeis e divulgações.
  • d)
    aderência às principais divulgações referentes ao setor no qual a entidade atua.

49401 UFG (2017) - UFG - Auditor / Auditoria

O ceticismo profissional é necessário para a avaliação crítica das evidências de auditoria. Isso inclui questionar evidências de auditoria contraditórias, a confiabilidade dos documentos, as respostas a indagações e outras informações obtidas junto à administração e aos

  • a)
    responsáveis pela governança.
  • b)
    membros do conselho fiscal.
  • c)
    gestores do controle interno.
  • d)
    acionistas majoritários.

49410 UFG (2017) - UFG - Auditor / Auditoria

A gestão de riscos refere-se ao processo de aplicação sistemática de políticas, procedimentos e práticas de gestão para as atividades de comunicação, estabelecimento do contexto, avaliação, tratamento, monitoramento e análise crítica dos riscos. A gestão de riscos envolve também a contínua avaliação da eficácia dos controles internos implantados na organização para

  • a)
    uniformizar os riscos gerenciais.
  • b)
    mitigar os riscos relevantes.
  • c)
    eliminar os riscos críticos.
  • d)
    corrigir os riscos inerentes.

49411 UFG (2017) - UFG - Auditor / Auditoria

A auditoria governamental que tem como objetivo atuar em tempo real sobre os atos efetivos e os efeitos potenciais positivos e negativos de uma unidade ou entidade federal, evidenciando melhorias e economias existentes no processo ou prevenindo gargalos ao desempenho da sua missão institucional, é denominada de:

  • a)
    avaliação da gestão.
  • b)
    acompanhamento da gestão.
  • c)
    programas governamentais.
  • d)
    procedimentos especiais.

49413 UFG (2017) - UFG - Auditor / Auditoria

O servidor do Sistema de Controle Interno do Poder Executivo Federal deve realizar os testes adequados nas circunstâncias para obter evidências qualitativamente aceitáveis que fundamentem, de forma objetiva, seu trabalho. Quando há coerência com as observações, conclusões e recomendações formuladas, essa evidência é considerada

  • a)
    pertinente.
  • b)
    suficiente.
  • c)
    adequada.
  • d)
    razoável.

49552 IBFC (2017) - POLÍCIA CIENTÍFICA-PR - Perito Criminal / Auditoria

Com base na Norma Brasileira de Contabilidade (NBC TA 200 (R1)) que trata de auditoria independente de demonstrações contábeis, assinale a alternativa incorreta.

  • a)
    O objetivo da auditoria é aumentar o grau de confiança nas demonstrações contábeis por parte dos usuários. Isso é alcançado mediante a expressão de uma opinião pelo auditor sobre se as demonstrações contábeis foram elaboradas, em todos os aspectos relevantes, em conformidade com uma estrutura de relatório financeiro aplicável. No caso da maioria das estruturas conceituais para fins gerais, essa opinião expressa se as demonstrações contábeis estão apresentadas adequadamente, em todos os aspectos relevantes, em conformidade com a estrutura de relatório financeiro. A auditoria conduzida em conformidade com as normas de auditoria e exigências éticas relevantes capacita o auditor a formar essa opinião
  • b)
    As demonstrações contábeis sujeitas à auditoria são as da entidade, elaboradas pela sua administração, com supervisão geral dos responsáveis pela governança. As NBCs TA não impõem responsabilidades à administração ou aos responsáveis pela governança e se sobrepõe às leis e regulamentos que governam as suas responsabilidades. Todavia, a auditoria em conformidade com as normas de auditoria é conduzida com base na premissa de que a administração e, quando apropriado, os responsáveis pela governança têm conhecimento de certas responsabilidades que são fundamentais para a condução da auditoria. A auditoria das demonstrações contábeis exime dessas responsabilidades a administração ou os responsáveis pela governança
  • c)
    Como base para a opinião do auditor, as NBCs TA exigem que ele obtenha segurança razoável de que as demonstrações contábeis como um todo estão livres de distorção relevante, independentemente se causadas por fraude ou erro. Asseguração razoável é um nível elevado de segurança. Esse nível é conseguido quando o auditor obtém evidência de auditoria apropriada e suficiente para reduzir a um nível aceitavelmente baixo o risco de auditoria, isto é, o risco de que o auditor expresse uma opinião inadequada quando as demonstrações contábeis contiverem distorção relevante. Contudo, asseguração razoável não é um nível absoluto de segurança porque há limitações inerentes em uma auditoria, as quais resultam do fato de que a maioria das evidências de auditoria em que o auditor baseia suas conclusões e sua opinião, é persuasiva e não conclusiva
  • d)
    A opinião do auditor considera as demonstrações contábeis como um todo e, portanto, o auditor não é responsável pela detecção de distorções que não sejam relevantes para as demonstrações contábeis como um todo
  • e)
    Ao conduzir a auditoria de demonstrações contábeis, um dos objetivos gerais do auditor é que, em todos os casos onde não for possível obter segurança razoável e a opinião com ressalva no relatório do auditor for insuficiente nas circunstâncias para atender aos usuários previstos das demonstrações contábeis, as NBCs TA requerem que o auditor se abstenha de emitir sua opinião ou renuncie ao trabalho, quando a renúncia for possível de acordo com lei ou regulamentação aplicável

50346 UFG (2017) - UFG - Contador / Auditoria

O objetivo da auditoria é aumentar o grau de confiança nas

demonstrações contábeis por parte dos usuários e isso é

alcançado mediante a expressão de uma opinião pelo

auditor. Essa opinião expressa se as demonstrações

contábeis estão apresentadas adequadamente, em todos os

aspectos relevantes, em conformidade com a

  • a)

    norma de auditoria independente.

  • b)

    legislação fiscal e contábil.

  • c)

    evidência suficiente e adequada.

  • d)

    estrutura de relatório financeiro.

50837 Quadrix (2017) - CFO-DF - Contador / Auditoria

Mostrar/Esconder texto associado

A aplicação do método da amostragem é decorrência da necessidade de ajustar a realização do trabalho de auditoria às limitações de tempo e aos recursos. No modelo não probabilístico, a experiência do servidor é considerada como fundamental para a obtenção de informações detalhadas sobre questões específicas, circunstância em que não se pode generalizar os resultados de uma amostra.

  • Certo
  • Errado

50839 Quadrix (2017) - CFO-DF - Contador / Auditoria

Mostrar/Esconder texto associado

Quando o órgão ou a unidade de controle interno não obtiver elementos comprobatórios suficientes e adequados para formar opinião quanto à regularidade da gestão, pelas normas do sistema de controle interno, deverá ser emitido parecer com abstenção de opinião, a exemplo do que ocorre no setor privado.

  • Certo
  • Errado

50841 Quadrix (2017) - CFO-DF - Contador / Auditoria

Mostrar/Esconder texto associado

Estão fora do âmbito de atuação do sistema de controle interno do Poder Executivo Federal, por disporem de orçamentos próprios, os serviços sociais autônomos considerados como entidades paraestatais.

  • Certo
  • Errado